Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Jornal Online 'efepe' / sindical

Jornal Online 'efepe' / sindical

«Os "incomodados" ... devem se retirar !!! »

por efepe, em 30.10.16

 

Por ao longo dos quarenta anos da EDP, nunca antes ter acontecido, a

"REBELIÃO SINDICAL" 

ocorrida aquando do processo negocial da Tabela Salarial e das Cláusulas de Expressão Pecuniária, para vigorar entre o dia 01 de Janeiro de 2016 e o dia 31 de Dezembro de 2016, e que se resume à tomada de uma posição sindical "concertada" e "conjugada" de 

um "nós" ou um "eles"

em que,

                       - o "nós" seriam todos os elementos das Comissões Negociadoras Sindicais

                         da ASOSI, da Fiequimetal, do Sindel e do Sinergia, 

enquanto que,

                       - o "eles" seriam todos os elementos da Comissão Negociadora do Sinovae.

 

É simplesmente, RIDÍCULA e LAMENTÁVEL !!!

 

As Comissões Negociadoras Sindicais (mais antigas), através da "coacção" e da "pressão" junto da Comissão Negociadora da EDP, exerceram a "INTIMIDAÇÃO"  sobre uma outra Comissão Negociadora Sindical ("acabadinha" de ser criada).

 

Pela simples razão ...

de a Comissão Negociadora da EDP estar a convocar a Comissão Negociadora Sindical do Sinovae, para as "reuniões plenárias" da Tabela Salarial e Cláusulas de Expressão Pecuniária, sem que o  Acordo de Adesão assinado entre a EDP e o Sinovae, ainda não tivesse sido publicado em Boletim do Trabalho e Emprego (BTE). 

 

É simplesmente, RIDÍCULO e LAMENTÁVEL !!!

Num país livre e democrático, como é o caso (ainda) de Portugal, 

 

O resultado prático da "Rebelião Sindical" seria a interrupção do processo negocial durante quinze dias. Com "prejuízo" evidente (no retardar da conclusão do processo negocial), para os trabalhadores do Grupo EDP.

 

E após conversações,

entre a Comissão Negociadora da EDP e a Comissão Negociadora Sindical do Sinovae, em busca de uma solucão pacífica, gerar-se-ia uma "espécie" de Segunda Mesa de Negociações. 

 

É simplesmente, HISTÓRICO !!!

 

E, quiçá, o momento "MAIS EMBLEMÁTICO" do ano sindical de 2016.

E, senão, um "marco de viragem" do Movimento Sindical nas empresas do Grupo EDP.

 

Muito por "influência" ...  

de uma "nova dinâmica sindical" trazida pelo Sinovae-Sindicato da Inovação Energética, para o interior das empresas do Grupo EDP.

 

Que desde a "primeira hora" ...

se tem vindo a comprometer com a "possibilidade-real" (de no ano de 2017), se iniciar um processo negocial, que nos conduza ao RESGATE da versão do ACT/EDP 2014.

 

É por toda esta "nova situação" que ...

Quer uns quantos "pseudo-sindicalistas", quer uns quantos "sindicalistas" (que se julgam "proprietários" dos tempos inteiros, pericialmente "extraídos" do Crédito de Horas, que o ACT/EDP "concede", em nome de uma "paz social", demasiadamente e profundamente "apodrecida"), que andam dessassossegadamente "alvoçarados" e "alarmados" com a NOVA DINÂMICA do Sinovae.

 

Ora ...

 

- TODOS os que tiveram o "privilégio" de assistirem ...

- à "Rebelião Sindical de TODOS contra o Sinovae ...

- mas dinamizada "primodiarmente" pelo Sindel ...

 

- com uma maior ou uma menor dificuldade ...

- será "possível" e também "perceptível" ...

- estabelecerem uma relação directa e/ou mesmo uma relação indirecta ...

  

- à "ADVERSARIEDADE" e mesmo à  "INIMIZADE" ...

- evidenciada pelo principal "dinamizador" ...

- o "pseudo-sindicalista" Rui Miranda do Sindel ...

-  para comigo (enquanto "sindicalista" do Sinovae) !!!

 

Em suma,

 O SINOVAE foi muito "MAL RECEBIDO"

pelos restantes "parceiros sociais" !!!

 

 

Mudando agora de tema ...

 

Nesta semana (que hoje termina), e mais precisamente na última quarta-feira (26 de Outubro de 2016), à Mesa das Negociações do Grupo EDP, registar-se-ia mais um acontecimento pouco "usual":

 

O "abandono" do Sindel ... 

(enquanto Sindicato, e não enquanto Comissão Negociadora Sindical)

da Mesa das Negociações

 

agora, no âmbito do processo negocial para atribuição do Subsídio de Estudo para Descendentes de Trabalhadores e Pensionistas (beneficiários do ACT/EDP 2000).

 

Confesso que ...

Após trinta e quatro anos de sindicalista, jamais imaginei "assistir" na Mesa das Negociações (do Grupo EDP), ao seguinte:

 

- a CNS/Sindel (tradicionalmente, consensual e negociadora) a fazer o "papel sindical" da CNS/Fiequimetal (tradicionalmente, irredutível e resistente à mudança);

 

e, ao vice-versa também:

- a CNS/Fiequimetal a fazer o "papel sindical" da CNS/Sindel.

 

Tanto é ...

Que no seu comunicado do dia 27 de Outubro de 2016, o Sindel referencia: « ... o sinal de que os "ventos de mudança" sopram arrasadores ».

 

Finalmente  ...

Quanto ao "comportamento" (do "pseudo-sindicalista" Rui Miranda à Mesa das Negociações), sou de opinião, que na quarta-feira (26-10-2016) se registou mais uma vez o "velho" ditado popular:

 

« Os "incomodados" ...

devem se retirar !!! ».

 

ManuelCosta.png

 

UFF ... TERMINOU !!!

por efepe, em 29.10.16

Ontem, sexta-feira, 28 de Outubro de 2016, ao chegar à minha residência, e na minha caixa de correio, tinha uma carta do Tribunal Judicial da comarca de Lisboa, Núcleo de Lisboa.

 

Depois de ler a carta, com a atenção devida, eis o meu desabafo: UFF ... TERMINOU !!!

 

Vamos lá aos factos ...

 

Acabei de ser "investigado" pelo Ministério Público do DIAP de Lisboa, por ter sido constituído arguído, em dois processos-crime instaurados pelo ofendido António Rui de Correia Carvalho Miranda, na qualidade de Secretário Geral Adjunto do Sindel - Sindicato Nacional da Indústria e Energia, em exercício, e que, contra mim, deduziu acusação particular e formulou pedido de indemnização civil.

 

Nomeadamente, devido ao exercício da minha actividade sindical, no âmbito do Sindel e da UGT, designadamente no sector energético nacional.

 

Mas,

com um maior "enfoque" e "incidência" nas causas e consequências co-laterais resultantes do "antes" e do "depois" do XI Congresso do Sindel, realizado nos passados dias 1, 2 e 3 de Março de 2013.

 

Razão pela qual, chegou a estar em "equação" ...

a possibilidade da repetição do XI Congresso do Sindel, só que agora na "barra do tribunal" (como sói dizer-se). E, com a envolvência da candidatura "Renovar é Preciso".

 

Para os "mais esquecidos" e/ou para os "menos esclarecidos" ...

importa recordar aqui e agora que, a candidatura "Renovar é Preciso" (que era "encabeçada" por mim) seria "impugnada" e "impedida", quer anti-democraticamente, quer anti-estatutáriamente, de participar na Eleição dos Delegados ao XI Congresso do Sindel.

 

Uma das "consequências" da impugnação e do impedimento atrás referido, seria a criação por mim de um "blog pessoal" denominado Jornal Online 'efepe' / sindical, no qual, passei a emitir as minhas opiniões de natureza sindical. E,

 

Uma outra das "consequências", seria a transformação (apenas "mudança" de denominação) da Página do Facebook, que serviu de apoio à candidatura "Renovar é Preciso",  para "Sindelando", de modo a continuar a opinar e a noticiar à cerca do Sindel (enquanto associado nº 5.176, com as quotas em dia, e por conseguinte, em pleno direito nos "Direitos e Deveres" de associado, conferido pelos estatutos em vigor).

  

Mais tarde, e em consequência do meu pedido de demissão de associado do Sindel, através de carta datada de 15-11-2015, dirigida ao Presidente daquele Sindicato, a Página de Facebook "Sindelando" passaria a ser denominada como "Sindicalmente". De modo a continuar a opinar e a noticiar à cerca do Movimento Sindical.

 

No interior do SINDEL, tendo como base, artigos de opinião (e noticias), extraídos quer do meu "blog pessoal"  denominado Jornal Online 'efepe' / sindical, quer da Página do Facebook (primeiramente denominada "Renovar é Preciso", posteriormente denominada "Sindelando" e por fim "Sindicalmente"), seria me "movido" um Processo Disciplinar, com intenção de "Expulsão" (de associado). Que por opção, não daria qualquer resposta à Nota de Culpa.

 

E, tendo como base, os mesmos artigos de opinião (e noticias), que originariam a Nota de Culpa do Processo Disciplinar (com a intenção de Expulsão de associado), mas agora acrescida, com uma "suspeição" a recair sobre a minha pessoa (sobre a responsabilização "hipotética" de ter criado uma Página de Facebook denominada Rui Miranda), o ofendido António Rui de Correia Carvalho Miranda (na qualidade de Secretário Geral Adjunto do Sindel e em exercicio) instaurar-me-ia DOIS PROCESSOS CRIME. Tendo sido constituído Arguído em ambos.

 

Da "investigação" ora terminada ...

uma das conclusões que se pode extrair, é que o ofendido António Rui de Correia Carvalho Miranda,  apenas manifestaria "preocupação" com a MANUTENÇÃO DOS CARGOS desempenhados nos órgãos sociais do Sindel - Sindicato Nacional da Indústria e Energia e da UGT - União Geral de Trabalhadores, e também com a sua "imagem" e "bom nome".

 

Com o encerramento da "investigação" ...

pretendo aqui e agora, AGRADECER PUBLICAMENTE a duas pessoas que me acompanharam, e me concederam o apoio necessário, no desenrolar das diligências dos dois processos-crime.

Refiro-me, necessáriamente, a António Matos Cristóvão (na qualidade de Presidente do Sinovae-Sindicato Inovação Energética) e a António Garcia Pereira (na qualidade de Advogado de Defesa).

 

A ambos, o meu MUITO OBRIGADO !!!

 

Por razões óbvias ...

também terminou a minha "preocupação" de opinar à cerca do "pseudo-sindicalista" Rui Miranda (do Sindel), que tem mantido para comigo uma "INIMIZADE" PROFUNDA, ao longo dos anos, no interior do Sindel. E agora, é INIMIGO PÚBLICO !!!

 

Uma "INIMIZADE PÚBLICA" ...

Que se consubstancia, na instauração dos dois processos-crimes acima mencionados, mas também no "facto", de o Inimigo Público  António Rui de Correia Carvalho Miranda Rui Miranda ter aceite "testemunhar" a favor de uma Entidade Patronal (no caso concreto da EDP Valor), e contra mim (ainda na qualidade do associado 5.176 do Sindel), num processo de Acção Cível que moveria contra a minha entidade patronal (no caso concreto da EDP Valor), por durante três anos consecutivos, me ter atribuido uma "valoração" NEGATIVA, no âmbito dos Processos de Avaliação do Desempenho Anuais.

 

É "básicamente" devido a este "facto"  ...

que em algumas situações de natureza político-sindical, utilizo o termo de "pseudo-sindicalista", quando pretendo referir-me a António Rui de Correia Carvalho Miranda, na qualidade de elemento dos órgãos sociais do Sindel-Sindicato Nacional da Indústria e Energia e/ou da UGT-União Geral de Trabalhadores.

 

E agora ?

 

Agora, obviamente que, irei pensar "maduramente", e naturalmente com a ajuda e colaboração do Advogado de Defesa António Garcia Pereira, qual a posição a tomar contra o agora "assumido" INIMIGO PÚBLICO António Rui de Correia Carvalho Miranda, e eventualmente, contra quem o acompanhou, nesta tentativa de 

"ASSASSINATO POLÍTICO-SINDICAL" 

 da minha pessoa.

Será que "terminou" mesmo ?

por efepe, em 27.10.16

No dia 26 de Outubro de 2016, entre a Comissão Negociadora da EDP (CN/EDP) e as várias Comissões Negociadoras Sindicais (ASOSI, Fiequimetal, Sindel, Sinergia e Sinovae),  realizou-se a última reunião,

Sera Que Terminou Mesmo.png

para a tentativa final, de ser estabelecido um "Protocolo" entre aquelas entidades, relativamente ao Subsidio de Estudo para Descendentes para Trabalhadores e Pensionistas (beneficiários do ACT/EDP2000).

 

Vejamos agora, como os varios "parceiros sociais" reagiram:

 

ASOSI.png

 

 

Reacçoes.png

 

No Forum "act-edp"

Forum1.png

Forum1a.png

Forum2.png

Forum3.png

 Pura Demagocia.png

Pura Demagocia1.png

Pura Demagocia2.png

Pareceque.png

ASOSIa.png

 

 

 Na EDP - grupo secreto

edp1a.png

edp1.png

 

ASOSI1.png

FranciscoErmitão.png

  

 

Na EDP - grupo fechado

 

edp1a.png

edp2.png

 

edp2a1.png

edp2a.png

 

IMPERIOSO.png

 

ENCERRAMENTO DE UM "CICLO" - nos Postos Médicos da Sãvida / Grupo EDP

por efepe, em 19.10.16

Finalmente, chegou a vez do …

Sem Título1.png

  

O Posto Médico da Sãvida / Grupo EDP situado na Rua do Bolhão (nº 109), na cidade do Porto, vai MUDAR DE INSTALAÇÕES para a Rua 15 de Novembro (nº 38), também na cidade do Porto.

Estando a  “mudança” prevista para o ULTIMO SÁBADO do corrente mês de Outubro (ou seja, o dia 29-10-2016).

 

Em simultâneo,

 

Ocorrerá também, uma mudança “orgânica” no Posto Médico da Sãvida / Grupo EDP (da cidade do Porto), designadamente, no Serviço de Atendimento Administrativo aos utentes. 

 

Que "coincidirá" com o

Sem Título2.pngnos Postos Médicos da Sãvida / Grupo EDP, em todo o território nacional.

 

Uma vez que,

 

no novo Posto Médico da EDP da Rua 15 de Novembro - Porto, o serviço de ATENDIMENTO ADMINISTRATIVO aos utentes, deixará de ser efectuado por trabalhadores "vinculados" (laboralmente) ao Acordo Colectivo de Trabalho do Grupo EDP (ACT/EDP). A exemplo, do que já acontece com os restantes Postos Médicos da EDP, em todo o território nacional.

 

Assim sendo, 

  

a partir de 1 de Novembro de 2016, o serviço de ATENDIMENTO ADMINISTRATIVO aos,

Sem Título3.png

composto "apenas" pelos trabalhadores e familiares "vinculados" (laboralmente) ao Acordo Colectivo de Trabalho do Grupo EDP (ACT/EDP), até à sua versão publicada no ano 2000 (abreviadamente conhecido por ACT/EDP 2000),

Sem Título5.png

 em todo o território nacional (nos Postos Médicos da Sãvida / Grupo EDP).

 

Ou seja, fica completa a

Sem Título4.png

aos utentes "exlusivos" do Sistema de Saúde da Sãvida, nos Postos Médicos EDP.

 

 

Em suma, 

 

à excepção óbvia do Posto Médico da cidade do Porto, a  “degradação” do serviço de Atendimento Administrativo, tem sido manifestada através de "TESTEMUNHOS" VÁRIOS dos utentes "exclusivos" do Sistema de Saúde da Sãvida.

 

Uma grande parte dos "queixumes" (dos utentes), revela uma maior incidência, para o facto de os trabalhadores de Prestadores de Serviços Externos, manifestarem pouca "sensibilidade" humana, para com os utentes mais necessitados de ajuda médica.

 

 

Em jeito de conclusão,

 

apetece-me expressar, uma citação do nosso compatriota Eng. António Guterres, que na qualidade de recém nomeado Secretário Geral da ONU, e muito recentemente, questionou o seguinte:

 

O que fizeram à Dignidade Humana ?

 

----------------------------------------------------

Reacção 1 

Reaccao.png

 

Reacção 2 

Reaccao1.png

  

Terceirizaçao.png

PostoMedicoPortoa.png

CartaSavida1.png

CartaSavida2.png

  

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Favoritos