Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Jornal Online 'efepe' / sindical

Jornal Online 'efepe' / sindical

SINOVAE - Chegou o "momento” de anunciar ...

por efepe, em 19.02.16

Somos.png

 QuemSomos.png

 Egidio.Fernandes.png

 Fernando,

Deteto nesse comunicado uma mentira duas vezes dita, uma vigarice sobre a formação que tu sabes bem ao que me refiro, e a necessidade duma pergunta:

Segundo os estatutos não está escrito em lado nenhum a cota zero, antes pelo contrário. É que isso dito 2 vezes na comunicação.

A vigarice nso comento mais porque sabes a quem me refiro.

A questão a colocar :
Se a cota fosse o tal zero, porque não será? Onde vão buscar o dinheiro para a atividade onde se incluem deslocações? Do bolso, das empresas, dum qualquer mecenas interessado em partir o movimento sindical, ou então os sócios vão mesmo pagar?
Sei quanto custam as deslocações e sei de fonte segura que os companheiros de "viagens" que tens não são propriamente sanaríamos. Tu sabes disso...
A minha grande dúvida....
Porque tu metido nesse meio?
Não acredito que seja só para te vingares do outro ou outros amarelos que te fizeram mal.

Espero SINCERAMENTE que n venhas a levar algum chuto no...
Eu conheço esses três, de gingeira.

Um abraço

Ps: Fernando, se isto te incomodar ou provocar constrangimento n me respondas. Não quero o teu mal mas dos outros não posso dizer o mesmo


Enviado através do OWA para iPhone

 

FernandoPegas.png

 Bom dia Egidio Fernandes,

 

  1. Quanto à QUOTA ZERO …

 

No momento da inscrição, o associado preenche dois impressos: a “Ficha de Inscrição” e a “Declaração de Autorização de Desconto da Quotização” (de dois euros) no Vencimento.

Na Ficha de Inscrição, o associado terá que manifestar – obrigatoriamente – qual o destino da sua quotização ao final do ano, entre as três modalidades seguintes: 1-Restituição da Quotização; 2-Contribuição para uma IPSS e/ou 3-Reforço de um Fundo Social.

 

Ora, os associados que colocarem a “cruzinha” no quadrado da modalidade nº 1 – Restituição da Quotização, é lógico que a QUOTIZAÇÃO será ZERO. Ou não será ?

 

 

  1. Custos de “estrutura” …

 

O SINOVAE sobrevive através de “protocolos” de Parcerias com várias instituições sem fins lucrativos. Vejamos um exemplo:

 

Um dos “protocolos de cooperação” foi celebrado com a CIFOTIE (uma instituição sem fins lucrativos na área da Formação Profissional do sector da energia). Sintéticamente, a “cooperação” reside em dois aspectos essenciais:

  1. O SINOVAE “angaria” pessoas/turmas na área da formação profissional, e encaminha-as para o CIFOTIE;
  2. Em contrapartida, o CIFOTIE suporta os “custos de estrutura” (funcionarias, comunicações, etc… etc …) do SINOVAE;

 

Fácil !!!  Não achas ???

 

Agora diz-me: Aonde está a “vigarice” nisto ??

 

  1. Vingança do “outro” ou outros “amarelos” que te fizeram mal …

 

É óbvio que, não me move nenhum espírito de “vingança”. Pela simples razão de continuar a “respeitar” a minha GRANDE PAIXÃO POLITICO-SINDICAL, consubstanciada na instituição SINDEL, que tive a honra e o orgulho de representar entre Janeiro de 1983 a Novembro de 2015. Mas …

 

É verdade que, ainda tenho umas “CONTAS A AJUSTAR” … com um “pseudo-sindicalista” (que de sindicalista não tem nada) de nome ANTÓNIO RUI MIRANDA !!!

Mas isso, terá que ser no “fórum” próprio: no TRIBUNAL !!!

 

Saudações amigas,

Um abraço,

 

Egidio.Fernandes1.png

 Olá Fernando

 

Primeiro ponto, não acredito (não duvidando da tua palavra), que isso venha a ser assim porque é contraditório com os estatutos e até com o movimento sindical independente de patronatos e outros. Para te dizer que tudo se enquadra no segundo ponto chamado cifo… qualquer coisa que, é uma empresa de formação onde esses dois vígaros… Eu disse e repito vígaros, são os donos e que como já te contei, fazem “patranhas” de falsos cursos e falsos formandos. Sei do que falo.

 

Daí que muito estranho que tenhas deixado o sindel que com todas as diferenças e algumas vigarices também, nada têm a ver com a escola desses dois, isto para não falar do outro mais a sul.

Um dia destes te envio uma comunicação que tenho guardada há anos.

 

Quem sou eu para te dizer que esses tipos não são boa companhia? Tu és grande e Adulto e, bem vivido.

Abraço e BFDS

ef

 

FernandoPegas1.png

 Boa tarde Egidio Fernandes,

 

Quanto à Quota Zero, admito que o que dizes está correto. Mas …

Com esses teus raciocínios “atingiste” precisamente a nossa DIFERENÇA, e por conseguinte, a “razão” do meu “aliciamento” pelo projecto sindical SINOVAE.

 

Ou melhor,

 

Precisamente, por ainda não existir em Portugal, é que me deixei “aliciar” por um MODO NOVO DE FAZER “SINDICALISMO”.

 

Uma vez que, o actual modelo, como nós muito bem sabemos, está “esgotadíssimo”.

Arriscando mesmo a afirmar que está no “corredor da morte”, como sói dizer-se.

 

Com tudo isto,

 

Será agora mais fácil para ti, entenderes e perceberes a razão de estar no novo projecto sindical “SINOVAE”.

 

Porque, quero contribuir para a “PEDRADA NO CHARCO” que o Movimento Sindical está necessitando e precisando há muito, e muito tempo.

 

Tu não acreditas … Respeito !!!

 

Eu ACREDITO !!!

 

Abraço e Bom fim de semana,

fcp (como tu gostas de me “mimar” amigavelmente, é obvio. Mas, cuidado eu sou benfiquista. Eheheheh)

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Favoritos