Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




EDP - O PAE 2018 (1)

por efepe, em 26.11.18

fcp.png

 

No Grupo EDP, aproxima-se mais um PAE - Plano de Ajustamento de Efectivos, o relativo ao ano de 2018.

 

A exemplo de outros PAE's, de anos anteriores, não há qualquer comunicação ou informação concreta, quer por parte dos parceiros patronais, quer por parte dos parceiros sindicais.

 

Este ano, a informação sobre o PAE 2018, também foi posta a circular nos "corredores edp".  E diz-se por aí ...

 

Que o objectivo da EDP,  para este ano, é o de conseguir quatrocentos (400) trabalhadores que aceitem passar para a situação de pré-reforma ou reforma antecipada e reforma por velhice, entre um universo de trabalhadores que tenham 58 anos ou mais anos de idade, independentemente da antiguidade edp.

 

Diz-se ainda que ...

 

O Grupo EDP está a "oferecer" uma (1) Base ou Letra de Remuneração e três (3) Vencimentos aos trabalhadores que aceitem passar à situação de pré-reforma ou reforma antecipada e reforma por velhice, com efeitos a 31 de Dezembro de 2018.

 

Reacçoes.png

--------------------------------

 (copiado da pagina do facebook de Fernando Pêgas)

--------------------------------

46178188_514765089345182_4436827085079576576_n.jpg

Estarão os Sindicatos "preparados"

para uma eventual "avalanche" de pedidos de ajuda ???

- Não, não estão.

(Fernando Pêgas - 14-11-2018 14:30)

 

--------------------------------

 

Deviam começar pelos inúteis, mas infelizmente quem sofre nestas remodelações são aqueles que usam e suam a camisola EDP....

quantos acessores disto e daquilo.. quantos chefes de departamento inúteis tem a EDP..resmas..

são às resmas e com a agravante de não fazerem nada ainda são abrangidos por mordomias de carrinho subsídio disto e daquilo...

(Castro Ferreira - 14-11-2018 16:47)

 

--------------------------------

 

Sem dúvida Castro Ferreira há trabalhadores "MORDOMIADOS" às resmas, que nada fizeram para tais recompensas.

(Fernando Pêgas - 14-11-2018 17:22)

 

--------------------------------

 

há várias EDPs dentro da EDP :(

(Carlos Marques Pinto - 14-11-2018 17:29)

 

--------------------------------

 

Claro que sim. Inclusivamente, dentro da mesma empresa (do Grupo EDP) há empresas ou quintas desiguais.

(Fernando Pêgas - 14-11-2018 17:44)

 

--------------------------------

 

Fernando Pegas sabe mais pormenores do PAE? o ano passado davam uma BR mas depois tiravam 10% :(

(Carlos Marques Pinto - 14-11-2018 17:45)

 

--------------------------------

 

Não Carlos Marques Pinto as "condições" ainda não conheço.

(Fernando Pêgas - 14-11-2018 17:46)

 

--------------------------------

 

Não se iluda colega com a BR davam mas os dez por. Cento que retiravam até a reforma segurança social é mais do que a BR.

Depois não tem direito a preparação seis meses com subsídio de Almoço prêmio de assiduidade.

Vi colegas aceitar ainda lhe falta 11anos para reforma.a edp dá com uma mão e tira com a outra.eu vim com tudo que tenho direito em janeiro 41 anos.estou na preparação d pré reforma até 5 de fevereiro

Estou a ganhar até fevereiro como estivesse ao serviço.

A mim nada me tiraram.

(Isabel Moura Araujo - 14-11-2018 18:21)

 

--------------------------------

 

 Isabel Moura Araujo eu n me iludo....já sao muitos anos....dao um chouriço a quem lhes dá um porco. Excepçao os amigalhufas...

(Carlos Marques Pinto - 14-11-2018 19:40)

 

--------------------------------

 

Pois....as contas...dos RH...e não só..🤔😭😭. ..🤐

(Maria Manuela Lima - 18-11-2018 13:07)

 

--------------------------------

 

Pois não levei os chouriços eles não levaram o porco.

(Isabel Moura Araujo - 18-11-2018 14:03)

 

--------------------------------

 (copiado da pagina do facebook do grupo Comunidade EDP)

--------------------------------

PAE.png

(Fernando Pêgas - 14-11-2018 14:30)

 

--------------------------------

 

Sabe pormenores?

O ano passado davam uma BR mas depois tiravam 10%. E parece q foi p os altos quadros.

(Carlos Marques Pinto - 14-11-2018 16:47)

 

--------------------------------

 

 Parece não haver dúvidas que a EDP não tarda a ser constituida maioritariamente por Quadros. 🤔🤐

(Joaquim Guimarães - 14-11-2018 21:07)

 

--------------------------------

 (copiado da pagina do facebook do grupo Comunidade EDP)

--------------------------------

46491851_518920782262946_8770678687105286144_n.jpg

(Fernando Pêgas - 21-11-2018 20:18)

 

--------------------------------

 

Desconhecia que havia trabalhadores na EDP com mais de 65 anos.

(Graça Freitas - 21-11-2018 21:03)

 

Pois, onde lê 68 anos deve-se ler 58 anos.

(Fernando Pêgas - 22-11-2018 00:03)

 

--------------------------------

 

Nao me parece que venham a ter muita clientela p ir embora nestas condiçoes.

(Carlos Marques Pinto - 22-11-2018 13:01)

 

--------------------------------

 

Carlos Marques Pinto, complementarmente, diz-se que há um "rebuçado" (uma Base de Remunerações e Três Vencimentos) para quem aceite passar à pré-reforma, com efeitos a partir de 31-12-2018. Isto é mesmo um "ENGODO" com muito "veneno" à mistura.

(Fernando Pêgas - 22-11-2018 14:01)

 

Fernando Pegas já é diferente. Assim já acredito q haja candidatos. Onde está o veneno? Se puder elucide aqui a malta.

(Carlos Marques Pinto - 22-11-2018 15:33)

 

Para que me serve uma Base de Remunerações e Três Vencimentos, se não levar comigo o Direito de Poder passar à Reforma em qualquer idade (Direito este que somente adquiro com 40 anos de EDP). Se, se pretendo sair da EDP, sem correr o risco de ser "penalizado" aos 66 anos e uns quantos meses, quando tiver que ir à Segurança Social requerer o Calculo da Minha Reforma.

(Fernando Pêgas - 22-11-2018 21:03)

 

--------------------------------

 

Como em 2001 tudo era bem diferente, e em relação a 2000 já tinham alterado um pouco as "regalias". bendita a hora em que meu "Chefe" farto de mim se lembrou logo de correr comigo, se esqueceu que passados uns anos acabou numa secretária em Open Space lá para os lados do Marquês de Pombal com o bilhete de saída, o principio de Peter funcionou, de Resp Adm numa Area de Rede a.....

(Emídio Fevereiro - 22-11-2018 21:39)

 

Completamente de acordo com a explicação dada.

(Arnaldo Fialho - 22-11-2018 22:07)

 

--------------------------------

 

Fernando Pegas desculpe a minha ignorancia mas nao percebi.

(Carlos Marques Pinto - 22-11-2018 22:56)

 

Carlos Marques Pinto, no meu caso, se aceitar fazer um acordo com efeitos a 31.12.2018, eu vou passar à pré-reforma com 62 anos de idade, 38 anos de EDP e mais uma BR.

Até aos 66 anos e alguns meses, a EDP pagava-me a 100 % todo o acordo que estabeleceu comigo.

Mas, quando fosse à Segurança Social requerer a minha reforma, e pelo facto de não ter feito os 40 anos EDP (ou seja, o ter conquistado o direito de ir para a reforma com qualquer idade), eu iria ser penalizado, não no item da "carreira contribuitiva", mas no item na idade (dos 62 aos 66 anos e tal), apenas pelo facto de não ter esperado até ao ano de 2020, a troco de uma BR que não "colmata" as perdas.

(Fernando Pêgas - 23-11-2018 00:31)

 

--------------------------------

 

 Fernando Pegas a edp este ano está a fazer o que fez em 2017 uma BR três vencimentos desconto dez por cento até a reforma segurança social. Com isto quem aceitar passa direto a pré reforma edp não tem a preparação de seis meses em que recebe o subsídio de Almoço o prêmio de assiduidade isto tudo durante seis meses é mais do que um vencimento ou seja são dois vencimentos em que a edp deixa de pagar e paga nos tais ditos três vencimentos depois temos a BR ok mas os dez por cento que ficamos a descontar durante os anos que faltam a cada um para a reforma segurança social.é mais do que a tal BR depois três vencimentos metade e foi para descontos. Para quem sabe fazer contas o trabalhador que aceite vai prejudicado.a edp tenta dar um rebuçado envenenado. Quem poder e tenha a coragem de dizer basta eu vou com os meus direitos.sim vale apena porque fica ela por ela estar em casa ou a trabalhar. Mas com os 40 de serviço ou 61 e 37 de serviço. Façam como eu vim sem perder.e também tentaram dar o rebuçado envenenado mas eu ofereci a eles. Tenham a coragem e não aceitem rebuçado envenenados

(Isabel Moura Araujo - 23-11-2018 00:27)

 

Isabel Moura Araujo É isso mesmo amiga. A EDP tem andado a "enganar" os trabalhadores, durante todos estes anos. O que a EDP está a fazer é uma VERDADEIRA FRAUDE, com a complacencia e cumplicidade dos Sindicatos. Não há qualquer tipo de transparência nos Planos de Ajustamentos de Efectivos (PAE's). Há situações "Bulling" que fazem ADOECER as pessoas. E, toda a gente anda com um MEDO TERRÍVEL. Definitivamente a EDP Não é uma Pessoa de Bem, quando "empobrece" os seus trabalhadores, na passagem para a Pré-Reforma, Reforma Antecipada ou Reforma. Simplesmente, UMA VERGONHA.

(Fernando Pêgas - 23-11-2018 00:44)

 

Fernando Pegas a edp faz isto com as pessoas que não tem a coragem de dizer eu não vou vou sim quando me apetecer até 66 anos e quatro meses. Comigo também tentaram mas eu não fui na conversa deles.passo a pré reforma em fevereiro e com antiguidade 41anos.quando tiver 65 tenho 50 de descontos. Essa gente mais sindicatos são a vergonha de uma empresa que se identifica como uma empresa de bem que está atenta ao mundo que mundo só se for o mundo de os escovas

(Isabel Moura Araujo - 23-11-2018 00:54)

 

Sindel e algumas pessoas da EDP deviam de ter vergonha de fazerem tanto mal alguns trabalhadores. O sindel anda no terreno a tocar a banda.a edp sabe que pode e faz o que quer porque o sindel é um sindicato do faz de conta

(Isabel Moura Araujo - 23-11-2018 00:58)

 

Abaixo o sindicato do sindel não presta

(Isabel Moura Araujo - 23-11-2018 00:59)

 

Fernando Pegas os sindicatos é um circo aonde o povo aplaudem com as cotas que pagam os sindicatos são os malabaristas enganam os trabalhadores abaixo sindicatos do Rui Miranda e outros tais

(Isabel Moura Araujo - 23-11-2018 01:03)

 

 Isabel Moura Araujo O SINDEL TORNOU-SE numa organização ANTI-TRABALHADOR, ANTI-REFORMADO, ANTI-PENSIONISTA.

E, por efeito "dominó" arrastou as outras organizações sindicais, quer da UGT, quer da CGTP, quer alguns dos Sindicatos Independentes para o DESCRÉDITO TOTAL !!

Os trabalhadores EDP, os Reformados EDP e os Pensionistas EDP

ESTÃO ENTREGUES À SUA SORTE.

(Fernando Pêgas - 23-11-2018 01:05)

 

Vejam o Pedro Sá sindicalista e por um cêntimo nas declarações de subsídio de estudo estava sempre ao lado da edp.

(Isabel Moura Araujo - 23-11-2018 01:05)

 

Fernando Pegas o Rui Miranda é malabarista. E eu que o diga.

(Isabel Moura Araujo - 23-11-2018 01:06)

 

--------------------------------

 

E depois Isabel Moura Araujo os critérios utilizados para os Não Quadros são bem diferentes dos critérios utilizados para os Quadros Superiores.

Apenas um exemplo, há quadros superiores que também levam a "viatura" que lhe está distribuída. Tem sido assim de há uns anos a esta parte.

E, os Sindicatos e a Comissão de Trabalhadores NEM UMA PALAVRA DIZEM sobre estes verdadeiros escândalos.

(Fernando Pêgas - 23-11-2018 01:19)

 

--------------------------------

 

Isabel Moura Araujo, a partir do dia 01 de Dezembro de 2018, há pessoas idosas que vão deixar de ter Assistência Médica Sãvida, pelo facto das suas Reformas Agricolas terem sido aumentadas quatro euros e tal.

A partir de 01 de Dezembro de 2018, na EDP Valor e na EDP Imobiliária há trabalhadores que vão passar a ficarem isentos das quatro marcações de ponto, mas esta medida é descriminatória porque não abrange os trabalhadores "sinalizados" para serem empurrados para a situação de pré-reforma.

No inicio do mês de Outubro, a EDP terminou com o Complemento ao Subsidio para Descendentes Deficientes.

TUDO ISTO MERECIA UMA "INTERVENÇÃO CONJUNTA" DOS SINDICATOS, como foi solicitado por alguns trabalhadores abrangidos. Os Sindicatos limitaram-se a IGNORAR os pedidos de intervenção.

Ao que nós todos no Grupo EDP, chegámos. Siplesmente, VERGONHOSO.

(Fernando Pêgas - 23-11-2018 01:21)

 

--------------------------------

 

Fernando Pegas é esta empresa que se diz defensora do ambiente defensora dos mais necessitados defensora do bem estar dos trabalhadores sim é verdade defende essa escumalha de parasitas do partido desses lamber botas a edp tem trabalhadores de primeira de segunda e de oitava.enfim por tudo isto eu vim feliz embora nem me lembro dessa gente com. Quem trabalhei.nem quero saber nada dessas pessoas quero é mais que se fodam ah ah ah Fernando para o meio do ano já pode vir embora certo desde que queira. Edp valor uma empresa de afilhados escovas e de muitos emplastros.

(Isabel Moura Araujo - 23-11-2018 01:34)

 

--------------------------------

 

Fernando Pegas não estou a perceber, o meu amigo passa à pre-reforma quem continua a pagar o vencimento é a edp só perde o sua refeição e não contam as anuidades, mas com uma base e 3 vencimentos trás mais dinheiro pra casa todos os meses.

Quando chegar à reforma seja com que idade for tem i mesmo tempo de descontos que se tivesse a trabalhar.

Confesso que não atingi a sua indignação. Um abraço

(João Gonçalves - 23-11-2018 08:35)

 

João Gonçalves trago mais dinheiro, mas somente até ao 66 anos e quatro/cinco meses. E depois ?

Quando a Segurança Social calcular a minha reforma?

Como não levo o "direito" de passar à reforma em qualquer idade (direito este que só consigo com 40 anos EDP), uma vez que passei à pré-reforma "apenas" com 38 anos EDP, vou ser "PENALIZADO" pela Segurança Social (entre os 62 anos - idade com que passei à pré-reforma - e os 66 anos e 4/5 meses - idade que a legislação determina para a passagem à reforma). Ou seja, a penalização ronda os 15/20 %, a partir do ano de 2022/2023.

Enquanto se eu esperar até ao ano de 2020, recebo 100% quer até aos 66 anos e 4/5 meses, quer depois. 

João Gonçalves, percebe agora a minha indignação (como diz) ?

(Fernando Pêgas - 23-11-2018 10:48)

 

o meu amigo pode ter razão, mas eu tenho dúvidas que para a SS não seja tudo igual estar no ativo ou na ore-reforma, mas se diz que é diferente eu fico na minha.

(João Gonçalves - 23-11-2018 11:08)

 

João Gonçalves uma coisa é ser-se trabalhador, outra coisa é ser-se Pré-Reformado. Os "estatutos" são distintos e diferenciados.

E, o "foco" principal da Segurança Social, são "apenas" os dois itens relativos à carreira contribuitiva (ou seja, os anos de descontos para a SS) e a Idade.

(Fernando Pêgas - 23-11-2018 11:32)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:28


2 comentários

De Anónimo a 26.11.2018 às 18:55

José Alves Silva, por aquilo que li, há grande confusão. A reforma da SS, tem só a ver com os anos de desconto. A penalização tem só a ver com os anos que faltam para a sua idade de reforma. No meu caso saí este ano em Maio 2018. Vou estar na pré reforma até aos 66 e claro a descontar para a SS. Neste momento tenho 46 de descontos e 61 idade. Terei 5 anos de pré. Portanto não quero influenciar ninguém, porque cada caso é um caso. Cumprimentos a todos.

De Anónimo a 27.11.2018 às 11:16

Caros,
Há aqui um grande equívoco. Não se confunda Pré-reforma com antecipação da reforma!
Passar para a Pré-reforma não muda nada em relação à contagem de tempo com a Segurança Social. O tempo passado nessa nova condição é contabilizado ao valor do último salário, sem contabilizar um eventual corte. Se o aumento de uma base for feita no último salário, por exemplo, é este novo salário que irá influenciar na formação do valor da pensão. Ou seja, a pensão será maior.
Do ponto de vista formal, inclusive, a pessoa continua a ser empregada da EDP.
Sugiro leitura atenta da legislação específica ou pagar uma "consulta" a um advogado
Quando calhar a mim, não perderei um minuto.
Cumprimentos a todos os colegas.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D