Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


fcp.png

 

 

Depois de algum "marralhar" nas Redes Sociais,

 

Eis que surge na plataforma da intranet.edp, e com data de 27.dez.2018, alguma (pouca) informação sobre as Novas Convenções de Estamotologia - Sãvida.

 

NovasConvençõesEstomatologia.png

 

Face à reduzida informação contida no "post" acima,

 

E sobretudo por o acesso à Rede de Médicos Convencionados estar "apenas" disponivel para os trabalhadores-beneficiários oriundos do ex-ACT/EDP 2000 que ainda estejam ao activo, achei oportuno, compilar aqui as várias Redes Convencionadas de Estomatologia (por distrito) em vigor, bem como a Tabela de Estomatologia em vigor, que não é actualizada desde o ano de 2007. Portanto há DOZE ANOS (2007 - 2019).

 

Comecemos pela Tabela de Estomatologia em vigor:

 

TabelaEstomatologia.1.png

TabelaEstomatologia.2.png

TabelaEstomatologia.3.png

TabelaEstomatologia.4.png

TabelaEstomatologia.5.png

 

Seguidamente, vejamos as Redes Convencionadas de Estomatologia (por distrito) em vigor:

Estomatologia - Aveiro.png

Estomatologia - Beja.png

Estomatologia - Braga.png

Estomatologia - Bragança.png

Estomatologia - Castelo Branco.png

Estomatologia - Coimbra.png

Estomatologia - Evora.png

Estomatologia - Faro.png

Estomatologia - Guarda.png

Estomatologia - Leiria.png

Estomatologia - Lisboa.png

Estomatologia - Portalegre.png

Estomatologia - Porto.png

Estomatologia - Santarem.png

Estomatologia - Setubal.png

Estomatologia - VianaCastelo.png

Estomatologia - VilaReal.png

Estomatologia - Viseu.png

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:18

fcp.png

 

Em continuação do debate de ideias, sobre a temática: 

Movimento Sindical do Grupo EDP ... EM GREVE

 

começado em

Movimento Sindical do Grupo EDP ... EM GREVE (I) através do link ...

https://jornalonlineefepe-sindical.blogs.sapo.pt/movimento-sindical-do-grupo-edp-em-115682

 

Vejamos agora, a continuação dos diálogos havidos

nas redes sociais (nomeadamente no facebook).

 

--------------------------------

 

Fernando Pegas, ok

e como disse no meu post anterior

não estamos de acordo.

 

É verdade que os dirigentes sindicais de todas as tendências, já lá estão há vários anos mas, isso é porque continuam a ser eleitos pelos seus representados em eleições livres e democráticas para as direções dos seus sindicatos. Logo é a cada sindicato que cabe dizer quais são os seus representantes à mesa das negociações.

 


Também há já há uns anos que não se vêem caras novas e jovens para poder reciclar alguns dos actuais dirigentes sindicais. Este problema já não é só de hoje. E acontece porque não há jovens a sindicalizar-se nos vários sindicatos. E assim sendo e porque o sindicalismo não pode parar, cada um tem a sua forma de continuar a fazer as omeletas com os ovos que tem.

 

A mim não me interessa quem são as pessoas que estão nas comissões de negociação com a EDP. O que me preocupa e interessa é as políticas que cada um defende na mesa da negociação.

 

E depois com a colaboração dos "amarelos" comprometidos com as posições da EDP,  o que sai dessas negociações é uma grande merda mas a culpa não pode ser igual para todos.


Recordo-lhe que a FIQUIEMATAL nunca pactuou com as posições dos outros sindicatos em que a sua posição sempre foi a mesma, ou seja, a de se "ajoelharem" às posições da EDP. Não é sério nem leal estar a dizer aos trabalhadores que a culpa das alterações à legislação laboral seja da responsabilidade da fiquiemetal, quando quem negociou e assinou esta alteração à contratação colectiva foram todas as Entidades Patronais, o governo do PS e a UGT. A CGTP, onde se inclui a fiquiemetal não aceitou esta proposta e votou contra ela e, por isso, não a assinou.

 


E também quero recordar a todos os trabalhadores que, uma vez que foi assinado este ataque à contratação colectiva, esta proposta passou a ter forma de Lei, ficando todos os sindicatos de adaptar a sua negociação à Lei, sob pena de serem acusados de desrespeitar uma Lei da República. Portanto quando todos os negociadores se sentaram à mesa já sabiam que tinham de cumprir esta Lei que é altamente nociva para a liberdade de negociação colectiva entre as partes. Dizer o contrário disto é MENTIR aos trabalhadores, como é mentira que quer a fiquiemetal como o novo SIEAP, alguma vez tenham dado o seu acordo a esta legislação.

 


E também lhe digo que eu era membro da CT EDP Distribuicão e em Dezembro de 2017, renunciei ao meu mandato porque ia entrar na preparação da pré-reforma a 18 de dezembro 2017. Mas podia ter continuado porque continuava a ser trabalhador da empresa até à minha reforma. Nada me impedia de o fazer nem os Estatutos da CT que, está dentro da lei e os mesmos homologados pelo ministério do trabalho.

 

Penso que também sabe que existe uma lei própria para regular as comissões de trabalhadores e indicar quais os seus poderes legais onde podem intervir.


Mas o motivo porque saí foi pessoal já que entroncava em eu já não estar no meu local de trabalho, logo distante dos trabalhadores do meu local de trabalho. E, a mim não me parecia bem eu continuar numa CT sem saber o que se passava no meu local de trabalho. Como vê, ainda há homens com honra e com palavra.

(Arnaldo Fialho - 11-01-2019 20:10)

 

--------------------------------

 

Meu caro Arnaldo Fialho,

ao longo da minha carreira politica-sindical (e não é ninguém que me diz ou que tivesse ouvido de alguém), lidei com "Amarelos", com "Caciques", com "Cassetes", com "Lambe Cus", com "Mentirosos", com "Subservientes", com "Travestidos de uma coisa, sendo outra coisa" e afins. MAS TAMBÉM LIDEI COM "SINDICALISTAS" (com um Esse Grande").

 

Todas estas "qualificações" servem para lhe dizer de uma vez por todas, que também as encontrei em elementos ligados à antiga FESTIEP e/ou à actual FIEQUIMETAL. Porque Bons e Maus há em todos os Sindicatos.

 

E, NUNCA CHEGAREMOS A ESTAR DE ACORDO ALGUM DIA, PORQUE MESMO PASSADOS QUARENTAS ANOS, A "ORTODOXIA" DA CGTP-IN AINDA SE JULGA "DONA" DA REPRESENTATIVIDADE DOS TRABALHDORES.

Só me resta lamentar. E manter uma certa Paciência.

 

Meu caro Arnaldo Fialho. esta conversa da treta, para mim, termina aqui. Abraço.

(Fernando Pêgas - 11-01-2019 22:22)

 

--------------------------------

 

Fernando Pegas, e, para mim também já está acabada. Abraço.

(Arnaldo Fialho - 12-01-2019 13:54)

 

Reacçoes.png

 

--------------------------------

 (copiadas do blog Jornal Online 'efepe' / sindical)

--------------------------------

EmidioFevereiro.png

--------------------------------

 (copiado da pagina do facebook Comunidade EDP)

--------------------------------

 

ArmndoJoseDias.png

(Fernando Pêgas - 13-01-2019 23:06)

 

--------------------------------

 

Concordo, resultados positivos para os trabalhadores terão de surgir das negociações bilaterais entre Sindicatos e representantes EDP. Apenas os que cumpram com aqueles objetivos serão merecedores de compensação monetária.

(Joaquim Guimarães - 14-01-2019 00:10)

 

--------------------------------

 (copiado da pagina do facebook Comunidade EDP)

--------------------------------

SindicalismoOnline1.png

(Fernando Pêgas - 13-01-2019 23:06)

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:14

 

fcp.png

 

Inspirado no "post" seguinte:

CarmindoSousa.png

(retirado da Página do Facebook do amigo Carmindo Sousa)  

 

 

e achando que "merecia" uma reacção, gerei na minha Página do Facebook, o "post" seguinte:

 

 

No Grupo EDP,

a "Paz Social" ou o "Silêncio dos Explorados"

é uma FALSA QUESTÃO. Porque ...

 

49793697_2030247547021241_511189971097354240_n.png

(Fernando Pêgas - 09-01-2019 11:20)

 

 

 

Vejamos agora as "reacções", verificadas na Pagina do Facebook do grupo fechado denominado Comunidade EDP ...

 

 

Quem imaginava esta situação/estado laboral?
As lutas que travamos foram inglórias???

(Manuel Luis Sousa - 09-01-2019 12:00)

 

--------------------------------

 

CarlosMartins.png

(Carlos Martins - 09-01-2019 13:37)

 

--------------------------------

 

Há alguns anos 😡

(Maria Cecilia Cardinal - 09-01-2019 13:04)

 

--------------------------------

 

Verdade Manuel Luis Sousa.

E, enquanto o "Caciquista-Mor"

NÃO ABDICAR E SE DEMITIR

do seu Poder de Influência (Negativa, diga-se) à Mesa das Negociações do Grupo EDP, NÃO É POSSIVEL QUALQUER TIPO DE "CONSENSO" ENTRE PARCEIROS SINDICAIS, conforme as duas tentativas - FRUSTRADAS - já realizadas, no último Quadriénio (2014-2018).

(Fernando Pêgas - 09-01-2019 13:33)

 

--------------------------------

 

Sousita mea culpa mea culpa mea culpa mea culpa mea culpa!...

prioridade número número 1dos nossos dirigentes de top olhar pela vida deles.

Prioridade n° 2 a 1 prioridade n°3 a n°2. ;-)

(Carlos Martins - 09-01-2019 13:41)

 

--------------------------------

 

Amigo Carlos Martins, registo o teu "mea culpa".

Mas isso por si só não chega.

São necessarias contribuições fortes para "ARRUMAR A CASA" DE VEZ NO SINDEL. Antes que o Contrato Colectivo da EDP seja transformado em Contratos Individuais, regulamentados pela Legislação Geral do Trabalho.

(Fernando Pêgas - 09-01-2019 15:13)

 

--------------------------------

 

Pelo que se vai ouvindo e vendo,

os eleitos para o cargo de dirigente sindical, por princípio, devem possuir caráter firme, lutador e campo de visão alargado e profundo, capaz de prever e promover a luta pelos direitos exigíveis da classe trabalhadora e não só!

(Joaquim Guimarães - 09-01-2019 16:09)

 

--------------------------------

 

Pois Joaquim Guimarães,

mas os dirigentes sindicais de hoje (salvo "honrosas" excepções) já não exercem o cargo como uma "Missão Nobre". Daí, a dificuldade que há de encontrar LÍDERES SINDICAIS que consigam congregar vontades em torno de "nobre causas".

(Fernando Pêgas - 09-01-2019 18:26)

 

--------------------------------

 

O Sindel, desde a sua fundação,

apenas serviu para dividir trabalhadores e servir o CA e o capital.

Como é que se pode fazer unidade com o Sindel quando este diz, nos seus comunicados e oralmente pelos dirigentes, cobras e lagartos do CA e depois, na prática, mente aos seus associados e é o primeiro, a dar o dito por não dito, a assinar o que o PCAE diz.

Também não podemos descurar que este sindicato da UGT, é constituído por dirigentes e membros do PS e do PSD.

Assim está tudo dito.

(Arnaldo Fialho - 10-01-2019 03:18)

 

--------------------------------

 

Meu caro Arnaldo Fialho,

quanto à "DIVISÃO DE TRABALHADORES"

é muito injusto atacar-se só o Sindel/UGT.

 

 

Senão vejamos:

Quais os sindicatos filiados na UGT ou filiados na CGTP

e/ou mesmo Sindicatos Independentes

(não filiados em nenhuma Central Sindical)

 

que se predispuseram a NÃO OUTORGAR o ACT/EDP 2014, no qual foi estabelecida a

MAIOR DIVISÃO DE TRABALHADORES na EDP,

 

ao serem constituídos o

Universo dos Beneficiários oriundos do ACT/EDP 2000

e o

Universo dos Beneficiários oriundos de ex-Contratos Individuais

e/ou do Plano EDP Flex?

 

Que eu tenha conhecimento,

TODOS OS SINDICATOS DA CGTP, DA UGT E INDEPENDENTES

(com assento à Mesa das Negociações da EDP) "OUTORGARAM" O CONTRATO COLECTIVO De TRABALHO EM VIGOR NO GRUPO EDP.

 

Em suma, não é "apenas" o Sindel e a UGT que estabelecem "DIVISÕES DE TRABALHADORES" em conluio com as Administrações.

 

Portanto, actualmente, a questão levantada pelo amigo Arnaldo Fialho é uma FALSA QUESTÃO.

 

A gravidade da situação no Grupo EDP, é que quer a Administração, quer os Sindicatos,

ALTERARAM "ESTRUTURALMENTE"

AS CONDIÇÕES DE TRABALHO

nas "costas" dos Trabalhadores, Reformados e Pensionistas do Grupo EDP,

 

HIPOTECANDO ASSIM

qualquer tipo de "reacção" dos Enganados & Traídos (ou sejam, TODOS NÓS).

Disse.

(Fernando Pêgas - 10-01-2019 10:56)

 

--------------------------------

 

 Fernando Pegas,

Apesar de tudo não terem sido rosas nessas negociações e, até dou de barato, que a FESTIEP nem sempre tivesse agido da melhor maneira, não posso concordar consigo quanto às referências que faz à actuação dos sindicatos que outorgaram o ACT 2000 e depois o de 2014.

 

É que apenas a FESTIEP esteve contra essas prepotências que agora afirma serem totalmente inaceitáveis para os trabalhadores da EDP.

 

O resto das outras comissões de negociação, todas elas, não quiseram fazer qualquer espécie de acção consertada para mostrar aos trabalhadores o que é que a CNS da EDP estava a querer tirar os direitos que, com uma dura luta dos trabalhadores dos anos 80 do século passado conquistaram para o seu AE.


E, como sem ovos não se fazem omeletas, o resultado é o que é. Com estas CNS's o processo não anda.

 

Quando falo no Sindel é apenas porque ja é, actualmente, o maior sindicato da EDP e portanto a sua responsabilidade é maior. Mas pode ter o maior número de associados.

O que é certo é que não consegue mobilizar nenhum deles para uma luta ou uma greve contra a Empresa.

 


Está no seu ADN, desde que nasceu, fazer sempre o frete de ser muleta da EDP.

Aliás, não nos esqueçamos porque é que surgiu a UGT.

Surgiu de um grito do então ministro do trabalho do PS Maldonado Gonelha que afirmou num famoso comício do PS, apoiado por toda a direita, em que disse expressamente que iria criar uma nova Central Sindical para quebrar a espinha à Intersindical.

 

Repare que ele não disse que iria criar uma nova Central Sindical para defender melhor os trabalhadores mas sim para quebrar a espinha à Intersindical. E assim tem a UGT, até hoje, sempre actuado em tudo pactuando com os patrões ou os seus CA e o capital. Essa é a grande diferença de uma Central Sindical onde abundam dirigentes do PS e do PSD. E não é com estes protagonistas que se vai a algum lado.

 

E a esta, juntam-se os outros grupelhos de mini-sindicatos que são efectivamente de direita embora não o afirmem pessoalmente. Mas basta ver e ler os seus comentários nos comunicados em que na sua oratória chegam a ser pior do que o MRPP na altura do chamado Verão Quente de 1975 e vê-los agora à mesa das negociações a dizerem e defenderem o contrário do que apregoaram nos seus comunicados. Aqui está uma linha vermelha em que nunca estaremos de acordo.

Disse.

(Arnaldo Fialho - 10-01-2019 21:17)

 

--------------------------------

 

Enganou-se Arnaldo Fialho,

É QUE EU ESTOU GLOBALMENTE DE ACORDO COM O AMIGO.

 

O que me leva a não estar TOTALMENTE DE ACORDO são as "ressalvas" que faz em relação à FESTIEP.

Porque apesar de ter um comportamento diferente da do Sindel, no fim "ASSINOU" E "OUTORGOU" o MAIOR DESASTRE NEGOCIAL alguma vez havido na EDP. Sob o trauma de um "papão" chamado CADUCIDADE.

 

Foi de uma fragilidade medonha. E por via disso mesmo, sofreu a "CISÃO" que sofreu.

 

Quanto ao futuro, perspectiva-se MUITO, MUITO SOMBRIO, por culpa e responsabilidade de todos.

(Fernando Pêgas - 10-01-2019 22:17)

 

--------------------------------

 

Fernando Pegas,

Penso que sabe que, quem propôs a caducidade dos ACT's foram os patrões no Concelho de Concertação Social.

E o governo do PS não se opôs, como não houve oposição por parte da UGT.

A única confederação que não assinou tal acordo foi a CGTP.

Aliás, a CGTP nunca assinou qualquer acordo na concertação social uma vez que o que de lá sai é sempre contra os direitos dos trabalhadores e a favor do patronato e do capital.

 


Mas lembro que este preceito, uma vez aprovado tem força de Lei e foi por isso que todos os sindicatos tiveram de aplicar na sua regulamentação de trabalho este preceito. É bom termos noção de como as coisas se passaram. E, a CGTP e os seus sindicatos nela associados são os únicos, até hoje, que se bateram contra esta norma da caducidade dos contratos de trabalho, assim como o princípio do tratamento mais favorável.

 

Temos depois um sindicato mais recente, o SIEAP, que também defende os mesmos princípios. 


E só mais 3 partidos (o PCP, o BE e o PEV, é que se têm batido na AR e fora dela para que estas normas acabem.

Mas, também como sabe, isto só o governo é que tem meios para o fazer. Mas o PS tem medo das Associações Patronais e sempre tem feito orelhas moucas às pretensões dos partidos à sua esquerda e que suportam o governo do PS sózinho.


Portanto dizer, sem o devido enquadramento, que TODOS, incluindo aqui a FESTIEP, serem responsáveis pelo que aconteceu e foi votado na Consertação Social não só não é correcto, como não é verdade.


Quanto às assinatura do ACT 2010 e 2014 foi a que foi possível para evitar que a Empresa denunciasse unilateralmente o ACT 2014, ficando os trabalhadores, passados 18 meses dessa denúncia, passarem a ser regidos pela Lei Geral do Trabalho.


O ACT 2014 é mau?

Claro que é muito mau.

 

Mas seria muito pior, colocar os trabalhadores debaixo da Lei Geral do Trabalho perdendo todos os direitos que ainda se conservam. Deixando cair a negociação, caíam também todos os direitos ainda consignados no ACT 2014 e isto incluía também deixar cair os direitos da saúde e das reformas.

É preciso termos sempre em conta o momento, a correlação de forças e com estes condicionamentos, saber pensar o que é que é melhor para os trabalhadores.


Quanto aos trabalhadores do Flex, os dos Contac Center e os com contratos de trabalho a termo, também só vejo, desde o início, o Siesi/FESTIEP e o SIEAP a reclamarem junto da empresa para integrarem estes trabalhadores no ACT em vigor.


Para se levar uma qualquer luta contra a empresa, esta tem de ser enquadrada numa estrutura.

De nada vale haver boas ideias individuais se depois não houver uma Estrutura organizada que lhe possa dar continuidade. Temos um grande exemplo. O que é que o movimento dos Coletes Amarelos, cuja luta inicial era mais do que justa, e quando o governo francês quis negociar, não havia com quem. E até agora não ganharam nada.


E sobre este assunto por aqui me fico e não mais direi o que quer que seja.

(Arnaldo Fialho - 11-01-2019 03:46)

 

--------------------------------

 

Arnaldo Fialho, a questão da "Caducidade",

na minha perspectiva foi um "PAPÃO" criado na mente dos Negociadores de TODAS AS COMISSÕES NEGOCIADORAS SINDICAIS (quer da CGTP, quer da UGT, quer dos Independentes), com o unico propósito de JUSTIFICAR O "INJUSTIFICÁVEL", no que diz respeito à TOMADA DE DECISÕES pelas Direcções Sindicais, sem qualquer "audição prévia" dos interessados (ou seja, a quem se destinava as alterações e revisões dos Instrumentos de Regulamentação de Trabalho). E, obviamente, este "PAPÃO" foi aproveitado pela Comissão Sindical da EDP.

 

E foram todas estes "comportamentos" e "posturas" que alteraram por completo as "regras do jogo" até então praticadas no Movimento Sindical do Grupo EDP.

 

Portanto, continuo a reafirmar que TODOS (mas todos mesmo) TIVERAM "CULPAS" NO CARTÓRIO, que se consubstanciou num ENORME DESASTRE NEGOCIAL, conhecido de toda a gente.

 

Quanto aos "principais" culpados ...

 

Na minha perspectiva sindical, foram e são para todo o sempre:

- A FRENTE ENERGIA DA CGTP (liderada pela FESTIEP, agora chamada FIEQUIMETAL), pelas enormes "fragilidades" de resistência demonstradas e "vincadas" por uma filosofia sindical que sempre combati e continuarei a combater sempre (ou seja, a filosofia da UNICIDADE SINDICAL), e

- a FRENTE SINDICAL DA UGT (liderada pelo SINDEL), pelas frequentes "colagens" aos interesses do Grupo EDP, em detrimento da Real Defesa dos Interesses dos Trabalhadores, Reformados e Pensionistas do Grupo EDP.

 

Chegado aqui,

e perspectivando o presente e o futuro do Movimento Sindical do Grupo EDP,

É IMPOSSIVEL QUALQUER TIPO DE "CONSENSOS"

COM A PERMANÊNCIA À MESA DAS NEGOCIAÇÕES

de Negociadores Sindicais "culpados" de todo o descalabro referido e apontado.

 

Isto para dizer que URGE "EXPULSAR" da Mesa das Negociações no ambito do ACT/EDP 2014, a maioria dos actuais Negociadores que compõem as várias Comissões Negociadoras Sindicais, que mais não fazem do que deixarem passar o tempo necessário, para colocarem um "ponto final" nas suas Carreiras Profissionais e passarem à situação de Pré-Reforma ou Reforma.

 

E neste particular, terei de aqui e agora, de conceder o MEU APLAUSO aos Homens de Santos Tirso (ou sejam: o Angelo Pereira - do Sindel - e o Daniel Sampaio - da Fiequimetal) que tiveram o BOM SENSO DE IREM EMBORA, depois de tomarem consciencia da "REAL MERDA" que fizeram.

 

Pena é, que o "CACIQUE-MOR" (refiro-me a Rui Miranda) não os tivesse acompanhado, e preferisse continuar a sua senda de "SEDE DE PODER" violentando tudo e todos, como todos nós estamos a assistir, com uma "serenidade" que me põe os cabelos em pé, todos os dias.

 

Por fim, a minha visão sobre o FUTURO "SOMBRIO" do Movimento Sindical do Grupo EDP...

 

Se todos juntos (refiro-me a trabalhadores, reformados e pensionistas do Grupo EDP) NÃO FORMOS "CAPAZES" de terminar com as Mini-Centrais Sindicais (no sentido da intervenção sindical em vários sectores de actividade) e gerar verdadeiros Sindicatos "especificos" do Sector de Energia (pois, só este Sector de Actividade já dá muita água pela barba), e nomeadamente RECUPERAR o Modelo de Sindicalismo conhecido pelo "Triângulo Invertido", acho que,

 

o Movimento Sindical do Grupo EDP "tende" a morrer.

Disse.

(Fernando Pêgas - 11-01-2019 11:22)

 

--------------------------------

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:28

fcp.png

 

Em continuação do debate de ideias, sobre a temática: 

ESTOMATOLOGIA - PORTO (Ponto de Situação)

 

começado em

ESTOMATOLOGIA - PORTO (Ponto de Situação) I através do link ...

https://jornalonlineefepe-sindical.blogs.sapo.pt/estomatologia-porto-ponto-de-situacao-115005

 

Vejamos agora, a continuação dos diálogos havidos

nas redes sociais (nomeadamente no facebook).

 

Reacçoes.png

 

--------------------------------

 (copiadas da pagina do facebook da Comunidade EDP)

--------------------------------

Estomatologia-Porto1.png

(continuação)

--------------------------------

 

O que quer dizer, é que os "inativos"

mais uma vez ficam sem acesso a informação Sãvida divulgada via Intranet!

Para quando o tal portal de comunicação digital via Internet da Sãvida?

(Joaquim Guimarães - 09-01-2019 15:56)

 

--------------------------------

 

Meu caro amigo Joaquim Guimarães, já em 2009, se falava no Portal do Utente Savida.

Embora a "promessa" de implementação no inicio deste ano (2019), tivesse sido retomada na ultima Reunião Plenária do ano passado,

PENSO QUE ... vamos todos ter de "esperar" mais alguns meses (ou senão, anos).

(Fernando Pêgas - 09-01-2019 16:16)

 

--------------------------------

 

Fernando Pegas Algum colega mais "habilidoso" que faça uma petição inter- EDP para assinarmos e enviar para a Assembleia da República...🙃.

Pode ser que resulte, quem sabe?😄

(Maria Manuela Lima - 09-01-2019 16:25)

 

--------------------------------

 

To ocupado hoje.png

(Joaquim Guimarães - 09-01-2019 16:30)

 

--------------------------------

 

 Joaquim Guimarães Deve haver alguém livre..🤣

(Maria Manuela Lima - 09-01-2019 16:31)

 

--------------------------------

 

Gosto da ideia Maria Manuela Lima,

mas penso que as "CLIVAGENS" cada vez mais acentuadas entre os Jovens (do Plano EDP Flex, dos Avençados, dos Estagiários e/ou dos Precários) e os Menos Jovens (maioritariamente vinculados ao ACT/EDP 2000),

 

dificultam qualquer iniciativa (de natureza "expontânea")

nos varios locais de trabalho do Grupo EDP. Entre os Pré-Reformados, Reformados e Pensionistas do Grupo EDP a dificuldade é a "dispersão" geografica.

(Fernando Pêgas - 09-01-2019 18:36)

 

--------------------------------

 

 Fernando Pegas Resta-nos a esperança de ver promessas cumpridas...!

(Joaquim Guimarães - 09-01-2019 18:59)

 

--------------------------------

 

Fernando Pegas Através da Comunidade EDP.... 😁

(Maria Manuela Lima - 09-01-2019 19:16)

 

--------------------------------

 

Uma vergonha, andam por aí uns a ganhar milhões e outros a cairem-lhe os dentes....

(Castro Ferreira - 09-01-2019 21:58)

 

--------------------------------

 

Amiga Maria Manuela Lima, mas antes do "passo" de uma Petição, penso que há um assunto a resolver e que está a dividir opiniões, na área da saúde.

 

Há que clarificar de uma vez por todas,

ouvindo os interessados,

 

se é preferível a existência de uma SAÚDE EDP PARA TODOS (na variante da Mútua e do Serviço Nacional de Saúde) ou se é preferível a existência de dois Subsistemas de Saúde (a "puxarem" para os Seguros de Saúde).

Em suma, ESTA TAREFA ESTÁ POR REALIZAR.

 

Porque não concebo que numa área tão importante como é a Saúde, haja "representantes sindicais" ou haja "administrações de empresa" que se predisponham A DECIDIR POR TERCEIROS, sem qualquer tipo de audições prévias. Como aconteceu no passado, aquando da integração do EUP/EDP no ACT/EDP.

 

Avançar com qualquer iniciativa, sem primeiro "corrigir" o ERRO GRAVE COMETIDO, é como "BRANQUEAR" os mais elevados interesses, na área da saúde, de todos os trabalhadores, reformados e pensionistas do Grupo EDP.

Conclundo, PARA "BRANQUEAMENTOS" NA ÁREA DA SAÚDE, não contem comigo.

 

E acho que TEMOS É DE EXIGIR A SERMOS "OUVIDOS" em matérias da área ds Saúde.

Porque ninguém passou "procuração" a ninguém, para decidirem por nós.

Disse.

(Fernando Pêgas - 09-01-2019 23:26)

 

--------------------------------

 

Meu caro amigo Joaquim Guimarães recomendo-te a não veres o Portal do Utente como o SALVADOR DA PÁTRIA de todas as más decisões, indefinições e outros males afins, na área da Saúde.

 

Pois, na minha perspectiva, o Portal do Utente será uma ferramente que apenas "agilizará" a questão dos Reembolsos.

(Fernando Pêgas - 09-01-2019 23:37)

 

--------------------------------

 

e a transmissão de informação intrínseca à Saúde.

(Joaquim Guimarães - 10-01-2019 00:22)

 

--------------------------------

 

Fernando Pegas Se me pergunta, prefiro SNS com a nossa mútua reestruturada/melhorada de preferência à "moda antiga".. mas, quem so eu..

(Maria Manuela Lima - 10-01-2019 07:33)

 

--------------------------------

 

Pois amiga Maria Manuela Lima, é precisamente essa pergunta que tem de ser feita a TODOS, e não somente a ALGUNS.

 

É esta "clarificação" que não foi feita em devido tempo, e tem de ser feita o mais rapidamente possivel. Através de um "Referendo" ou de um "Inquérito".

 

Compreenderá agora amiga Maria Manuela Lima, que será não aconselhável colocar o "carro" (entenda-se a Petição) à frente dos "bois" (entenda-se o Referendo ou o Inquérito).

 

Em suma, o CAMINHO A SEGUIR (na área da Saúde EDP) TERÁ QUE SER DECIDIDO POR UMA MAIORIA QUALIFICADA (de todos aqueles que mensalmente descontam um determinado valor para a "Mútua EDP"), E NÃO POR QUAL ENTIDADE "REPRESENTANTE" dos Mutualistas EDP.

 

Depois sim, clarificada esta fundamental questão, se houver necessidade de avançar para a Assembleia da República, aí estarei na "Primeira Linha".

Disse.

(Fernando Pêgas - 10-01-2019 11:09)

 

--------------------------------

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:37

fcp.png

 

A propósito do Protocolo estabelecido

entre a EDP/Sãvida e a PT/ACS

 

que vigou no âmbito dos Utentes Sãvida adstritos ao Posto Médico EDP na cidade do Porto, e que o Grupo EDP decidiu unilateralmente a colocar-lhe um "ponto final" no dia 31 de Dezembro de 2018,  

 

e tendo em consideração

o pedido de alguns Utentes Savida (que vão interagindo pelas redes sociais, designadamente na Página do Facebook do grupo fechado denominado Comunidade EDP, administrado por mim), no sentido de saber quais os novos procedimentos a vigorar a partir do dia 01 de Janeiro de 2019, 

 

achei por bem

estabelecer alguns contactos com a Sãvida, e em consequência dos contactos, foi possivel elaborar o "Ponto de Situação" seguinte:

 

Estomatologia-Porto.png

No entanto,

Tenho conhecimento, que estão em curso Reuniões Bilaterais entre a Comissão Negociadora do Grupo EDP e as várias Comissões Negociadoras Sindicais.

 

Razão pela qual, poderá ser possível que surjam comunicações ou informações mais esclarecedoras.

 

 

Reacçoes.png

 

--------------------------------

 (copiado da pagina do facebook da Comunidade EDP)

--------------------------------

Estomatologia-Porto1.png

(Fernando Pêgas - 09-01-2019 13:25)

 

--------------------------------

 

Sem comentários amigo Pegas!

(Maria Manuela Lima - 09-01-2019 13:37)

 

--------------------------------

 

Sempre em cima do acontecimento

(Lorena Felgueiras - 09-01-2019 13:53)

 

--------------------------------

--------------------------------

 

Os reformados não têm acesso a essa lista de dentistas.

(Maria Manuela Lima - 09-01-2019 15:05)

 

--------------------------------

 

Verdade amiga

(Fernando Pêgas - 09-01-2019 15:36)

 

--------------------------------

 

Eu já tenho a lista e sou reformado..

(Miguel Mota Magalhaes - 09-01-2019 16:39)

 

--------------------------------

 

Miguel Mota Magalhaes Como tem?

(Maria Manuela Lima - 09-01-2019 16:52)

 

--------------------------------

 

Maria Manuela Lima Fui á Sãvida do Porto e pedi no balcão de atendimento

(Miguel Mota Magalhaes - 09-01-2019 22:03)

 

--------------------------------

 

Miguel Mota Magalhaes Pois! Quem mora fora....

Espero que apareça algum meio mais prático para quem não se desloca. Na nossa empresa agora é " quem quiser bolota, tem de trepar" e às vezes nem assim.

No entanto, muito obrigada pela informação.

(Maria Manuela Lima - 09-01-2019 16:52)

 

--------------------------------

 

Maria Manuela Lima Pois eu moro perto tenho essa vantagem mas penso que deve haver maneira de ter essa lista, não sei se a minha lista é igual para si se for posso enviar uma cópia

(Miguel Mota Magalhaes - 09-01-2019 22:18)

 

--------------------------------

 

Miguel Mota Magalhaes Muito obrigada.

Quando for ao meu posto pergunto se a têm. E como é...

(Maria Manuela Lima - 09-01-2019 22:52)

 

--------------------------------

--------------------------------

 

Os elevados custo em estomatologia

levam a que esta especialidade tenha tendência a desaparecer, quando numa consulta na PT lisboa um médico me disse que ninguém quer trabalhar para a Sãvida com os valores que pagam.

É dos livros que quando se pretende acabar com qualquer coisa se dificulta para justificar os fim.

Lembram-se quando já lá vão uns bons anos recebemos um mapa com as nossas despejas em saúde.

 

Desde sempre eles andaram a fazer contas e a vigiar cada utente.

Muitas histórias se ouviam nos corredores, muita gente dizia que mais tarde iríamos pagar bem caro, agora todos reclamam, mas como tudo na vida agora nem Santa Barbara nos safa.

(Emidio Fevereiro - 09-01-2019 15:48)

 

--------------------------------

 

Emídio Fevereiro 

Eu nunca recebi nada de mapas com os gastos..

 

Antes da mútua alguns tinham tudo o que queriam, depois com a mútua isso foi sendo diferente...

Pela parte que me toca, não tenho pesos na consciência. Só o que foi e é necessário. Só vou ao médico na última...embora agora tenha uma médica fantástica desde que passei para o posto de Vermoim.

Não sou "pesada ", por agora, à Sãvida...Mas quero também, como todos, serviços de qualidade.

 

Quanto aos custos em Estomatologia não sei se os utentes terão a culpa toda...Tive uma situação cá em casa em que o dentista quase sem ver aconselhou uma coroa ou ponte..disso pouco percebo e o assunto foi resolvido num dentista particular em duas consultas sem recorrer à protésica e o dente lá está no sítio quase há um ano...

Ia ficar mais caro à Sãvida e ao utente. Portanto..🤔

(Maria Manuela Lima - 09-01-2019 16:06)

 

--------------------------------

 

Maria Manuela Lima Eu quando fiz a publicação e falei daquilo que sei e só o quanto basta não me dirigi a si.

Como não sou santo também tenho os meus pecados o quais não me isenta na totalidade daquilo que falo.

Eu recebi as minhas despesas de saúde assim como os meus colegas da DODS/CDALMADA em determinada altura.

 

Apontar o dedo seja a quem for,

está fora de causa, respeito a sua justificação mas a minha publicação em nada apontava para que quem quer que seja viesse aqui justificar-se.

Em determinada altura após consultas de estomatologia éramos contactados pela Sãvida para saberem o que foi feito.

Recentemente numa consulta de estomatologia falando no aspecto de controle fui informado de que a Sãvida tem uma empresa especializada contratada para análise dos actos efectuados.

Eu trabalhei em Almada com o Posto Médico no edifico com médicos do quadro da empresa, e era vulgar um trabalhador se chatear e dizer" vou para a baixa" e ia mesmo.

O que eu quero dizer é que se fala só de um lado do problema mas ele tem duas vertentes. Quando ao custo de estomatologia JAMAIS ME REFERI À CULPA POR PARTE DOS UTENTES, o que quis dizer é que os actos em estomatologia são caros NENHUM TRABALHADOR "É PESADO" PARA A SÃVIDA, bem pelo contrário a Sãvida é que está a ser "LEVE" para nós utentes. Sabe que

Na Sãvida têm o controlo total de tudo

o que é prescrito em medicamentos e exames'?

 

Na Minha Unidade de Saúde Familiar tal não existe, existe sim o portal do SNS onde nós registados podemos autorizar e aceder aquilo que está programado.

Os utentes do SNS como no meu caso o meu registo está visivel a nivel nacional, quer em Hospitais, quer em Centros de Saúde. Desconheço se o meu registo na Sãvida é visivel pelo SNS.

Explico em qual quer ponto do pais ou estrangeiro a minha ficha clinica está disponivel para consulta e para mim dá-me a tranquilidade de que numa situação limite possam ter acesso ao meu historial climico. Razão pela qual uso a Sãvida e a minha USFamiliar.

Uma coisa tenho a certeza uma vai ficar neste ou outros moldes, a outra pelos visto não tem melhoras. PORTANTO desde já as minhas desculpas por talvez me ter expressado de forma menos clara.

(Emidio Fevereiro - 09-01-2019 20:07)

 

--------------------------------

 

Emídio Fevereiro Não tem que pedir desculpa.

Falei por mim, mas apenas exemplificando o que se passa com muitos de nós e entendi perfeitamente a sua mensagem. Que também fique claro.

Duvido que o nosso historial clínico na Sãvida esteja na Seg. Social. Era bom que estivesse.

As especialidades que consultamos particularmente, agora nem a ficha clínica nos acompanha.

Levamos apenas a credencial. Vale o que depois transmitimos ao nosso médico assistente e mesmo a medicação prescrita...Podemos omitir alguma coisa...


No meu caso uso apenas o posto da empresa. Cumprimentos.

(Maria Manuela Lima - 09-01-2019 20:46)

 

--------------------------------

 

Maria Manuela Lima, a minha médica da minha USFamiliar me disse "esta é o seu verdadeiro posto médico" e eu sei o porquê de tal afirmação porque é a única porta que eu tenho para todo o SNS.

Consultas externas em hospitais do SNS só a pedido dos "posta da Caixa", depois de lá estarmos dentro saltamos de especialidade em especialidade em conformidade com o parecer médico.

Aqui no Amadora-Sintra assim se passa por experiência de um familiar próximo que se encontra em cinco valências dentro do hospital e tudo tratado internamente.

Quanto a mim tenho esta experiência: Vou a um médico convencionado de especialidade face a uma determinada queixa disse isso não é nada, já lá vão duas vezes. 

Recentemente tive outros sintomas e no Posto da Sãvida após observação detalhada para o sintoma, receitou um medicamento. Até aqui tudo bem. Fui à consulta da minha médica da USFamiliar e a qual em todo o conhecimento de tudo o que faço por fora, mandou-me fazer uma analise.

Posteriormente em face dos resultados analisados, telefonou-me a comunicar tendo em vista o historial das minhas queixas iria discutir o problema com uma colega do grupo de trabalho. passados cerca de 4 horas telefonou-me e comunicou-me que iria ser enviado para uma consulta externa no Hospital porque entenderam que deveria ser feita uma determinada despistagem.

O que eu pretendo dizer é que mais do que uma opinião tiro vantagens, não entro no campo das competências especificas, o que eu sei é que na Sãvida estou limitado no acesso, na USF tenho as portas abertas para.

Penso que grande parte dos nossos colegas trabalha com a Sãvida o o seu posto de caixa, como se diz o seguro morreu de velho. Não existe incompatibilidades no uso dos dois sistemas, o SNS é universal, como tal podemos utilizá-lo como qualquer cidadão.

Esta foi a minha opção já lá vão 6 anos.

(Emidio Fevereiro - 09-01-2019 22:07)

 

--------------------------------

 

Emídio Fevereiro Concordo consigo em tudo o que diz.

No Porto a maior parte de nós tínhamos e temos o posto de saúde da Sãvida que por sua vez estava e creio que ainda está agregado ao posto central do SNS da Batalha-Porto...O meu cartão do SNS diz ainda isso..., mas não tenho conhecimento se ainda lá estamos dado que as instalações da empresa e da Sãvida do Porto também mudaram...

Tudo muito confuso..

Há 4 anos pedi a transf.para o posto da Sãvida em Vermoim nas instalações da Ren, onde moro por ser muito mais perto para me deslocar e nem uso transporte. Daí a minha "exclusividade "

(Maria Manuela Lima - 09-01-2019 22:20)

 

--------------------------------

 

Maria Manuela Lima,

quando da criação da Sãvida

uma das grandes lutas foi precisamente termos a possibilidade de receituário e exames a serem passados nos postos da Sãvida. As" Caixas" na altura não gostaram nada disto, foram obrigadas a aceitar e ficámos com pequenas autonomias. Determinados exames só podiam ser aprovados pela "Caixa" a que o nosso posto estava afecto.

 

Nessa altura não pagávamos taxas moderadoras, as receitas dos particulares eram entregues nos nosso postos para serem reproduzidas em receituário da "caixa", situação muito mal aceite pela classe médica porque se queixavam que aquilo era serviço de escriturário.

 

Em Almada estávamos dependentes dos serviços de Setúbal da "caixa" no que dizia respeito a receituário, vinhetas e impressos para exames. O levantamento era no local , uma vez por mês e em data a marcar. Faziam-no de tudo para dificultar a entrega, mas em contrapartida a distribuição para os Postos da Caixa era assegurado por eles.

 

Com o falecido Dr Ferraz de Abreu e outros nome que me falham muito se deve ao que até hoje nos chegou,

 

O posto de Almada foi encerrado, e por escrito nos comunicaram que era para "salvar " o Posto da 5 de Outubro em Lisboa, e obrigaram os utente de Almada, Seixal, Sesimbra a deslocarem-se a Lisboa.

Quanto ao Posto da 5 de Outubro recuso-me a falar quanto ao atendimento.

 

Já agora resalvo que tenho um bom atendimento em todos os aspecto em Queluz, quanto a Lisboa estive 3 anos sem lá por os pés só para evitar problemas., mas de uma coisa tenho a certeza se tiver que regressar a Lisboa existe uma pessoa que nunca jamais em tempo algum em quem perdi a confiança me tratará da saúde.

(Emidio Fevereiro - 09-01-2019 22:45)

 

--------------------------------

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:20

 

fcp.png

 

No ultimo fim de semana, nas redes sociais, cruzei-me com a opinião "Esquecimentos Laborais" no Grupo EDP.  Considerando-o interessante, predispus-me a analisá-lo.

 

EsquecimentosLaborais.png

GLOBALMENTE ... é de lamentar o "esquecimento" dos trabalhadores abrangidos pelo Plano EDP Flex.

 

 

QuartoAno.png

 

Desde a entrada em vigor do ACT/EDP 2014,

 

para além dos Protocolos Anuais relativos aos processos de Revisão da Tabela Salarial e Clausulas de Expressão Pecuniária, para os anos de 2015, 2016, 2017 e 2018, foram produzidos mais DOIS PROTOCOLOS: 


- O Aumento do Horário de Trabalho para as 40 Horas, para os trabalhadores sujeitos à laboração contínua, nas Centrais do Barreiro e de Mortágua (na empresa Tergen); e, 


- A Redução do Horário de Trabalhos das 40 Horas, para os trabalhadores sujeitos à laboração contínua, nas Centrais do Barreiro e de Mortágua (na empresa Tergen);

 

Em suma, EM QUATRO ANOS (Dezembro-2014 / Dezembro-2018), a produção da Contratação Colectiva foi realmente muito fraca, tendo em consideração as várias matérias analisadas e discutidas, mas não concluídas.

 

Ou seja, UM QUADRIÉNIO DEITADO AO LIXO !!!

 

Designadamente, para os beneficiários do Subsidio de Estudo para Descendentes, das Colónias de Férias EDP, do Beneficio de Energia Electrica e/ou do Sistema Complementar de Saúde.

No caso do Sistema Complementar de Saúde a abrangência de beneficiários é de cerca de TRINTA E NOVE MIL UTENTES SÃVIDA.

 

 

TodaGente.png

 

O actual modelo de Diálogo Social no Grupo EDP "conjugado" com o comportamento da totalidade dos parceiros sindicais, com assento à Mesa das Negociações no ambito do ACT/EDP 2014,

 

TEM CONTRIBUÍDO EFECTIVAMENTE PARA O "ESQUECIMENTO"

 

do Universo de Beneficiários oriundos dos ex-Contratos Indivuais e/ou do Plano EDP Flex.

 

 

Curioso.png

 

 

MUITO PROVAVELMENTE ...

a partir do segundo semestre de 2019, o Universo dos Beneficiários oriundos de ex-Contratos Individuais e/ou do Plano EDP Flex, passarão a serem o MAIOR UNIVERSO dos trabalhadores no activo.

 

 

PELA SIMPLES RAZÃO ...

de durante o primeiro semestre de 2019, estar prevista a SAÍDA DE UM ELEVADO NÚMERO DE TRABALHADORES (beneficiários do ACT/EDP 2000), por efeito dos acordos estabelecidos até 31-12-2018 (no âmbito do PAE 2018), de passagem a uma das situações seguintes: Antecipação à Pré-Reforma, Pré-Reforma ou Reforma.

 

 

TANTO ASSIM É ...

Que curiosamente, os ditos Parceiros Sindicais Mais Representativos (ou sejam a Fiequimetal e o Sindel) estão a aperceberem-se de uma ENORME REDUÇÃO DE ASSOCIADOS (da vida activa do Grupo EDP), através da simples tarefa de Distribuição de Agendas que, tradicionalmente, é feita nos ultimos dias de cada ano e/ou nos primeiros dias de cada ano.

 

 

CONCLUINDO ...

O que era previsível acontecer apenas no ano de 2020 ou 2021 - ou seja, o Universo de Beneficiários do Plano Flex EDP "ultrapassar" o Universo de Beneficiários do ACT/EDP 2000, em ordem de "grandeza" - VAI ACONTECER JÁ NO ANO DE 2019.

 

 

E, ESTES FACTOS ...

Quer se queira, quer não, vão ter que TER UM FORTE "IMPACTO" à Mesa das Negociações, no âmbito do ACT/EDP 2014.

 

Designadamente,

- Quanto ao "estatuto" de SINDICATO MAIS REPRESENTATIVO (criado com a entrada em vigor do ACT/EDP 2014);

 

mas também,

- Quanto ao CRÉDITO DE HORAS (estabelecido no mesmo ACT/EDP 2014)

 

que poderá influenciar fortemente a questão do "número dos tempos inteiros" dos ditos Sindicatos Mais Representativos.

 

Aguardemos.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:41

 

fcp.png

 

Na plataforma da intranet.edp ...

 

Ontem, dia 07 de Janeiro de 2019, o Grupo EDP anunciou um novo processo de passagem à pré-reforma/reforma: tudo o que precisa de saber. 

 

A saber,

 

NovoProcesso.png

NovoProcesso1.png

NovoProcesso2.png

NovoProcesso3.png

 

Como primeira reacção, diria que este anúncio seria mais oportuno, caso fosse publicitado imediatamente antes do último Plano de Reajustamento de Efectivos (PAE 2018).

 

Como diz o ditado popular:

 

MAIS VALE TARDE, DO QUE NUNCA !!

 

Reacçoes.png

--------------------------------

(Esclarecimento copiado do facebook da EDP)

--------------------------------

JulioFernandesSantos.png

 

--------------------------------

 (copiado da pagina do facebook de Fernando Pêgas)

--------------------------------

Reforma.png

(Fernando Pegas - 08-01-2019 15:36)

 

--------------------------------

 

E já funciona?? estava inativo.

(Antonio Branco - 08-01-2019 15:59)

 

--------------------------------

 

Meu caro Antonio Branco, tanto quanto é do meu conhecimento, há um Protocolo sobre a temática em cima da Mesa das Negociações, que estava já em fase de "retoques finais". Penso que, se a EDP já o fez publicitar na Plataforma da intranet edp, é porque os referidos "retoques finais" já foram dados.

Digo eu.

(Fernando Pegas - 08-01-2019 16:18)

 

Já está em funcionamento, já testei. Abraço!!

(Antonio Branco - 08-01-2019 17:08)

 

--------------------------------

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:16

fcp.png

 

Em continuação do debate de ideias, sobre a temática: 

PLACA DE RECONHECIMENTO (na EDP) - TESTEMUNHOS

 

começado em

Placa de Reconhecimento (na EDP) - Testemunhos (I)  através do link ...

https://jornalonlineefepe-sindical.blogs.sapo.pt/um-desabafo-de-isabel-moura-araujo-114120

 

Vejamos agora, a continuação dos diálogos havidos

nas redes sociais (nomeadamente no facebook).

 

 

Reacçoes.png

 

--------------------------------

 (copiadas da pagina do facebook de Fernando Pêgas)

--------------------------------

 

Placa.png

(Fernando Pegas - 08-01-2019 13:32)

 

--------------------------------

 

Chegou hoje a carta da edp produção acordo pré reforma 5- 2-2019.

Com 41 anos de antiguidade.

Vejo no blogue se eu recebi o prêmio dos 25 anos.

Sim recebi mais uma medalha e 15 dias corridos de férias.

(Isabel Moura Araujo - 08-01-2018 13:56)

 

Reacçoes.png

--------------------------------

 (copiadas da pagina do facebook da Comunidade EDP)

--------------------------------

 

Placa.png

(Fernando Pegas - 08-01-2019 13:32)

 

--------------------------------

 

Mas é para todos?

(Virgilio Quintas - 08-01-2019 13:54)

 

--------------------------------

 

Não tive placa nem plaquinha nem placon... oopsss...🤣

(Joao Estrela - 08-01-2019 14:40)

 

--------------------------------

 

 lol,

eu, como já estou na pré-reforma, já não recebo.

Mas também não estou muito interessado em Medalhas a melhorando-lhes os salários, pois é com isso que todos podemos ter um melhor nível de vida. Fiquei farto do que vi e passei ao longo dos 38 anos e não é uma Placa que me vai fazer mudar de ideias.

(Arnaldo Fialho - 08-01-2019 15:03)

 

--------------------------------

 

Amigo Quintas, segundo o histórico da publicação, parece que a entrega de placas a homenagear trabalhadores só se processa na EDPValor e só para alguns. Abraço.

(Joaquim Guimarães - 08-01-2019 17:05)

 

--------------------------------

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:51

fcp.png

 

ACHEI POR BEM ...

 

Compilar aqui, todos os "testemunhos" produzidos por trabalhadores, pré-reformados e/ou reformados do Grupo EDP, na Página do Facebook ,do grupo fechado denominado "Comunidade EDP", na sequência do "post" partilhado seguinte:

 

IsabelMouraAraujo.png

Com muito orgulho.

(Isabel Moura Araujo - 01-01-2019 20:14)

 

 

Cujos "Testemunhos" EVIDENCIAM todo um "sentir" ou um "sentimento", em torno da entrega ou não de uma Placa de Reconhecimento, por parte do Grupo EDP,  após o Final de uma Carreira Profissional de trabalhador edp.

 

Vejamos os testemunhos:

 

A EDP dá esta prenda aos 41 anos de antiguidade?

(Fernando Peneiras - 01-01-2019 21:12)

 

--------------------------------

 

A "prenda" da EDP é igual para todos, só alterando o numero de anos de antiguidade e, obviamente, o nome próprio.

(Fernando Pegas - 01-01-2019 21:15)

 

--------------------------------

 

Como assim?

(Fernando Peneiras - 01-01-2019 21:25)

 

--------------------------------

 

Estou falando assim, por já ter visto algumas placas de outros colegas que as exibiram para mim.

(Fernando Pegas - 01-01-2019 22:14)

 

--------------------------------

 

BatePalmas.png

(Gonçalo Filipe Santos - 01-01-2019 21:15)

 

--------------------------------

 

Eu não recebi e como é lógico já não recebo. Parabéns para os que receberam.

(José Domingos Martins Marques - 01-01-2019 21:19)

 

--------------------------------

 

Junho 2019 ou vi mal?

(Natalia Vale - 01-01-2019 21:19)

 

--------------------------------

 

Pois, isso tb já me chamou à atenção!!!!

(Fernando Peneiras - 01-01-2019 21:24)

 

--------------------------------

 

Sim José Domingos Martins Marques é uma das "modernices" introduzidas numa das "legislaturas" de António Mexia.

(Fernando Pegas - 01-01-2019 22:21)

 

--------------------------------

 

Fernando Pegas mas eu sou do tempo do Antonio Mexia e nao recebi nada, e So se for como a geringonca, para uns duma maneira e para outros doutra. Bom Ano para todos.

(Maria Antonieta Neves - 02-01-2019 10:20)

 

--------------------------------

 

Admito que sim Maria Antonieta Neves, que seja mais uma das muitas "discriminações" que existem no Grupo EDP.

(Fernando Pegas - 02-01-2019 10:40)

 

--------------------------------

 

Já fiz "42" anos de EDP e ainda não recebi esta prenda!!!!

(Fernando Peneiras - 01-01-2019 21:29)

 

--------------------------------

 

Nem vai receber de-se por contente se por um acaso lhe oferecerem um saco de fruta ou uma agenda

(Jose Rodrigues - 03-01-2019 08:21)

 

--------------------------------

 

Eu nao recebi nada a nao ser o premio,

mas tambem ha qualquer coisa de errado, nao ezta gravado Junho 2019, e estranho e mais estranho e que nao recebi nada com 40, fiz em Janeiro/2018.

(Maria Antonieta Neves - 01-01-2019 21:30)

 

--------------------------------

 

Estou na pré reforma desde Fevereiro de 2018 com 45 anos de antiguidade e oficialmente não recebi nada da EDP.

Tive um almoço de homenagem conjuntamente com os colegas da EDP Distribuição por uma questão de amizade e solidariedade. Da minha empresa NADA.

Saí triste ao fim de 45 anos de dedicação ao sector eléctrico e de 38 anos de EDP. Parabéns para os que receberam e recebem.

(Carlos Cabedal - 01-01-2019 22:49)

 

--------------------------------

 

Não recebeu aos 25 anos?

(Fernando Peneiras - 01-01-2019 22:52)

 

--------------------------------

 

Colega naturalmente que recebi uma medalha comemorativa dos 25 anos de EDP.

A minha mágoa é que saí para a pré reforma com 45 anos de antiguidade e a minha empresa que faz parte do grupo EDP, não teve como era de esperar o mínimo de consideração, como felizmente algumas empresas do grupo EDP têm.

(Carlos Cabedal - 01-01-2019 22:59)

 

--------------------------------

 

Fernando Peneiras E a D.Isabel Araujo também não recebeu aos 25 anos? Isto é uma falsa questão que colocou ao meu colega Carlos!

(Antonio Carlos Lopes Antunes - 02-01-2019 12:14)

 

--------------------------------

 

Antonio Carlos Lopes Antunes eu sei disso e já está percebido.

(Fernando Peneiras - 02-01-2019 12:15)

 

--------------------------------

 

 Carlos Cabedal Não te preocupes amigo Carlos.Como tu sabes eu fiz quase os mesmos anos que tu (41), e também nada de placa com agradecimentos.

Sabes que na E.D.P, sempre houve filhos e enteados. Nós fazemos parte dos enteados. Grande abraço Carlos. Um bom Ano.

(Fernando Peneiras - 02-01-2019 12:22)

 

--------------------------------

 

 A ração nunca foi para quem a talhou. Mas sim para quem a comeu. Mais vale cair em graça do que ser engraçado. Alguns caiem em graça lambendo umas botas e uns sapatos. Outros... vá se lá saber.

(Manuel Cunha - 02-01-2019 22:24)

 

--------------------------------

 

Acho que estas placas são só para alguns "bem colocados"
Eu estou na pré reforma desde julho de 2018 e não recebi qualquer placa. Só o prémio monetário e com um corte que ..... até assustou.

(Fernando Luis Fernandes - 02-01-2019 00:05)

 

--------------------------------

 

Fernando Luis Fernandes tambem eu ficou quase todo la . DEVIA SER feito directamente na conta

(Maria Antonieta Neves - 02-01-2019 19:46)

 

--------------------------------

 

JoaquimGuimaraes.png

Não será por acaso só na EDPValor?

(Joaquim Guimarães - 02-01-2019 04:58)

 

--------------------------------

 

Então está aqui a explicação... só na EDPValor!!!!

(Fernando Peneiras - 02-01-2019 09:17)

 

--------------------------------

 

Meus caros Joaquim Guimarães e Fernando Peneiras admito que seja "apenas" na EDP Valor.

Pois, os casos que conheço, são de ex-trabalhadores da EDP Valor.

(Fernando Pegas - 02-01-2019 10:42)

 

--------------------------------

 

Por acaso quando saí da empresa também tive uma lembrança muito parecida com esta. Mas foi iniciativa da minha direcção. Não é só da EDP Valor. Provavelmente dos diretores que tomam a iniciativa de homenagear o colaborador.

(Anabela Piedade - 02-01-2019 14:16)

 

--------------------------------

 

Joaquim Guimarães Não somos reconhecidos, vontade têm eles de reduzir as idades de pré reformas e reformas para os lucros serem menos distribuídos, e para eles os lucros serem maiores. Bom Ano.

(Edmundo Neves - 02-01-2019 14:34)

 

--------------------------------

 

Colegas desculpem mas é só medernices.

Tratem-nos bem quando estamos ao serviço e nos dêem valor e reconheçam o nosso trabalho. Com tantos lucros e temos tanta fama que ganhamos este mundo e o outro. É verdade muitos ganham muito e andam é a passear enfim são outras histórias. Bom ano

(Ermelinda Pires - 02-01-2019 08:12)

 

--------------------------------

 

Tem toda a razão. Bom Ano

(José Domingos Martins Marques - 02-01-2019 08:12)

 

--------------------------------

 

Ja estou habituada a descriminacao,

nao era agora nesta altura que ia mudar, mas tbm lhe digo, nao me interessa esta "me...a", para nada, se me tivessem reconhecido enquanto trabalhei era bonito e modestia a parte merecido, agora nao me interessa nada. So falta darem as coisas, quando as pessoas morrem que ja nao veem, beijinhos, Bom Ano

(Maria Antonieta Neves - 02-01-2019 13:13)

 

--------------------------------

 

O que eu penso que tinha lógica, era que alguém levasse isto à administração da EDP, para saberem as disigualdades que existem nesta empresa...

(Fernando Peneiras - 02-01-2019 14:21)

 

--------------------------------

 

Teve azar com 40 não tive direito a nada

(Albertino Gaspar - 02-01-2019 14:30)

 

--------------------------------

 

Concordo e subscrevo a tua lógica Fernando Peneiras.

Mas há outras "desigualdades" (como tu bem dizes) e outras "discriminações" (como eu bem digo), provavelmente, mais "GRITANTES".

Como por exemplo, a que se verifica desde 01.DEZ.2018, num determinado local de trabalho (de uma determinada empresa do Grupo EDP), onde num universo de dez trabalhadores foram isentados de efectuarem as quatro marcações diárias (no cartão de ponto) e "apenas um" continua a ter de efectuar as referidas quatro marcações diárias (sabe-se lá porque motivos ou razões).

(Fernando Pegas - 02-01-2019 14:45)

 

--------------------------------

 

Colegas. Não se apoquentem tanto! Este tipo de "recuerdos" são impessoais.

São feitos em linha de montagem....Acho que os trabalhadores até deviam recusar este tipo de "recuerdos", à laia de brinquedinho que se dá à criança no fim da festa.

O que interessava mesmo, é que todos, mas mesmo todos, os trabalhadores, fossem sempre tratados pelas hierarquias pelas Direcções e pela Administração com a Dignidade o Humanismo, o Respeito e, anualmente, o verdadeiro reconhecimento na Avaliação de Desempenho.

É isso que faz subir o nosso rendimento anual e é para isso que trabalhamos e nos esforçamos e até sacrificamos durante toda uma vida que damos ao serviço da Empresa. O resto, não conta.

Se é para os filhos recordarem, eles não precisam de olhar para "cartões" porque já têm a imagem do que foi a sua vida com o Pai ou a Mãe e o seu relacionamento com o trabalho.

(Maria Manuela Lima - 02-01-2019 15:08)

 

--------------------------------

 

Concordo plenamente consigo cara Maria Manuela Lima. Bom Ano.

(Fernando Peneiras - 02-01-2019 17:06)

 

--------------------------------

 

O meu aplauso,

prezada colega e companheira de trabalho durante tantos anos inesquecíveis.

(Maximiano M.T. Menezes - 03-01-2019 01:26)

 

--------------------------------

 

Maximiano M. T. Menezes Há memórias que não se apagam, mesmo à distância. O Sr. Eng. é dos que está no meu. Feliz Ano . Abraço carinhoso.

(Maria Manuela Lima - 03-01-2019 09:56)

 

--------------------------------

 

Fernando Peneiras Feliz Ano também para o sr. Peneiras e Família e boas fotos...😘

(Maria Manuela Lima - 03-01-2019 09:58)

 

--------------------------------

 

Maria Manuela Lima obrigado. Igualmente para si, tudo de bom. Bom Ano...

(Fernando Peneiras - 03-01-2019 09:59)

 

--------------------------------

 

Maria Manuela Lima Bom dia Amiga Manuela Lima! como eu concordo com as suas palavras! muito haveria que dizer sobre "esta edp" e a que nós conhecemos e nela trabalhamos, mas prefiro ficar por aqui.... um beijinho e Feliz Ano Novo

(Fatima Falcao - 06-01-2019 09:18)

 

--------------------------------

 

Fátima Falcão Eu ainda assisti ao "inicio" desta nova "mentalidade desumanizada" desta EDP a partir do ano 2000...infelizmente.  Um muito bom ano para a Fátima, marido e familia. Beijinho

(Maria Manuela Lima - 03-01-2019 09:58)

 

--------------------------------

 

Como muitos recebi uma de cortiça, no mínimo é mais ecológica e com emissões de CO2=0.

(Luys Filipe - 02-01-2019 18:14)

 

--------------------------------

 

Parabéns. Bjs

(Ana Ramos - 02-01-2019 19:06)

 

--------------------------------

 

 Parabéns....

a mim não me deram nenhum papel nem testemunho como o que se observa na foto, na verdade também não me deram nenhum pontapé no cu, porque nunca me coloquei a jeito

(Castro Ferreira - 02-01-2019 20:39)

 

--------------------------------

 

Castro Ferreira Se lhe quisessem ter dado " o dito...", davam-lho na mesma. É porque não tiveram interesse nisso...caso contrário, tê-lo-iam feito, como fizeram a muitos com muitos anos..

(Maria Manuela Lima - 03-01-2019 16:02)

 

--------------------------------

 

Maria Manuela Lima ??? Não sabia, mas dispenso...sabe aquele fado de Coimbra das rosas brancas... então é assim em relação às rosas...se não as tive na vida, de que me servem na morte.....

(Castro Ferreira - 04-01-2019 18:09)

 

--------------------------------

 

Foi bom enquanto eramos conhecidos pelo nome

mas quando passamos a ser números começados a ser descartáveis essa é a pura verdade vi-me embora com 40 pois já estava a ser insuportável aguentar tanta indiferença por quem deu muito por esta empresa ! votos de um bom ano para todos sem excessão

(Alfredo Duarte - 02-01-2019 22:44)

 

--------------------------------

 

Alfredo Duarte Como o compreendo...

(Maria Manuela Lima - 03-01-2019 16:03)

 

--------------------------------

 

O Clube de pessoal aqui no Algarve entrega uma Salva de "Prata" no 1° Almoço de Natal após a saída para a Pré Reforma ou Reforma, a cada Sócio; da Empresa nunca vi "nada" !!!

(Carlos Costa - 03-01-2019 12:37)

 

--------------------------------

 

Está à vista que o principal motivo desta contestação escrita, centra-se na não uniformização de procedimentos por parte da EDP. Será então necessário que alguém da Administração superior da EDP se digne a esclarecer e a corrigir os maus procedimentos em vigor.

(Joaquim Guimarães - 03-01-2019 13:40)

 

--------------------------------

 

Meu caro amigo Joaquim Guimarães, se os trabalhadores deixaram de estar "defendidos" e passaram a estar "indefesos", a questão que se coloca QUEM É QUE LEVA A "CARTA A GARCIA" ?

Não creio que haja algum "parceiro sindical" (ou mesmo a CT EDP) interessado a levar um assunto destes à Administração Superior da EDP.

(Fernando Pegas - 03-01-2019 14:33)

 

--------------------------------

 

Aqui em Sines nem salva de LATA...😃

(Guilherme Freitas - 03-01-2019 17:21)

 

--------------------------------

 

Guilherme Freitas Sines não tem assunto, os CAPATAZES que por lá andam, numa empresa que fosse do meu pai, nem para Balconistas serviam...

(Castro Ferreira - 04-01-2019 18:28)

 

--------------------------------

 

A mim chegaram a dizer-me que era carta fora do baralho.

(Rosa de Almeida Fernando - 03-01-2019 20:24)

 

--------------------------------

 

Cuidado colega! Se ainda estás ao serviço ainda te vão pagar para se verem livre de ti.

(Manuel Sequeira - 04-01-2019 21:40)

 

--------------------------------

 

Já me vi livre deles.
(Rosa de Almeida Fernando - 04-01-2019 21:54)
 
 
--------------------------------
 
 
Já somos dois
(Mario Corte Real - 05-01-2019 10:42)
 

 

--------------------------------

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:00

fcp.png

Em continuação do debate de ideias, sobre a temática: 

A DISTRIBUIÇÃO "DISCRIMINATÓRIA"

DE FRUTA, NO GRUPO EDP

 

começado em

A distribuição "discriminatória" de fruta, no Grupo EDP (I)  através do link ...

https://jornalonlineefepe-sindical.blogs.sapo.pt/edp-a-distribuicao-de-fruta-113220

 

e continuado em

A distribuição "discriminatória" de fruta, no Grupo EDP (II)  através do link ...

https://jornalonlineefepe-sindical.blogs.sapo.pt/a-distribuicao-discriminatoria-de-fruta-113538

 

Vejamos agora, a continuação dos diálogos havidos

nas redes sociais (nomeadamente no facebook).

 

--------------------------------

 (copiado da pagina do facebook de EDP iando)

--------------------------------

Fruta Discriminatoria.png

(EDP iando - 02-01-2019 00:32)

 

--------------------------------

 

Espantoso que não existam problemas. 

Vamos debater o tema fruta que é fundamental para o bem estar.

 

Acabou estomatogolia? Não faz mal.

Mudaram as regras do subsidio de estudo a meio de ano? Não faz mal.

Há mil e uma questões mas a fruta parece ser a mais importante.

 

Já agora trabalho fora de Lisboa e não temos fruta gratis por lá. 

Fora dos grandes centros não temos direito a vitaminas??????

Haja paciência

(Cristina Ferreira - Titau - 02-01-2019 11:53)

 

--------------------------------

 

Muito bem Cristina Ferreira - Titau

Merece todo o nosso aplauso. E pessoalmente, até subscrevo as questões apresentadas.

 

Mas, esqueceu de fazer qualquer referência

a quem tem a competência de suscitar os debates necessários, e simplesmente ESTÃO QUIETOS E SILENCIADOS. Perante a "banalização" do ACTO DA DISCRIMINAÇÃO no Grupo EDP, como é o caso concreto da Distribuição da Fruta.

 

Haja é paciência para a quietude e para o silêncio 

das Estruturas Representativas dos Trabalhadores e das Organizações Sindicais, que deveriam estar a DEFENDER os legitimos interesses dos trabalhadores, e afinal "POR OMISSÃO" estão defendendo os interesses das empresas do Grupo EDP.

(EDP iando - 02-01-2019 12:22)

 

--------------------------------

 

De acordo.

(Cristina Ferreira - Titau - 02-01-2019 12:28)

 

 

--------------------------------

 (copiado da pagina do facebook de Fernando Pêgas)

--------------------------------

Fruta.png

(Fernando Pêgas - 02-01-2019 10:45)

 

 --------------------------------

 

E eu a pensar que era so na bola que havia fruta.

 (Calcadasntos - 02-01-2019 16:56)

 

 

--------------------------------

 (copiado da pagina do facebook da Comunidade EDP)

--------------------------------

Fruta Discriminatoria1.png

(Fernando Pêgas - 02-01-2019 10:46)

 

--------------------------------

 

Se não estou errado, numa fase inicial era paga, e acontecia em épocas apropriadas /festivas.

(Manuel Luis Sousa - 02-01-2019 11:34)

 

 

--------------------------------

 (copiado da pagina do facebook de Fernando Pêgas)

--------------------------------

 

GraçaFreitas.png

CONCORDO ... 
Com a opinião de Graça Freitas, pela simples razão de

 

NA REALIDADE ... 
Desde o ano de 2014, o Grupo EDP tem vindo - gradualmente - a "EMPOBRECER" os seus trabalhadores, na geografia de Portugal. Mais concretamente, através dos "APAGÕES" nas carreiras profissionais.

 

E AGORA ... 
Como tudo isto não bastasse, parece que o Grupo EDP resolveu "BRINCAR" - ou será "gozar"? - com as "POBREZAS ENVERGONHADAS" que vão surgindo cada vez mais em maior número nas várias instalações do Grupo EDP,

 

ATRAVÉS ... 
de uma DISTRIBUIÇÃO "DISCRIMINATÓRIA" DE FRUTA, verdadeiramente "INSULTUOSA" para um conjunto de trabalhadores "INDEFESOS" pela

 

PASSIVIDADE ... 
das Estruturas Representativas dos Trabalhadores e Organizações Sindicais, que constituem o MOVIMENTO SINDICAL DO GRUPO EDP.

 (Fernando Pêgas - 03-01-2019 11:02)

 

--------------------------------

 

Andam a dar fruta aos subservientes e ainda reclamam. Ingratos.

No meu tempo a fruta era umas senhas de combustivel....

 (Inocêncio José Mendes - 03-01-2019 11:25)

 

--------------------------------

 
Uns tem fruta outros senhas de combustível outros nem fruta podre nem água. 
Viva a edp empresa que discrimina alguns trabalhadores. 
 
República das bananas para uns, fruta podre para outros.
(Isabel Moura Araujo - 03-01-2019 11:51)
 
 
 
Diamantes
(Isabel Moura Araujo - 03-01-2019 11:52)

 

 

 

--------------------------------

 (copiado da pagina do facebook da Comunidade EDP)

--------------------------------

GraçaFreitas1.png

 (Fernando Pêgas - 03-01-2019 10:46)

 

--------------------------------

 

Mas não haverá um responsável de instalação EDP onde se processa o referido cenário, com vontade de esclarecer o que se está a passar?

(Joaquim Guimaraes - 03-01-2019 13:11)

 

--------------------------------

 

Se não estou errado, esses cabazes de frutos regionais, eram pagos pelos interessados. Ainda continua o mesmo método???

(Manuel Luis Sousa - 03-01-2019 14:33)

 

--------------------------------

 

Meus caros amigos Joaquim Guimarães e Manuel Luis Sousa,

a discussão em torno do assunto da Fruta (ainda não esclarecido por nenhum parceiros social), está a conduzir o assunto a INÚMERAS ESPECULAÇÕES (que naturalmente se tornaram previsíveis, diga-se) nos ditos "corredores da edp".

 

Por exemplo, já se diz que, o assunto da distribuição da fruta pode estar directamente relacionado com o "encerramento previsível" dos Restaurantes O Watt (em Lisboa) e o Terrella (no Porto), que foram abertos em substituição dos Refeitorios EDP de Lisboa e Porto.

Na minha perspectiva pessoal, e até prova em contrário, estes "encerramentos previsíveis" não passam de mero boatos.

 (Fernando Pêgas - 03-01-2019 15:10)

 

--------------------------------

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:11


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D