Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Jornal Online 'efepe' / sindical

Jornal Online 'efepe' / sindical

O "VALE TUDO" ... em modo sindical

por efepe, em 12.08.15

CartaAberta1.png

 

CARTA ABERTA

AO PRESIDENTE DO SINDEL

 

  

Senhor Presidente,

 

Em última instância na “estrutura organizativa” do SINDEL – Sindicato Nacional da Industria e da Energia, o “recente criado” Núcleo de Associados do Sindel identificados com a ex-Candidatura “Renovar é Preciso” (abreviadamente “NASICRéP”), vem publicamente MANIFESTAR o seu “veemente” REPÚDIO contra a instauração do Processo de Disciplinar (com a intenção clara de aplicação da sanção disciplinar de “expulsão”) ao associado nº 5.176 – Fernando José da Costa Rodrigues Pêgas, por a Nota de Culpa "enfermar de NULIDADES” processuais. Designadamente na “denúncia abstrata” de associados NÃO IDENTIFICADOS (cfr. Nº 4 da Nota de Culpa).

 

Pois, parece que,

 

No Sindel, ocorre um período temporal do “VALE TUDO”. Muito semelhante ao ocorrido no Partido Socialista, após a noite eleitoral das última Eleições Europeias, e que é do domínio público.

 

Porque,

 

Em noventa e cinco (95%) a noventa e nove por cento (99%) do total das “factualidades” referenciadas na Nota de Culpa, não se conhece a identificação dos associados autores e/ou queixosos. Apenas, se conhecendo a identificação do associado arguido e/ou réu (ou melhor, o associado nº 5.176 – Fernando Pêgas) e as “factualidades" ou a "matéria arguida”.

 

Consubstanciada,

 

em alguns "artigos de opinião" da autoria do associado Fernando Pêgas, em espaços públicos da internet, designadamente denominados “JORNAL ONLINE EFEPE/SINCICAL” e “SINDELANDO”.

 

Ou melhor, a “Liberdade de Expressão” ...

 

Constitucionalmente reconhecida ao cidadão Fernando Pêgas (e a todos os outros cidadãos, no gozo de todos os seus plenos direitos), está sendo “condicionada” pelo actual Secretariado Executivo liderado pelo Secretário Geral Ângelo Pereira e pelo Secretario Geral Adjunto Rui Miranda, que compõem a primeira “liderança bicéfala” da história do Sindel, e eleita democraticamente no último Congresso realizado em Coimbra.

 

Inclusivamente,

 

No exercício de “competências” do Instrutor do Processo (ou melhor, o Dr. Adérito Gil) e do Conselho Disciplinar, estes não teriam em consideração a “Liberdade de Expressão” do associado Fernando Pêgas. 

 

Bem pelo contrário, 

 

O Instrutor do Processo e o Conselho Disciplinar, por opção, privilegiariam a “cobardia” dos associados autores e/ou queixosos, revelada na FALTA DE CORAGEM de se identificarem, no âmbito do Processo Disciplinar.

 

 

E AGORA ?

 

Em pleno período temporal do “VALE TUDO” (coincidente com o período temporal do mandato 2013-2017), o Sindel de Ângelo Pereira e de Rui Miranda se prepara para “sancionar” disciplinarmente com a pena de EXPULSÃO, o associado nº 5.176 – Fernando José da Costa Rodrigues Pêgas.

 

Sendo do domínio público,

 

Que o associado Fernando Pêgas é um "sindelista" e um “sindicalista” de convicções e de valores muito enraizados que, no período temporal de TRINTA ANOS (de 1983 a 2013, ininterruptamente), desempenharia a sempre “nobre missão” da DEFESA DOS INTERESSES DOS TRABALHADORES em geral, e dos associados do Sindel em particular.  Ao contrário de outros, diga-se.

 

Senhor Presidente, 

 

INCRÉDULAMENTE (ou talvez não)

 

está em perspectiva para breve, A EXPULSÃO DO SINDEL de um “sindicalista honrado” como é o caso de Fernando Pêgas, por um “sindicalista vendido” como é o caso de Rui Miranda (ou seja, o actual Secretário Geral Adjunto).

 

Pois,

 

Utilizando uma “linguagem meramente sindical”, dir-se-ia que, muito “recentemente”,  e no âmbito de uma Acção de Processo Comum a correr seus termos numa Secção Cível da Comarca do Porto,

 o “pseudo-sindicalista” Rui Miranda

"VENDER-SE-IA"

 ao “aceitar” testemunhar a favor de uma Entidade Patronal, (e pasme-se …) contra um associado do Sindel (que curiosamente, ou talvez não, é o “ainda” associado Fernando Pêgas).

 

 

 Senhor Presidente, 

Estas "SURREALIDADES" ...  vão ter um FORTE “IMPACTO” NEGATIVO no futuro próximo do Sindel. E,

 

se nada fôr feito

 

estas mesmas “surrealidades” (conjuntamente, com as “surrealidades” ocorridas aquando da preparação do último Congresso), muito provavelmente, irão ser “esgrimidas” e “escalpelizadas” em Tribunal.

 

Saudações sindelistas

 

O Núcleo de Associados do Sindel identificados

com a ex-Candidatura “Renovar é Preciso”

 

 

(carta enviada por correio electronico de 12 de Agosto de 2015 11:42 para lisboa@sindel.pt

e para o endereço profissional do Senhor Presidente do Sindel) 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

Favoritos