Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



fcp.png

Em continuação do debate de ideias, sobre a temática: 

GRUPO EDP  - Mais uma "Perda" de Regalias Sociais (I)

começado no link ...

 https://jornalonlineefepe-sindical.blogs.sapo.pt/104199.html

 

Vejamos agora, a continuação dos diálogos havidos

nas redes sociais (nomeadamente no facebook).

 

 

--------------------------------

 (copiado da pagina do facebook de Fernando Pêgas)

--------------------------------

Constata-se.png

NO GRUPO EDP,

OS "DESCENDENTES DEFICIENTES"

FORAM ABANDONADOS !!! ...

INCRÍVEL E LAMENTAVEL !!

(Fernando Pêgas - 16-10-2018 18:14)

 

--------------------------------

 

Mas como é possivel acontecer?

 (Teresa Serra - 16-10-2018 18:36)

 

O "desleixo" das Comissões Negociadoras Sindicais já ultrapassou há muito o limite do razoável.

Simplesmente, não temos "ninguém" que queira e saiba defender os trabalhadores, reformados e pensionistas.

O "DESNORTE" NO MOVIMENTO SINDICAL DO GRUPO EDP É COMPLETO E GRANDE.

(Fernando Pêgas - 16-10-2018 18:37)

 

 Fernando Pegas Sim mas não existem outros serviços , que ajudem a repor isto?

Lembro que a Empresa até introduziu melhorias nos Campos de Ferias para receber jovens com deficiência.

Quantas situações haverá ?

 (Teresa Serra - 16-10-2018 18:46)

 

Há sempre a hipotese de repor.

Bastam as partes estarem de boa fé e tomarem iniciativas tendentes ao DIÁLOGO SOCIAL.

Porque como diz o velho ditado, "é a conversar que a gente se entende".

Se não houver diálogo, não há conversa.

E não havendo conversa, não pode haver entendimento.

(Fernando Pêgas - 16-10-2018 20:52)

 

--------------------------------

 

Mas é esta Empresa que se diz amiga das familias?

E que tanto falam em conciliação ?

 (Teresa Serra - 16-10-2018 18:38)

 

Teresa Serra ha ja alguns anos, que a consolidacao era so conversa , os chefes nao interpertam a palavra da mesma maneira

(Maria Antonieta Neves - 16-10-2018 20:37)

 

 
desculpem, queria dizer conciliacao, retifico
(Maria Antonieta Neves - 16-10-2018 20:38)
 
--------------------------------
 
Cada vez perdemos mais, nos funcionarios publicos so se fala em aumentos, nos nem a ferros
(Maria Antonieta Neves - 16-10-2018 18:47)
 
--------------------------------
 
Que grande desumanidade, estas são as familias que mais precisam de apoio, têm um problema para a vida.
 (Teresa Serra - 16-10-2018 18:53)
 
--------------------------------
 
Verdade Teresa Serra.
O complemento ao Subsidio para Descendentes Deficientes não é um "complemento qualquer".
E cabe, aos parceiros patronais e sindicais, dialogarem e NÃO SE SILENCIAREM e/ou FUGIREM AO DIÁLOGO.
(Fernando Pêgas - 16-10-2018 20:56)
 
--------------------------------
 
Não se pode aceitar. Um custo que não deve ser minimamente significativo para a Empresa.
(Graça Freitas - 16-10-2018 21:10)
 
--------------------------------
 
A edp.tem dinheiro.para subsidiar corridas para concertos a volta à Portugal e outras tantas coisas para retirar direitos aos trabalhadores e seus familiares é só cortar encher os bolsos aos presidentes acionistas chineses para isso já existe dinheiro os sindicatos nada fazem sabem porquê porque os sindicatos andam a fazer que negoceiam com.empresa e é tudo uma aldrabice
(Isabel Moura Araujo - 17-10-2018 00:31)
 
--------------------------------
 
Aproveito para mandar um.beijinho a Dra Teresa Serra
uma senhora de grande valor humana ela o Eng Rocha e Silva duas pessoas de coração grande
(Isabel Moura Araujo - 17-10-2018 00:36)
 
 
Muito obrigada Isabel .
Cumpriamos a nossa obrigação, tenho saudades do Sr eng Rocha e Silva, com quem sempre me entendi bem.
Era sempre sinpatico comigo , sempre que precisei em termos proficionais , contei com ele bjs
(Teresa Serra - 17-10-2018 15:41)
 
Teresa Serra com 40 anos de empresa que tenho conheci muitas pessoas e posso dizer que o Eng Rocha e Silva é uma pessoa inteligente um homem sem vaidade homem humilde e com um grande com um grande coração traído por muitos que ele lhe deu a mão.um homem como o Eng Rocha e Silva fez muita falta na empresa.sei que ele teve cargos superiores fora da edp.pela parte que me toca desejo que ele viva com muita saúde muitos anos.
 
Sobre a Dra Teresa Serra conheço e sei também que era uma pessoa com o coração grande são pessoas como vocês que faziam toda a diferença numa empresa que por vezes tem de lutar e olhar para os mais desfavorecidos dentro da própria empresa desejo que tenham muita saúde e longos anos. E muito obrigado pelas pessoas que são beijinhos
(Isabel Moura Araujo - 17-10-2018 16:23)
 
Isabel Moura Araujo .beijinhos obrigada, muita saude para si
(Teresa Serra - 17-10-2018 16:41)
 
--------------------------------
 
Assim, vai desaparecendo a EDP.
(Mario Andrade Caravana - 17-10-2018 17:50)
 
Verdade amigo Mario Andrade Caravana.
A actual EDP não é nada da EDP dos anos setenta ou oitenta, e mesmo noventa.
(Fernando Pêgas - 17-10-2018 21:53)
 
--------------------------------
 
E alguns que la estão e podiam fazer alguma coisa calam se como lhes convem
(Teresa Serra - 17-10-2018 18:33)
 
 
 Teresa Serra os que estão na EDP estão "divididos" em dois universos: O universo dos beneficiarios oriundos do ex-Contrato Colectivo 2000 (ainda com espirito colectivista, mas cada vez menos) e os beneficiarios oriundos de ex-contratos individuais (com espirito individualista e em crescendo).
 
Esta "divisão" surgiu com o ultimo processo negocial dos varios Instrumentos de Regulamentação do Trabalho que deram origem ao ACT/EDP 2014 em vigor.
(Fernando Pêgas - 17-10-2018 22:00)
 
--------------------------------
 
Tenho uma situação destas e contactei o Sindel....estou á espera que me digam alguma coisa, desde o principio do mês.
(Zeferino Valério - 17-10-2018 21:50)
 
Caro Zeferino Valerio pode esperar "sentado".
Não é o unico que espera por resposta de um parceiro sindical que simplesmente mantem o silencio sobre o assunto.
 
Aliás, o Sindel é um dos parceiros sindicais "mais culpado" de o Complemento ao Subsidio para Descendentes Deficientes estar no seu fim.
(Fernando Pêgas - 17-10-2018 22:10)
 
--------------------------------
 
Em tempos longínquos , tambem se quiz fazer essa coisa horrivel, mas o Sr Eng. CAIADO FORTE não deixou, veja la o tempo que tal conceito tem.
 
É mesmo para dividir são outros tempos, novas ideias e novas teorias de gestão.
E quem tem estas ideias e teorias é considerado competente, mas esquecem a importancia do clima criado entre trabalhadores
(Teresa Serra - 17-10-2018 23:36)
 
 
 
A "DIVISÃO" REGULAMENTADA (no ACT/EDP) conduziu à INÉRCIA INSTALADA no seio dos trabalhadores no activo.
 
E, o "desnorte" sindical está a facilitar os MAUS TRATOS com que a empresa está a brindar todos os trabalhadores, reformados e pensionistas do Grupo EDP. E ninguém se revolta.
(Fernando Pêgas - 18-10-2018 00:13)
 
 
 
Teresa Serra É verdade Dra.
Estes são outros tempos que nos fazem ser como alguns nos intitulam de "saudosistas "..
Outros gestores e outras formas de gerir.
Lembro-me bem do "jeito" do sr eng. Caiado Forte.
(Maria Manuela Lima - 18-10-2018 21:36)
 
 
 
O Engº Caiado Forte foi o Director de Recursos Humanos que me recebeu na EDP (nas instalações da Av. Defensores de Chaves, em Lisboa), no meu primeiro dia útil de trabalho (em Setembro de 1980), na então Electricidade de Portugal - Empresa Pública.
 
Há uma "mensagem" do Engº Caiado Forte, nesse primeiro dia de trabalho, que gravei para o todo o sempre.
(Fernando Pêgas - 18-10-2018 21:50)
 
 
 
Fernando Pegas O Sr eng Caiado Forte era o Diretor Geral da DOEX, o Hoem com mior poder na Empresa.
NA altura tinha a PH , PT e a actual REN e os serviços de apoio eu esteva nos Recursos Humanos, era uma pessoa maravilhosa com quem se aprendia muito ja faieceu infelizmente
(Teresa Serra - 18-10-2018 21:56)
 
 
 
Teresa Serra sim, sim, era o Director Geral, perdão pelo lapso.
(Fernando Pêgas - 18-10-2018 21:59)
 
 
 
Teresa Serra Contactava com ele como Director Geral quando eu secretariava o sr. Eng. Catela Rolla.
Um grande Homem. Tanto ele como o sr eng. Catela Rolla e outros que recordo com saudade já faleceram.
(Maria Manuela Lima - 18-10-2018 22:00)
 
 
 
Maria Manuela Lima, o Engº Catela Rola era o Director da Produção Hidraulica, quando vindo transferido de Lisboa, me apresentei no primeiro dia util do ano de 1982, nas instalações do Largo Dr. Tito Fontes 15 na cidade do Porto.
(Fernando Pêgas - 18-10-2018 22:04)
 
 
Fernando Pegas Então passou por mim 😂
(Maria Manuela Lima - 18-10-2018 22:06)
 
 
 
(Fernando Pêgas - 18-10-2018 22:07)
 
 
 
Ainda gostava de um dia ter a possibilidade de ver a minha ficha de trabalhadora com todo o meu percurso desde 1968 a iniciar na ETP e a terminar em 2003.
Há siglas de que não me recordo nem as datas e as categorias que eu tinha .... 😁.
"Saudosismos " e curiosidade.
(Maria Manuela Lima - 18-10-2018 22:13)
 
 
 
Minha boa amiga Maria Manuela Lima, tenho sérias dúvidas, que consiga satisfazer esses seus "saudosismos".
Pois, em termos de suporte de papel, se a sua ficha de trabalhadora ainda existir, deverá andar pelas "entranhas" do Arquivo de Crestuma no antigo Laboratório de Betões.
(Fernando Pêgas - 18-10-2018 22:23)
 
 
 
Fernando Pegas Pois recordo que a determinada altura levaram tudo para Crestuma..e depois creio que muito desse arquivo foi destruído, antes da era da digitalização..
(Maria Manuela Lima - 18-10-2018 22:24)
 
 
 
Verdade Maria Manuela Lima. Daí o ter "sérias dúvidas", como refiro atrás.
(Fernando Pêgas - 18-10-2018 22:25)
 
 
Fernando Pegas Mas também não vou tentar 😀.
Há coisas que morreram na minha vida profissional e períodos de tempo que foram apagados.
Há no entanto outros (a maioria) que recordo com muita alegria, orgulho e por que não, saudade..
Saudade é um sentimento bem português.
(Maria Manuela Lima - 18-10-2018 22:29)
 
--------------------------------
 
E inacreditável a passividade da comissão de trabalhadores e sindicatos sobre este assunto.
Nunca pensei ver a EDP tão desumanizada parece que só interessa apoiar as coisas que dão impacto na televisão como cultura, corridas etc.,
Que tristeza ver a empresa onde trabalhei 40 anos apoiar mais os outros e esquecendo quem ajuda a empresa a seguir em frente os trabalhadores.
(Isabel Cruz - 18-10-2018 22:05)
 
 
Isabel Cruz a Comissão de Trabalhadores EDP já não faz parte das "contas deste rosário" desde o ano de 2014, devido à integração das matérias do "revogado" EUP/EDP no actual Contrato Colectivo EDP (ACT/EDP 2014).
 
AGORA, as "contas" terão de ser pedidas às Comissões Negociadoras Sindicais que "outorgaram" o ACT/EDP 2014.
(Fernando Pêgas - 18-10-2018 22:12)
 
 
Infelizmente parece que as pessoas que estão nos sindicatos só têm interesse pessoais e esquecem o resto
(Isabel Cruz - 18-10-2018 22:15)
 
 
Em absoluta concordância com Isabel Cruz.
(Graça Freitas - 18-10-2018 22:16)
 
 
Desculpem mas dentro da Empresa ha pessoas com conhecimentos tecnicos, capazes de fazer estudo sobre a materia e fazer propostas assim o queiram ou então os tempos são outros e não as deixam ter iniciativas
(Teresa Serra - 19-10-2018 13:05)
 
 
Os comentários foram dirigidos aos dirigentes sindicais, na sua maioria.
(Graça Freitas - 19-10-2018 20:01)
 
 
--------------------------------
 
Comentário de Manuel Cardoso,
que seria eliminado posteriormente.
 
 
Cuidado Manuel Cardoso, quando lança a suspeição de "suborno" sobre os sindicalistas em geral. Porque os sindicalistas não são todos iguais.
 
Se é certo que maioritariamente os "sindicalistas EDP" andam no Sindicalismo somente para se "servirem" dos sindicatos, outros sindicalistas EDP há que andam no Sindicalismo por gosto, por missão e/ou por vocação. Sendo certo que estes são em reduzido número.
 
Mas, não deixa ser INJURIOSO e OFENSIVO esse tipo de suspeições que o Manuel Cardoso lança, sem provar nada. Razão pela qual. e na qualidade de Sindicalista EDP (por missao e vocação) me sinto INJURIADO E OFENDIDO.
(Fernando Pêgas - 19-10-2018 10:40)
 
 
Concordo consigo.
Peço desculpa por generalizar.
(Manuel Cardoso - 19-10-2018 11:30)
 
 
--------------------------------
 
 
Fernando Pegas sim realmente estou de acordo
uns andam com amor à camisola prejudicando por vezes a vida familiar
e outros andam lá para ter umas tardes livres
e outros julgam por andarem no sindicato que sobem de carreira mais rápido.
(Antonio Silva - 19-10-2018 14:25)
 
 
Verdade Antonio Silva. E DEPOIS ...
vem as consequências "por causa de uns (dos maus sindicalistas) pagarem os outros (os bons sindicalistas).
 
 
Com as inerentes "injustiças" associadas, por força de uma "generalização" cega do lado do patronato, que habitualmente BENEFICIA os "sindicalistas profissionais" (entenda-se os sindicalistas a tempo inteiro) e "PERSEGUE" os "sindicalistas por paixão" (entenda-se aqueles sindicalistas que estão no seu local de trabalho e que "por paixão" vão intervir sindicalmente quando é necessário, ausentando-se "pontualmente" do serviço).
 
O melhor exemplo que há, para a "cegueira patronal" (na EDP), é aquando da Avaliação de Desempenho.
 
Enquanto os sindicalistas a tempo inteiro são avaliados pela Média do Departamento aonde estão inseridos na organização da EDP, os sindicalistas que se ausentam "pontualmente" do serviço (como é o meu caso) são "NEGATIVADOS" (porque é necessário haver "maus" trabalhadores em cada um dos Departamentos, para garantir determinadas médias de pontuações).
 
Estas são realidades "desconhecidas" da grande maioria dos trabalhadores EDP.
(Fernando Pêgas - 19-10-2018 16:56)
 
 
Fernando Pegas é isso mesmo
eu pertenci á higiene e segurança em loures não é como ser delegado sindical
mas sei o que se ouve por um e por um e por outros é preciso mesmo gostar porque muitos colegas por vezes não merecem o sacrificio que se faz
dou lhe os meus parabéns.
(Antonio Silva - 19-10-2018 20:13)
 
 
Agradecido Antonio Silva
(Fernando Pêgas - 19-10-2018 22:48)
 
 
--------------------------------
 
 
Tive a Honra de conviver profissionalmente com Homens que, quer nas Comissões de Trabalhadores, quer nas Comissões Sindicais, das estruturas das nossas antigas empresas, deram todo o seu empenho e dedicação, em prol dos direitos dos trabalhadores e talvez com prejuízos familiares e se calhar profissionais.
 
Outros, poucos, se aproveitaram dessa condição para outros objectivos...
Tornaram-se profissionais das Centrais Sindicais e do Partido em que militavam ou ainda militam.
Ainda hoje, os vemos nas televisões e na mesa das negociações mas, a defender outras causas que não são propriamente as dos colegas da EDP.
Quem sabe, um dia chegarão a um lugar de topo no partido ou na sua central sindical.
E qual foi o ponto de partida?
A EDP, sem dúvida.
 
Um bem haja aos que dignificaram as CT e os sindicatos da EDP.
(Maria Manuela Lima - 19-10-2018 18:37)
 
 
É isso mesmo.
(Antonio Silva - 19-10-2018 19:10)
 
 
--------------------------------
 
 
Sim foram eles que fizeram o EUP, um belissimo documento consignando os beneficios e que muito me ajudou no meu trabalho, e que deveria continuar a ser trabalhado e atualizado .
Tal não aconteceu .
(Teresa Serra - 19-10-2018 18:51)
 
 
Teresa Serra É verdade Dra..Infelizmente para "desgraça " de todos nós .
(Maria Manuela Lima - 19-10-2018 18:59)
 

 

--------------------------------

 (copiado da pagina do facebook de Comunidade EDP)

--------------------------------

 

 Constata-se.png

NO GRUPO EDP,

OS "DESCENDENTES DEFICIENTES"

FORAM ABANDONADOS !!! ...

INCRÍVEL E LAMENTAVEL !!

(Fernando Pêgas - 16-10-2018 18:15)

 

--------------------------------

 

Simplesmente lamentavel

(João Ribeiro - 16-10-2018 18:17)

 

--------------------------------

 

O "desleixo" das Comissões Negociadoras Sindicais já ultrapassou há muito o limite do razoável.

Simplesmente, não temos "ninguém" que queira e saiba defender os trabalhadores, reformados e pensionistas.

O "DESNORTE" NO MOVIMENTO SINDICAL DO GRUPO EDP É COMPLETO E GRANDE.

(Fernando Pêgas - 16-10-2018 18:36)

 

--------------------------------

 

É lamentável o que se está a passar na E.D.P

mas já era de esperar logo que foi vendida a China

tinha que haver lucros em alta

(Ferraz Manuel - 16-10-2018 20:37)

 

--------------------------------

 

Profundamente lamentável.

(Graça Freitas - 16-10-2018 20:46)

 

--------------------------------

 

Aos poucos e poucos, de mansinho, eles vão comendo tudo e não nos vão deixar nada,

têm duvidas ou pagam para ver, 2020 no virar da década muita coisa vai "birar"

(Emidio Fevereiro - 16-10-2018 21:41)

 

--------------------------------

 

Só peço a Deus que nenhum dos intervenientes neste processo nao tenha/venha a ter filho/neto com este problema. É de lamentar que a edp tenha chegado a este e outros pontos. No que diz respeito aos sindicatos esqueçam.......

(Joaquim Pereira Silva - 16-10-2018 22:08)

 

--------------------------------

 

Meus caros, não é lamentável, é sim O VALOR PARA O ACIONISTA.

Só falta perceber qual ou quais.

(PC Azevedo - 17-10-2018 08:48)

 

Já num outro post tinha reportado tal, que me sucedeu a mim (Filha) e que reclamei.

(PC Azevedo - 17-10-2018 08:48)

 

--------------------------------

 

O povo não é sereno, é mesmo manso…...

(Carlos Neves - 17-10-2018 14:30)

 

--------------------------------

 

Caro Carlos Neves, não se tratar de ser sereno, ou manso, como diz (escreve), mas sim, evitar uma situação que nem todos estão disposto a lutar sozinhos, ou sós, visto que ao nível sindical, não funciona nem representam.

(PC Azevedo - 17-10-2018 14:53)

 

Os casos vão se dando de forma isolada.

Já agora sabe para que serve o telefone RH?

Eu digo-lhe, para responder as nossas questões, sem que sejam comprometidos, porque você escreve, mas a resposta vem por telefone ou telemóvel, curioso, não acha.

(PC Azevedo - 17-10-2018 14:55)

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:14


1 comentário

De Anónimo a 20.10.2018 às 17:17

Recordo o tempo em que os trabalhadores eram respeitados e em situações especiais tinham apoio para os seus problemas e dos seus familiares. Agora o que faz a máquina andar são os lucros para os accionistas na maioria estrangeiros.
Há dinheiro para financiar espectáculos, maratonas e outros, mas para beneficiar os trabalhadores/pensionistas, já não há.
Os sindicatos deveriam trabalhar no sentido de resolver estes e outros problemas, mas pelos factos relatados não estão muito interessados.

Mário oliveira (20-10-2018)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D