Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Jornal Online 'efepe' / sindical

Jornal Online 'efepe' / sindical

EDP SOLUÇÕES COMERCIAIS - A Reestruturação (II)

por efepe, em 01.03.18

Fcp.png

 

A partir de hoje

(01 de Março de 2018)

 

Inicia a produção de efeitos das "transferências" (verificadas ou a verificar) por decorrência de TRANSMISSÃO DE ÁREAS DE NEGÓCIO da empresa EDP Soluções Comerciais para outras empresas do Grupo EDP, designadamente:

 

- Para a EDP Serviço Universal  = 60 trabalhadores;

- Para a EDP Gás Universal = 8 trabalhadores;

- Para a EDP Comercial = 120 trabalhadores; e

- Para a EDP Distribuição = 220 trabalhadores.

 

Esta reestruturação abrange trabalhadores não sindicalizados e trabalhadores sindicalizados nos vários parceiros sindicais "reconhecidos" pelo parceiro patronal.

 

No entanto, e devido à inexistência de uma Comissão de Trabalhadores na EDP Soluções Comerciais,  o Conselho de Administração da EDP Soluções Comerciais

"optou" 

(desde o inicio do actual processo de reestruturação)

 

por convocar "apenas" dois parceiros sindicais: a Fiequimetal (porventura, por estar filiada na CGTP e liderar a Frente Energia / CGTP) e o Sindel (porventura, por estar filiada na UGT e liderar a Frente Sindical / UGT), e ainda porventura no pressuposto de a maioria dos trabalhadores "envolvidos" nas transferências acima referenciadas, estarem sindicalizados naqueles parceiros sindicais.

 

Esta é uma situação "MUITO ESTRANHA", por o eventual pressuposto carecer de ser "comprovado", face a um conhecimento geral,  de que o índice de sindicalização global (no ambito do Grupo EDP) é inferior a quarenta por centro.

 

Razão pela qual,

 

A iniciativa do Conselho de Administração, de convocar "apenas" dois parceiros sindicais - a Fiequimetal e o Sindel -,  para transmitir os "contornos" em que se vai processar a Reestruturação da EDP Soluções Comerciais, já é "reincidente" e é

éticamente "reprovável"

 

sabendo-se que existem os parceiros sindicais "independentes" (ou sejam, os não filiados em nenhuma Central Sindical) e ainda uma estrutura representativa de trabalhadores "reconhecida" pelo Grupo EDP, denominada Coordenadora das Comissões de Trabalhadores.

 

Pelo que, 

 

"A necessidade de manter um quadro de comunicação

com os representantes dos trabalhadores que possibilte

uma intervenção que possa dar consistência a todo

o processo e que, dessa forma, não sejam criados

receios e dúvidas sobre as formas e objectivos do mesmo" 

 

invocado pelo Conselho de Administração da EDP Soluções Comerciais, na reunião que manteve com o parceiro sindical Fiequimetal, e realizada no passado dia 27 de Fevereiro de 2018 (vidé comunicado da Fiequimetal).

 

ESTARÁ "COMPROMETIDA"

 

caso não haja uma outra iniciativa do Conselho de Administração da EDP Soluções Comerciais, no sentido da "correcção de audição" de TODAS as Estruturas Representativas de Trabalhadores.

 

Agora, vejamos os comunicados emitidos pelos parceiros sindicais, 

 

Fiequimetal.png

Sindel1.png

 

Sinovae1 (2).png

  

Concluindo, 

 

OS "DIREITOS" DOS TRABALHADORES 

NUNCA FORAM "GARANTIDOS" 

ATRAVÉS DO "31 DE BOCA" !!!

 

mas sim, POR ESCRITO !!

 

Reacçoes.png

 

PARECE QUE ...

Os dois parceiros sindicais "convidados" pelo

Conselho de Administração da EDP Soluções Comerciais,

que são os mesmos do costume (Fiequimetal e Sindel),

vão servir de "muletas" a uma Reestruturação

SEM ORÇAMENTO, NÃO PLANEADA, e IMPOSTA

aos Accionistas,

na proxima Assembleia Geral do dia 5 de Abril de 2018,

em resposta à falta de paciência da ERSE,

e por pressão politica da Comunidade Europeia,

para a separação das estruturas do mercado regulado,

e do mercado não regulado.

 

E os trabalhadores que não são sindicalizados

nem na Fiequimetal, nem no Sindel,

mas sim em parceiros sindicais "não convidados"

pelo Conselho de Administração da EDP Soluções Comerciais,

VÃO SER "MARGINALIZADOS" ??

 

HAJA "DECORO ÉTICO",

SENHOR PRESIDENTE DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

DA EDP SOLUÇÕES COMERCIAIS !!!

PORQUE OS "RISCOS" SÃO MUITOS E REAIS !!!

(Miranda Rosa - 01-03-2018 22:28)

 

------------------------------------------------

 

A quem "compete" FISCALIZAR os vários passos de gestão é

à COORDENADORA DAS COMISSÕES DE TRABALHADORES !!

Ou seja, uma Estrutura Representativa de Trabalhadores

"reconhecida" pelo Grupo EDP.

 

Tendo havido já duas reuniões "apenas"

com a Fiequimetal e o Sindel,

para o Conselho de Administração da EDP Soluções Comerciais

dar a conhecer o Plano de Reestruturação da EDP Soluções Comerciais,

a Coordenadora das Comissões de Trabalhadores mantém-se à margem

de todo o processo, sem dizer uma palavra sobre o assunto.

Porque será ?

 

Segundo um velho ditado: "Quem cala, consente !!"

 

E PARA AMANHÃ, DIA 2-3-2018,

ESTÁ AGENDADA UMA GREVE GERAL NAS LOJAS EDP,

POR INICIATIVA DE UM DOS PARCEIROS SINDICAIS

"OUVIDOS" - O SINDEL -, CUJA ACÇÃO DE LUTA

JÁ ESTÁ "POLITIZADA" (tendo em consideração

os comunicados de hoje dos TSD e TSS Sindel).

 

SERÃO "BRINCADEIRAS" ??

Caso o sejam, são de muito mau gosto, diga-se.

(Fernando Pegas - 01-03-2018 22:59)

 

Sindel(3).png

DEPOIS DA LEITURA DO COMUNICADO DO SINOVAE ...

O SINDEL "EMENDA" A MÃO !!!

(Fernando Pegas - 02-03-2018 02-03-2018 01:05)

 

Mais sobre mim

foto do autor

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Favoritos