Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Jornal Online 'efepe' / sindical

Jornal Online 'efepe' / sindical

CARTA ABERTA AO SENHOR PRESIDENTE DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DA E.D.P.

por efepe, em 27.02.18

ManuelFerreira.png

 - Por Manuel Ferreira

 

 

Exmº Senhor Presidente da EDP

 

Venho junto de V.Exª repudiar com veemência as palavras proferidas por um funcionário da Empresa, que julgo terem sido ditas num evento em que também V.Exª discursou.

 

 

Não sei o nome desse colaborador, sei apenas que o que foi dito constitui uma gravíssima desconsideração pelos antigos trabalhadores que nas Barragens e na Sede das Empresas que vieram a formar a EDP-EP, deram todo o seu saber, muitas vezes em condições precárias, mas com sangue suor e lágrimas levaram por diante o trabalho que lhes havia sido cometido.

 

 

As Barragens, os homens e mulheres que as ajudaram a construir; os homens e mulheres mais velhos (hoje reformados ou pensionistas), quer andassem de gravata ou não, nada têm a ver com o funcionário que proferiu tais palavras que mais adiante vou transcrever.

 

 

A V.Exª e aos restantes membros do Conselho de Administração direi não acreditar que deem cobertura a tão gravíssima falta de educação e desconsideração por quem, afinal, foram tão só os pioneiros que deram à EDP um grande e importante património que, agora se desdenha.: a construção das Barragens até à montagem das linhas elétricas que levaram a todos os Portugueses um bem de que não beneficiavam:

 

Deixo aqui transcritas as palavras a que me venho referindo, esperando do Senhor Presidente do Conselho de Administração, toma bom sentido e ordene que essas palavras - que constituem o maior insulto que alguma vez aqueles homens e mulheres tiveram - e seja reposta, da forma como V.Exª entender, a verdade da história de que foram protagonistas os homens e mulheres atrás referidas. Eis a transcrição (sic) das palavras referidas:

"Tal como João Sabido, há cada vez mais jovens a ingressar nos quadros da empresa. ”Cheguei à EDP numa fase de mudança, já com um novo logo, associado a um espírito jovem e festivais de música”, explica o colaborador, segundo o qual a imagem da EDP das “barragens, das fábricas, de pessoas mais velhas, engenheiros de fato e gravata” já não corresponde à realidade."


De V.Exª, muito atentamente
Manuel Pinto Ferreira.

 

Trabalhei na EDP (e numa das Empresas que lhe deram origem) durante 46 anos, tendo começado por Miranda do Douro e Picote e posteriormente no Porto. Fui Topógrafo e posteriormente Assistente de Gestão no Setor de Topografia da Empresa.

 

Tenho o número 072079. Estou Reformado desde 2003.

 

(texto copiado da pagina de facebook de Manuel Ferreira)

 

Reacçoes.png

 

Amigo Pegas,

eu já disse o que tinha a dizer nesse texto que leste.

Esses tipos não me assustam.

Até porque jamais poderiam fazer parte dos meus amigos.

Conheces a minha maneira de estar na vida.

Continuo a não arredar um pé no combate às injustiças.

Abraço do Manel

(Manuel Ferreira - 27-02-2018 11:55)

 

-------------------------------------------

 

"Cheguei à EDP numa fase de mudança, já com um novo logo,

associado a um espírito jovem e festivais de música”,

explica o colaborador"

No nosso tempo não havia festivais de musica nem corridas,

no nosso tempo havia muita confraternização interna,

os reformados eram lembrados, agora tudo mudou.

Para que este jovem esteja aqui e lá fora muitos se divirtam,

muitos se sacrificaram ao longo das antigas empresas de electricidade,

dos antigos serviços municipais que tinha a seu cargo

a distribuição de energia em BT que deram origem

à EDP Empresa Pública.

(Emidio Fevereiro - 27-02-2018 11:57)

 

-------------------------------------------

 

Tenho acompanhado os seus comentários,

quem vem das antigas empresas

ou entrou na fase da nacionalização sabe bem o que tem dito.

Comentários de alguém que disse que a EDP

não tem 46 anos não merecem o minimo de atenção.

Continue assim

(Emidio Fevereiro - 27-02-2018 11:59)

 

-------------------------------------------

 

Em primeiro lugar, 

Parabéns e depois que nunca lhe doam os dedos

a escrever em defesa da EDP

com o logotipo antigo e do moderno,

deixe-me dizer-lhe,

sabe mais do que eu e deve ter conhecimento

que havia colegas que se achavam superioresa todos os

 outros trabalhadores que entraram directamente na EDP

(e aqui quero lembrar um Homem Engº Granhão

que quando entramos na EDP disse

"eu sei que vos querem tirar as regalias

mas nós os mais antigos vamos lutar"

e o Manuel Ferreira foi também um desses homens),

e que quando se reformaram, viram o desprezo

de muitos que por eles eram espezinhados.

Portanto só espero que quando esse tempo chegar para 

o "jovem velho" que acha que agora a EDP é moderna,

também seja desprezado.

 (Abilio Monteiro - 27-02-2018 16:43)

 

-------------------------------------------

 

 Infelizmente cada vez mais há uma tendência a esquecer

os que ergueram a Empresa e a guindaram ao ponto mais alto

que infelizmente hoje parecem querer acabar com esse bom nome e não só.

Tenho orgulho de ter vestido a camisola da EDP

e ter colaborado para a ter tornado uma grande EMPRESA idónea e respeitada.

Espero que os actuais consigam fazer o mesmo.

 (José Domingos Martins Marques - 27-02-2018 12:12)

 

-------------------------------------------

 

Tudo mudou e não foi para melhor !

 (Luisa Moniz - 27-02-2018 12:26)

 

-------------------------------------------

 

Quando ouvi o vídeo, não sei onde, fiz o meu comentário

(que deve andar por aí) porque também fiquei chocada.

Continuo a dizer, os homens "passam", mas as barragens

e os postes de alta tensão ficam...

 (Maria Manuela Lima - 27-02-2018 12:28)

 

-------------------------------------------

 

O comentário do dito colaborador é tão triste,

que nem me vou dar ao trabalho de fazer qualquer comentário.

Mas tenho muito orgulho em ter vestido a camisola velha, durante 40 anos.

 (Anabela Piedade - 27-02-2018 13:04)

 

-------------------------------------------

 

Já fiz os 40 de empresa

e não sinto nenhuma saudade do antigamente

me Digão por favor o que era bom

 (Armamdo Arnaldo - 27-02-2018 13:37)

 

-------------------------------------------

 

diga o colega o que é hoje melhor que antigamente,

as regalias dos trabalhadores tem vindo a ser cortadas ou reduzidas

como por (ex: a savida hoje pagasse quase tudo

se não for comparticipado pela caixa também não é pela EDP,

os medicos especialistas são cada vez menos,

as colonias de ferias são a pagar,

a progressao automatica nas carreiras agora não existe

só sobe quem o chefe quer quando quer,

os beneficios da electricidade.. etc)

hoje em dia não ha horarios

se as pessoas saiem ás 18 fica tudo a olhar

mesmo que se tenha entrado as 8h,

as pessoas não se falam não se conhecem

nem querem conhecer

dantes as pessoas falavam

e ajudavam quando tinham dificuldades

agora ligamos para um call center ...

e muitas outras coisas que todos nós sentimos no dia a dia no trabalho.

Eu tenho muitas saudades do antigamente tenho 42 anos de empresa.

 (Gabriela Santos - 27-02-2018 14:05)

 

-------------------------------------------

 

Mais explícito, é impossível.

 (Jorge Rodrigues - 27-02-2018 15:55)

 

-------------------------------------------

 

Infelizmente hoje vai se assistindo cada vez mais

aos chicos-espertos e hipócritas, oportunistas nesta empresa

vão fazendo de conta que são muinto importantes.

(Victor Sousa - 27-02-2018 14:18)

 

-------------------------------------------

 

O que faz falta não é avisar a malta.

O que faz falta são festivais de música.

(Carlos Neves - 27-02-2018 14:21)

 

-------------------------------------------

 

Esta questão não é de geração é de princípios,

hoje formam-se pessoas para responder aos investidores,

antes a empresa era o objetivo e todos nós

chegávamos a colocar a empresa acima do interesse individual.

Ainda hoje na reforma me custa ouvir dizer mal a EDP,

mesmo com razões.

(Moedas Ribeiro - 27-02-2018 14:22)

 

-------------------------------------------

 

A mim também me custa muito.

Estes espertos alguns deles noutros tempos

nem para varrer o pátio serviam .

(Moedas Ribeiro - 27-02-2018 15:13)

 

-------------------------------------------

 

amigos não comento quando se da emprego a um catroga

está tudo dito um abraço a todos colegas no ativo ou na reforma

(Afonso Barbosa - 27-02-2018 14:26)

 

-------------------------------------------

 

Tão bem fui reformado no dia do trabalhador, dia 1 de Maio .

com 66 anos e 47anos pelo ACT.

mas continuo a defender a camisola,

sou oriundo das companhias Reunidas Gas e eletricidade.

Por isso é que vem a nossas cultura, como as outras Empresas de Electricidade,

que foi fornada A EDP.

Custa ver os festivais de música não é assim que funciona.

Isto só para alguns.

Mas continuo na defesa da EDP.

DEIXARMOS NO coisas esto só para os o potunas.

Tudo o que os colegas foi escrito estou de acordo 

(Antonio Neves - 27-02-2018 15:05)

 

-------------------------------------------

 

 Caro colega Manuel Ferreira 

o que foi dito pelo colaborador sem nome

na minha opinião é verdade o saudosismo

não leva a nada .

Neste momento estou na pré-reforma com 41 anos de serviço

e tambem tenho algumas histórias desagradáveis para contar

em relação a esses alguns senhores de gravata de que falou

e que não deixam nenhuma saudade.

É verdade que agora os novos que entram são muito diferentes

para melhor sem peneiras e mais bem preparados.

(Luis Marques - 27-02-2018 19:41)

 

-------------------------------------------

 

Antigamente ou hoje somos EDP até morrer

(Armando Arnaldo - 27-02-2018 21:22)

 

-------------------------------------------

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Favoritos