Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




ISTO NÃO É VERDADE ...

por efepe, em 23.08.17

fcp.png

 

O SINDEL DE RUI MIRANDA ("muito diferente" de outros Sindéis anteriores), continua a sua saga de "desvirtuar" a verdade dos factos, e, por consequência, vai "MENTINDO" a tudo e a todos.

 

Ora, acontece que,

Na primeira quinzena do mês de Julho, TODOS OS SINDICATOS com assento à Mesa das Negociações, no ambito do ACT/EDP, foram "convidados" para uma Reunião de Trabalho a realizar no dia 21 de Agosto de 2017, com uma determinada Agenda de Trabalhos, designadamente com as "matérias congeladas" por efeito da inacção de todas as comissões negociadoras, quer a empresarial, quer as sindicais.

 

Entretanto,

A Frente Sindical UGT (coordenada por Rui Miranda) toma a iniciativa de gerar um "Manifesto" dito de Unidade, (mas que de Unidade nada tem, bem pelo contrario), e, é lançado uma comunicação no dia 1 de Agosto de 2017, com o titulo "UNIDAS, AS ESTRUTURAS REPRESENTATIVAS DOS TRABALHADORES DIZEM BASTA!

 

Face ás "movimentações sindicais" (não somente do Sindel de Rui Miranda), a inicialmente Reunião de Trabalho (de iniciativa da EDP) evoluíria para REUNIÃO PLENÁRIA (com a inclusão das "achegas" de iniciativa sindical).

 

Portanto,

a "INVERSÃO DA VERDADE" contida nos dois primeiros paragrafos do Comunicado do Sindel de Rui Miranda ... 

 

Foto de Fernando Pegas.

 

traduz-se numa "estrondosa" MENTIRA !!

 

 

Concluindo,

Esta é mais uma "prova" do SINDICALISMO DE MENTIRA gerada pelo Sindel de Rui Miranda.

 

------------------------------------------

 

BASTA.png

 

A "UNIDADE DE ACÇÃO" ...

sómente é possível "SEM RUI MIRANDA" à Mesa das Negociações, no âmbito do ACT/EDP !!

 

BASTA DE TANTA "MENTIRA" !!!

 

Como por exemplo, a "REVOGAÇÃO" DO EUP/EDP feita nas "COSTAS" dos Beneficiários do ACT/EDP 2000 (entenda-se os Trabalhadores ainda no activo, os Reformados e os Pensionistas) !!

 

Que "originaria" ... 


que muitas das Regalias consagradas anteriormente no EUP/EDP, não tivessem sido transferidas para o ACT/EDP; como acontece, por exemplo, com os Campos e Colónias de Férias (uma das matérias "congeladas" que estão em cima da Mesa das Negociações).

 

Mas, há outras matérias não transferidas e que, por esse efeito, ficaram na órbita do "Acto de Gestão", e não na órbita da "Contratação Colectiva".

Neste caso, um dos exemplo mais "gritantes" é a Tabela de Ajudas de Custo.

 

------------------------------------------

 

Para reflexão ...

(a partir de factos ocorridos aquando da ultima Revisão do ACT/EDP)

Manter Rui Miranda.png

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:24

fcp.png

 

Ontem, segunda-feira dia 21 de Agosto de 2017, no piso - 2, do Edificio Sede sito na Avenida 24 de Julho, 12, em Lisboa, e sob a orientação do Eng. Miguel Setas, na qualidade de Administrador dos Recursos Humanos e em representação do CAE,  realizou-se a "REENTRÉ" das Relações Laborais no Universo EDP, na sua geografia de Portugal.

 

A "Reentré" ... (em termo utilizado pelo Eng. Miguel Setas),  e de uma forma generica,  seria consubstanciada na apresentação da Agenda para o 2º Semestre de 2017, bem como de uma pequena análise ao 1º Semestre de 2017, que globalmente não foi um bom indicador, de acordo com as palavras daquele Administrador.

 

Da Reunião de Trabalho à Reunião Plenária ...

 

Ainda na primeira quinzena do mês de Julho, o Gabinete de Relações Laborais do Grupo EDP remeteria para todos os parceiros sociais sindicais, o "convite" seguinte:

Convite.png

 

É na sequência deste "convite" que ...

- A Frente Sindical UGT "gere" um documento, datado de 1 de Agosto, ao qual é atribuído a denominação de "Manifesto"; 

e,

- A Frente Energia CGTP "gere" um outro documento, datado de 3 de Agosto, ao qual é atribuído a denominação de "Caderno Reiinvidicativo";

 

São estes documentos, suportados em comunicações das respectivas Comissões Negociadoras Sindicais (Fiequimetal e Sindel), que causam enorme "surpresa" em todo o Universo EDP, e também no CAE, conforme foi referido pelo Eng. Miguel Setas.

 

Face a estes documentos, mas também face às comunicações das restantes Comissões Negociadoras Sindicais (designadamente, do SINOVAE e do SIEAP), é que a inicial Reunião de Trabalho (cfr. convite de Julho) seria transformada em Reunião Plenária (cfr. é referido no power point de apoio à reunião de ontem).

 

Por fim, foi também devido à intervenção sindical que, a Agenda ou Ordem de Trabalhos seria alterada para a seguinte:

 

--- a) Colónias e Campos de Férias;

--- b) Subsidio de Estudo a Descendentes;

--- c) Saúde;

--- d) Lojas;

--- e) Outros assuntos:

        - Concessão de energia electrica;

        - Admissões;

 

Já à Mesa de Negociações, a agenda ou ordem de trabalhos seria ainda alterada, com o acréscimo do tema da Evolução Automática decorrente da Avaliação do Desempenho.

 

Concluindo ...

 

O Eng. Miguel Setas manifestaria aos parceiros sociais sindicais, a forte disposição da EDP para o Diálogo Social. E,

 

Em consequência disto mesmo,

o Eng. Miguel Setas ainda manifestaria a abertura "imediata" de Negociações, no ambito do ACT/EDP, das matérias em cima da Mesa de Negociações.

 

---------------------------------------------

 

20953719_10203542375236308_5932310206548183304_n.j

 Depois da Reunião Plenária, na qual TODAS as Comissões Negociadoras, quer a empresarial, quer as sindicais, tiveram a oportunidade de manifestarem as suas "posições" sobre as várias matérias da Agenda ou Ordem de Trabalhos, foi concedida a palavra ao Dr. Adriano Moreira, na qualidade de Assessor EDP, que sublinharia a importância de um "Diálogo" permanente e que não valeria a pena "Quebrar Diálogos", no ambito da Contratação e/ou da Negociação Colectiva no Grupo EDP, na sua geografia de Portugal.

Neste propósito, e sem mais demoras, o Administrador do pelouro de Recursos Humanos, Eng. Miquel Setas, lançaria um desafio aos parceiros sociais sindicais, sobre a futura Agenda Temporal.

A CNS/SINOVAE tomaria a iniciativa de propor a realização de Reuniões Bilaterais entre o parceiro empresarial e todos os parceiros sindicais, e no final uma Reunião Plenaria, no sentido da obtenção do necessário "consenso" global.

Esta proposta seria aceite, sem qualquer tipo de oposição.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:55


Uma "nova" Cabala Sindical ...

por efepe, em 06.08.17

Na manhã da ultima quarta-feira (02-08-2017), seria "surpreendido" com o Manifesto seguinte ...

20597238_1449004525145549_4127323716172230300_n.pn

20525402_1449004568478878_5791584154967387039_n.pn

20479933_1449004648478870_8439721843503697361_n.pn

 

Como nota introdutória,

e para facilitar a "compreensão" dos mais distraídos e/ou dos menos atentos, às "coisas" e/ou "ocorrências" do Movimento Sindical da EDP,

importa referir que ...

o "foco principal" da iniciativa do Sindel de Rui Miranda, corporalizada no "Manifesto" acima, tinha como "pressuposto" objectivo principal, o 

 

"ISOLAMENTO" POLÍTICO-SINDICAL 

 (da Comissão Negociadora Sindical do SINOVAE)

 

à Mesa das Negociações no âmbito do ACT/EDP. Muito por "força" ... da minha presença na composição daquela CNS/SINOVAE.

 

Assente, numa "Cabala" de natureza sindical ...

em tudo idêntica e/ou parecida (mas "salvaguardando" as necessárias proporções), com a "ruptura" da ordem democrática que está acontecendo na Venezuela de Maduro.

 

Aliás, já se trata da segunda tentativa de "isolamento" politico-sindical da CNS/SINOVAE, dinamizada e promovida pelo actual Secretário Geral do Sindel, Rui Miranda.

 

Importa recordar que, 

a primeira tentativa de "isolamento" politico-sindical da CNS/SINOVAE, dinamizada e promovida por Rui Miranda, ocorreu no inicio do ano passado, em pleno processo negocial de Revisão da Tabela Salarial, para vigorar no ano de 2016, quando Rui Miranda "depositou" nas mãos do representante da CN/EDP, uma autêntica "bomba-relógio" ... 

Ou "eles" ...

(entenda-se a CNS/SINOVAE)

ou "nós" !!!

(todas as restantes CNS/Sindicais)

 

Importa recordar ainda, que esta "bomba-relógio" ...

foi a causa "primeira e principal", da interrupção daquele processo negocial Revisão da Tabela Salarial, para vigorar no ano de 2016, durante duas Reuniões Plenárias.

Recordam-se ?!

 

Perante estes "factos" ...

Não me resta outra "alternativa", de esclarecer que a minha relação com Rui Miranda, "CESSOU" por efeito:

a) quer do Processo Disciplinar com intenção de "expulsão" de sócio do SINDEL - Sindicato Nacional da Industria e da Energia;

b) quer de DOIS PROCESSOS CRIME, em que fui constituído arguído, por denúncias de José Ângelo Pereira (na qualidade de Secretario Geral do Sindel) e de Rui Miranda (na qualidade de Secretario Geral Adjunto), por vários crimes, que no final, não vieram a ser "provados".

 

Vêm este esclarecimento a propósito, apenas, para os trabalhadores, pensionistas e reformados do Grupo EDP, perceberem e entenderem o "ÓDIO DE ESTIMAÇÃO" gerado por aqueles dois "falsos" amigos (entenda-se o Ângelo Pereira e o Rui Miranda), contra a minha pessoa, em que "inter-agimos" sindicalmente, durante mais de trinta anos, sob a mesma "bandeira" do Sindel.

 

Obviamente que,

depois de tudo, o referido "ódio de estimação" tornou-se recíproco !! 

 

Feitos os esclarecimentos, que julguei ser necessários, voltemos à "Cabala Sindical" ...

 

DESTA VEZ, e como se pode verificar e constatar no "Manifesto", registou-se que uns sindicatos assinaram o documento, e outros sindicatos não assinaram o documento, da iniciativa do Sindel de Rui Miranda.

 

DESTA VEZ, a Frente de Energia (que congrega os sindicatos afectos à CGTP) não seria "cúmplice" da Frente Sindical (que congrega os sindicatos afectos à UGT).

 

Para terminar, diria que ...

 

É MUITO URGENTE, que todas as Comissões Negociadoras Sindicais, do Movimento Sindical da EDP, façam um enorme esforço no sentido de ser gerada uma "Plataforma de Entendimento" ...

 

MAS, SEM RUI MIRANDA !!

 

no sentido de se criar uma enorme "onda de solidariedade", onde se inclua todos os trabalhadores, pensionistas e reformados, beneficiários do ACT/EDP 2000, bem como os beneficiários do PLANO FLEX EDP e também os PRECÁRIOS EDP !!

 

Sei que muitos me vão chamar de "sonhador" ... ou de outros "adjectivos" ... mas eu acredito muito, na UNIDADE (sem Rui Miranda).

 

Por fim um APELO ...

Muito sentido, aos muitos amigos que deixei no Sindel - Sindicato Nacional da Industria e da Energia, do mesmo modo que elegeram Rui Miranda, como Secretário Geral, do mesmo modo lhe retirem a "confiança politico-sindical" e provoquem um CONGRESSO EXTRAORDINÁRIO !!!

 

Disse.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 01:54

Hoje, ao navegar no Facebook,

e na qualidade de sindicalista, que me prezo "ainda" ser,

tive o grato "prazer" de encontrar um bom exemplo

daquilo a que chamo "Sindicalismo Online".

 

Talvez, 

 

Mais do que as palavras, que possa dizer, as imagens que tive a "pachorra" de print-scanear, consigam transmitir a mensagem que pretendo ...

 

AutoEuropa0.png

AutoEuropa1.png

AutoEuropa2.png

AutoEuropa3.png

AutoEuropa4.png

AutoEuropa5.png

AutoEuropa6.png

AutoEuropa7.png

AutoEuropa8.png

AutoEuropa9.png

AutoEuropa10.png

 

 Sim, esta é a "luta" que está a ser travada na Auto-Europa.

 

Não me interessa os "protagonistas". 

O que me interessa realçar ...

é o local onde decorre o debate de ideias. 

 

Sim, sim, na "praça pública"

(entenda-se no Facebook).

 

 

Sem "complexos" ...

mas dentro das regras mais elementares do "civismo" democrático.

 

 

 

Nota de rodapé:

Se este meu artigo de opinião, servir de FORMAÇÃO SINDICAL, já fico imensamente feliz.

 

------------------------------------------------

REACÇÕES ONLINES

------------------------------------------------

(copiado de Ricardo Gonçalves)

É importante recordar, em relação ao atual confronto laboral

que existe na Auto-Europa em Setúbal,

o que se passou de semelhante quando,

o carismático Chora era o líder da comissão de trabalhadores da Auto-Europa,

e, sendo militante do P C P, fez um acordo com a Administração da Auto-Europa

contra a vontade da estrutura do P C P e foi expulso do PCP,

indo parar ao B E que o meteu nas listas de deputados e,

eu, conheci-o no Parlamento como deputado do B E

e lamentei que os dirigentes do P S de Setúbal não tivessem a abertura

e a disponibilidade de lugares, mesmo de dirigentes,

para convidarem o carismático Chora para ser candidato a deputado pelo P S. 



O Chora tinha chegado a acordo com a Administração

porque aceitou que a empresa encerrasse,

por duas ou três semanas,

em alternativa a despedir 800 trabalhadores,

foi, este acordo, que o P C P não lhe perdoou.



Actualmente,

o lider da comissão de trabalhadores já se demitiu,

porque 75% dos trabalhadores não aceitou o acordo

que ele fez para trabalharem por 3 turnos e aos Sábados

e empregarem mais 2000 trabalhadores

para fazerem um novo modelo de automóvel.

 

Talvez, passarem a fabricar 200 mil unidades por ano

o que é bom ( a Peugeot -Citroen em Vigo vai fazer 430 mil por ano),

respeito os trabalhadores como eu,

mas, a nova Comissão de Trabalhadores, que aí vêm,

não pode estar ao serviço do P C P, nem ao serviço do patronato,

têm que estar ao serviço dos trabalhadores e do país

e de todos os trabalhadores do país,

porque se a Auto-Europa existe em Portugal é porque recebeu

e, recebe, muitos apoios da União Europeia e do Estado Português,

que a têm apoiado em tudo, desde as infraestruturas,

até à formação profissional,

até a isenção de impostos e de Segurança Social,

para agora o P C P aproveitar e fazer a sua luta de classes

para apresentar mais uma Vitória de Pirro,

que até pode levar o novo modelo para outro país. 



É importante lembrar ao P C P

que hoje têm que meter a sua revolução na gaveta,

pois, a produção e exportação da Auto-Europa

é dos seus acionistas, mas também é do povo português,

que ajudou com os seus impostos,

para que a empresa seja a segunda maior exportadora do país. 



Além disso o PCP, é hoje,
um partido que faz parte do apoio ao atual governo

 

------------------------------------------------

 

Ó Fernando Pegas o Chora nunca aceitaria ir para o PS

que meteu o socialismo a muitos anos na gaveta,

quanto aos sindicatos que andam pela empresa

já os tem no bolso a muito tempo,

já te esqueceste de tudo o que era deliberado

com os delegados sindicais nada era depois acordado.

(Fernando Rosa - 04-08-2017)

------------------------------------------------

 

A razão deste Artigo de Opinião, tem haver muito com aquilo

que já tentei gerar que é o SINDICALISMO ONLINE,

no ambito do movimento sindical da edp.

Nomeadamente, na colaboração da criação

de uma pagina denominada Forum "act-edp",

para debate de temas relacionados.

 

 

Eu e a pessoa amiga proxima tivemos que "abrandar" a ideia,

pela simples razão de haver muitos "complexos"

em discutir e debater sindicalismo na PRAÇA PÚBLICA

(entenda-se o facebook).

 

Por haver "LOCAIS PRÓPRIOS" para o fazer.

Só que, estes "locais próprios" não funcionam,

há longos e longos anos (há mais de uma "vintena" de anos).

 

No entanto, e curiosamente, há sindicatos que criaram

as suas paginas oficiais em ambiente de facebook.

Mas, apenas funcionam em "um sentido"

(do sindicato para o publico-alvo).

Porque do publico-alvo para o Sindicato,

não há conveniência que funcione.

(Fernando Pêgas - 04-08-2017)

------------------------------------------------

 

E o exemplo que encontei ontem no facebook, ou seja,

a discussão publica do que se está a passar na Auto-Europa,

é para servir de exemplo do Sindicalismo Online

que é possivel se fazer, mas sem sindicalistas

de mentes "retrogradas".

(Fernando Pêgas - 04-08-2017)

------------------------------------------------

 

Fernando Rosa,

percebes agora, a razão deste post ?

(Fernando Pêgas - 04-08-2017)

------------------------------------------------

 

O medo voltou

(Fernando Rosa - 04-08-2017)

------------------------------------------------

 

Essa do "medo" ter voltado,

é necessária uma melhor explicação,

(Fernando Pêgas - 04-08-2017)

------------------------------------------------

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:15


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D