Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



FernandoPegas1.png

 

Na sexta feira, dia 18 de Maio de 2018, o Sindel tomou a

iniciativa de escrever uma Carta Aberta ao Dr. António Mexia

 

CartaAberta.png

 

SINDICATO - RAPAZOLA ???

 

Banalizar a "Carta Aberta",

apenas para confirmar o espírito de "competição",

bem como a "Falta de Respeito" que vai imperando no

Movimento Sindical do Grupo EDP, terei de concluir que

 

O SINDEL DE RUI MIRANDA, PERDEU MESMO 

O LIMITE DA "ARROGANCIA" E DO "RIDÍCULO" !!!

 

Reacçoes.png

(copiado da pagina do facebook da Comunidade EDP)

CartaAbertaMexia.png

 EIS, O SINDEL DE RUI MIRANDA A "REVELAR-SE" ... 
QUE NÃO SABE "LIDAR" COM A DEMOCRACIA !!!

(Fernando Pêgas - 19-05-2018 01:30)

 

--------------------------------------------------------

 

 o sr Rui Miranda é o representante dos trabalhadores

no Fundo Pensoes gerido pela Ocidental ?

o que nada diz sobre a “fiscalização” que faz ?

o que nada diz sobre os investimentos de milhões de euros

do FP no Fundo Magnum I e II do sr Talone ?

nada diz sobre o retorno desses investimentos ?

que nada diz sobre os retornos do FP abaixo do benchmark

com uma carteira de ativos com maior risco ?

ah ok….


Já agora sabem-me dizer quem entregou os EDPFlex à MEDIS

do grupo BCP descapitalizando a SAVIDA ?

a quem pertence a Ocidental ?

quantos milhões recebe a Ocidental por ano para gerir o FP?

o Fundo de Pensoes do BCP também propõe

os nomes dos administradores da EDP ?

pois…

(Joaquim Prieto Veloso - 19-05-2018 15:45)

 

--------------------------------------------------------

 

Caro Joaquim Prieto Veloso,

aplaudo a pertinência das suas questões.

Confesso a minha ignorância, em não lhe saber dar

uma resposta concreta às suas perguntas.

Somente sei que que o Senhor Rui Miranda

é um dos representantes dos trabalhadores

no Fundo de Pensões EDP.

E que a Ocidental pertence ao BCP.

(Fernando Pêgas - 19-05-2018 17:15)

 

--------------------------------------------------------

--------------------------------------------------------

 

(copiado da pagina do facebook de Miranda Rosa)

MirandaRosa1a.png

--------------------------------------------------------

--------------------------------------------------------

 

(copiado da pagina do facebook de Miranda Rosa)

BdC.png

O Sindel de Rui Miranda de "CULPADO"

(de os beneficiários com valores remuneratorios a 6 IAS,

de não receberem qualquer Subsidio de Estudo para Descendentes,

desde a entrada em vigor do ACT/EDP 2014)

pretende agora através da Carta Aberta ao Dr. Antonio Mexia

tornar-se "VITIMA" (imputando responsabilidades à CN EDP

e a um Sindicato - Rapazola)

(Miranda Rosa - 19-05-2018 02:28)

 

--------------------------------------------------------

 

(copiado da pagina do facebook de Amigos EDP Setubal)

 

O título desta publicação é, em si mesmo,

digno do presidente do SCP.

Assim sendo, parece haver mais do que um

"Bruno de Carvalho da EDP".😮😮😮

(Mario Orlando Moura Pinto - 19-05-2018 09:59)

 

--------------------------------------------------------

--------------------------------------------------------

 

(copiado da pagina do facebook de Miranda Rosa)

CentralSindicalEDP.png

O Sindel desinvestiu no sector da energia,

para dar prioridade ao sector da Industria e do Ambiente.

(Miranda Rosa - 20-05-2018 02:21)

 

--------------------------------------------------------

 

Tive a preocupação de tirar isto de minha página.

O Sindel nunca merecerá este tratamento.

(Carfivileal Clal - 20-05-2018 09:29)

 

--------------------------------------------------------

 

Não se compreende.

(Manuel Luis Sousa - 20-05-2018 09:39)

 

--------------------------------------------------------

 

Não há direito de dizer estas coisas do Sindel.

Se calhar foi quem mais precisou dos seus conselhos

e proteção que agora difamam.

Vou tirar isto da minha página.

(Isabel Machado - 20-05-2018 12:18)

 

--------------------------------------------------------

 

Isto quer dizer,

ressábiados de não terem lugar de poleiro no SINDEL,

e depois esconde-se num perfil artificial

(Albino Macedo - 20-05-2018 12:52)

 

--------------------------------------------------------

 

Para os defensores acérrimos do Sindel,

deixo-vos a questão seguinte:

Quantos sindicalistas profissionais (a tempo inteiro) o Sindel tem,

que são funcionários da EDP (que não vão trabalhar há anos)

e cujos salários continuam a ser pagos pela EDP ??

(Miranda Rosa - 20-05-2018 14:39)

 

--------------------------------------------------------

 

Muitos

(Isabel Machado - 20-05-2018 14:46)

 

--------------------------------------------------------

 

(copiado da pagina do facebook de Amigos EDP Setubal)

 

Tolo é quem acredita nestes "sindicatos".

(Mario Orlando Moura Pinto - 20-05-2018 21:29)

 

--------------------------------------------------------

 

Que a EDP, pagava, toda a gente sabe.

Central sindical??????

(Victor Rebouto - 20-05-2018 21:46)

 

--------------------------------------------------------

 

Um sindicato ou uma associação patronal ???

(Nelson Augusto Pontes - 21-05-2018 06:40)

 

--------------------------------------------------------

 

Penso que a maioria dos trabalhadores da EDP

reconhece - com maior ou menor dificuldade - que 

o Sindel cumpre o destino para que foi criado:

Ser mais um departamento da empresa.

(Mario Orlando Moura Pinto - 20-05-2018 08:43)

 

--------------------------------------------------------

 

 Dividir para reinar !

(Nelson Augusto Pontes - 21-05-2018 10:54)

 

--------------------------------------------------------

 

Mário Orlando Moura Pinto,

isso de ser mais um departamento da empresa,

tanto é verdade que, em processos de avaliação de desempenho,

há trabalhadores (e alguns associados do Sindel) a serem

"negativados" por indicação do Sindel.

Atenção: Isto não é nenhuma anedota.

(Miranda Rosa - 21-05-2018 10:54)

 

--------------------------------------------------------

--------------------------------------------------------

 

(copiado da pagina do facebook da Comunidade EDP)

 

Queixinhas.png

Depois de ter "abandonado" a Mesa das Negociações em 2016;

Depois de ter "retardado" a negociação do Subsidio de Estudo

para Descendentes até ao ano de 2018;

E por fim, "pretender" reparar um "erro" (ou seja, o "condicionamento"

da atribuição do subsidio até ao limite de 6IAS) com um outro "erro"

(ou seja, a não inclusão dos beneficiários oriundos de ex-Contrato Individual),

O SINDEL NÃO TEM "ÉTICA", NEM "MORAL"

para fazer o que fez (ou seja, enviar uma Carta Aberta ao Dr. Antonio Mexia).

(Administrador - 20-05-2018 21:23)

 

--------------------------------------------------------

 

Estamos muito mal com alguns (ditos) defensores dos direitos dos trabalhadores.

Não se entendem certas posições que, para além do mais divide forças

que têm o dever de se entenderem e "remar" no mesmo sentido.

Não conheci (e como sabem vivi por dentro estes problemas),

não conheci, repito, uma situação igual a esta.

Isto com os Sindicatos,

porque quanto à Comissão Central de Trabalhores nada se ouve!.

(Manuel Ferreira - 20-05-2018 22:58)

 

--------------------------------------------------------

 

Verdade Manuel Ferreira.

O que se está a passar com a "negociação" do Subsidio de Estudo

para Descendentes (e por "arrastamento" com os Campos e Colónias

de Férias EDP) É O MAIS "VERGONHOSO" DO QUE ASSISTI,

desde 1982 (ano em que comecei a minha carreira de sindicalista).

Quanto à "mudez" da Comissão de Trabalhadores EDP,

direi que há uma Paz Social a ser paga, precisamente

para se estar "quietinho" no seu sitio.

(Fernando Pegas - 20-05-2018 23:54)

 

--------------------------------------------------------

 

Claro, não há almoços grátis nem consciências impolutas.

Quanto mais vezes falarmos destas "habilidades",

mais tranquilas ficam as consciências de quem,

no passado, lutou e bateu o pé, ganhando muitas batalhas.

Eu diria até que a determinada altura ganhamos a guerra,

pacificamente, com galhardia era afinal a missão

que nos fora confiada pelos trabalhadores que tinham por nós,

diga-se de passagem, estima e consideração.

Como sabes, amigo Pegas, nunca deixei, nesses tempos, de dizer 

cara a cara, nas reuniões periódicas que a CT tinha com o C.Gerencia,

o que tinha a dizer.

Mas também é certo que o fazíamos com sensatez, educação e lealdade.

A negociação do EUP que eu vivi intensamente

só foi possível termos feito um trabalho muito dificil,

com posições bem assentes, com firmeza e perseverança.

Tempos em que os valores fundamentais estavam sempre presentes.

Houve uma única vez (isso foi conhecido por muita gente)

em que o Eng. Ivo Gonçalvas teve uma frase que feriu a C.T.

Quem coordenava a intervenção da CT era o Lopes ou eu.

Nesse dia da tal frase coordenava eu.

Imediatamente ao ouvir a frase desagradável,

pedi de imediato a suspensão da reunião

dizendo que a CT precisava de 5 minutos de intervalo.

Saímos da Sala, para acordar mais ou menos o que iria ser dito por mim.

Regressamos, pedi a palavra, disse das nossas razões

e pedi a retirada da frase que havia sido dita

e que a CT considerou ofensiva.

Pois bem, o Eng Ivo explicou o que quiz dizer,

mas retirou a frase mas fe-lo com fair play

e tudo continuou bem.

Era assim. E agora?'

(Manuel Ferreira - 21-05-2018 00:45)

 

--------------------------------------------------------

 

Agora, Manuel Ferreira ?

Impera a "arrogância" de um parceiro sindical,

que se julga o "DDT" do Movimento Sindical do Grupo EDP,

e que exibe uma "mania de grandeza"

(que teve no passado, mas que no presente não tem),

e tem por habito de "capitanear" a representatividade

dos trabalhadores, por "subjugação tácita" da maioria

dos parceiros sindicais com assento à Mesa das Negociações,

no ambito do ACT/EDP.

Em resumo, há uma PAZ SOCIAL "PÔDRE"

assente no "deixa andar", que cada vez mais está a prejudicar

trabalhadores, reformados e pensionistas do Grupo EDP.

(Fernando Pegas - 21-05-2018 11:17)

 

--------------------------------------------------------

 

Pois!.

E o que mais me espanta é a passividade dos trabalhadores.

Não digo o.mesmo dos Reformados e Pensionistas

porque compreendo a sua falta de informação.

Ou esta genta acorda, ou o seu futuro começa a complicar-se!.

(Manuel Ferreira - 21-05-2018 11:34)

 

--------------------------------------------------------

 

Verdade Manuel Ferreira.
A "passividade" dos trabalhadores associada ao enorme
"défice de informação" dos Reformados e Pensionistas,
ESTÁ A FACILITAR o "Roubo"
que está a ser feito aos trabalhadores, reformados e pensionistas do Grupo EDP,
para ser "entregue" em bandeja dourada aos Accionistas.

(Fernando Pegas - 21-05-2018 11:42)

 

--------------------------------------------------------

 

Fernando Pegas Porra!!

(desculpa a expressão), mas isto não pode continuar.

Este caminho leva ao precipício tudo o que com muito custo

foi ganho para os trabalhadores, reformados e pensionistas.

Eu pouco poderei fazer a não ser dar testemunho daquilo em que

pessoalmente estive envolvido em representação dos trabalhadores.

Posso continuar, com a minha voz e os meus escritos,

denunciando e lutando desta forma.

Tu, meu caro Pegas, e outros que sintam o mesmo podem fazê-lo.

Contem com o Manel Ferreira para o que eu puder ajudar.

(Manuel Ferreira - 22-05-2018 00:30)

 

--------------------------------------------------------

 

Subscrevo todas as tuas preocupações Manuel Ferreira.

O que mais me "incomoda" é pertencer a uma geração

que tudo "beneficiou" das conquistas das gerações anteriores,

e que tudo está "destruindo",

não tendo "NADA" para dar às gerações "vindouras".

NÃO IMAGINAS,

A "FRUSTRAÇÃO" QUE SE APODEROU DE MIM,

associada à "impotência" de nada poder fazer.

A minha "revolta" é enorme,

e decidi não me "calar" mais.

Porque já não tenho mesmo "nada" a perder.

(Fernando Pegas - 22-05-2018 12:52)

 

--------------------------------------------------------

--------------------------------------------------------

 

 (copiado da pagina do facebook de Fernando Pêgas)

Sindel.3.png

SUBSIDIO DE ESTUDO PARA DESCENDENTES:

Apesar de a Reunião de ontem (20-06-2018),

não ter sido Plenária (na opinião do Sindel)

e apesar de estar "escondida" (no final do comunicado),

 

A RESPOSTA DA EDP

à "Carta Aberta" do Sindel ao Soutor António Mexia

(datada de 18 de Maio de 2018)

consta no comunicado do Sindel de 20 de Junho de 2018.

(Fernando Pegas - 21-06-2018 12:52)

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:19



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D