Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




A Saúde no Grupo EDP ...

por efepe, em 23.07.18

FernandoPegas1.png

 

Para o próximo dia 08 de Agosto de 2018 ...

 

 

No âmbito do Acordo Colectivo de Trabalho do Grupo EDP (ACT/EDP 2014), e em continuidade da Reunião Plenária havida no passado dia 03 de Julho de 2018, está agendada uma nova Reunião Plenária.

 

A principal temática da Ordem de Trabalhos, é a SAÚDE (regulada pelo Anexo VIII).

 

Tendo em consideração, que às várias propostas apresentadas pelos parceiros sindicais, a Comissão Negociadora da EDP (ou seja, a entidade representativa dos interesses das várias empresas do Grupo EDP) foi respondendo que, 

 

o que se pretende são alterações

de "melhoria do Anexo VIII"

 

e não uma revisão profunda do mesmo Anexo VIII. Como que, à Mesa das Negociações, apenas prevalecesse "unilateralmente" a vontade de uma das partes.

 

Ora bem, 

 

tendo igualmente em consideração, as "posições desordenadas e desorganizadas" das várias Comissões Negociadoras Sindicais (ou sejam, as entidades representativas dos interesses dos Reformados, Pensionistas e Trabalhadores do Grupo EDP), e 

 

tendo como base, o que tenho assistido, designadamente nos últimos quatro anos (2014 - 2018) e na vigência do ACT/EDP 2014 em vigor,

 

Manifesto desde já, 

 

a minha enorme "apreensão", quanto à possibilidade de as próximas Reuniões Plenárias, em torno da "Saúde" (Anexo VIII) do universo de beneficiários oriundos do ex-Contrato Colectivo (versão de 2000), se tornarem em Reuniões Plenárias do 

"FAZ DE CONTA" !!

 

 Ou "vazias" de interesse para a Saúde de todos nós (no Grupo EDP). 

 

 

Sabendo-se,

 

Que a maioria do universo dos beneficiários da Saúde regulada pelo Anexo VIII (do ACT/EDP 2014) - a rondar os oitenta por cento (80%) - já se encontram na situação de Reformado ou Pensionista, dispersos nas suas residências de Norte a Sul de Portugal, e/ou no estrangeiro, e sem qualquer estrutura organizada com assento à Mesa das Negociações do Grupo EDP, que os possa "representar" e/ou "dar voz" aos seus legítimos interesses, 

 

E porque,

 

Há indícios fortes e uma tendência clara para a "recuperação" do Serviço Nacional de Saúde (SNS), e também há indícios fortes para a existência de um novo Código de Mutualidades, no ambito da nova Economia Social,  

 

Acho oportuno,

 

e com o propósito de tentar "aferir" sensibilidades, sobre uma matéria tão sensível como é a Saude no Grupo EDP,

 

dar a oportunidade aos Reformados e Pensionistas do Grupo EDP, aderentes aos inúmeros grupos (fechados, publicos e/ou secretos) com páginas de facebook, de dizerem da sua "justiça",

 

com a questão (polémica ou não) seguinte:

NaSaude.png

No ACT/EDP 2014, o Anexo VIII (regula a Saúde de alguns, pela Mútua),

enquanto o Anexo IX (regula a Saúde de alguns, pelo Seguro de Saúde).

 

A clarificação necessária, é saber ...

SE MÚTUA OU SE SEGURO DE SAÚDE PARA TODOS ???

 

Sem Título1.png

 (copiado do Blog Jornal Online 'efepe' / sindical)

Anonimo23072018.png

---------------------------------------

---------------------------------------

 

  (copiado da pagina do facebook de Fernando Pêgas)

NaSaude.png

No ACT/EDP 2014, o Anexo VIII (regula a Saúde de alguns, pela Mútua),

enquanto o Anexo IX (regula a Saúde de alguns, pelo Seguro de Saúde).

A clarificação necessária, é saber ...

SE MÚTUA OU SE SEGURO DE SAÚDE PARA TODOS ???

(Fernando Pêgas - 23-07-2018 02:59)

 

---------------------------------------

 

 Que quem nos representa,

saiba o que está a fazer em prol de TODOS.

(Graça Freitas - 23-07-2018 15:06)

 

 

Minha cara amiga Graca Freitas,

a problematica passa também por aí.

Ou seja, por quem nos representa.

  

E quem nos representa,

tem vindo a fazer de todos nós,

uns grandes tótós,

ao TOMAREM DECISOES,

sem qualquer audição prévia dos interessados.

 

Que são TODOS os Reformados, Pensionistas

e Trabalhadores do Grupo EDP.

  

Em suma, ESTÁ NA HORA,

de dizer basta aos representantes

que teimam em decidir sem nos ouvir.

(Fernando Pêgas - 23-07-2018 17:28)

 

---------------------------------------

 

Este é o grande mal de quem nos governa

que devia estar atento aos governados

e não a interesses mesquinhos que só nos prejudicam.

(Antonio Manuel Pereira - 23-07-2018 20:08)

 

---------------------------------------

---------------------------------------

 

(copiado da pagina do facebook de Comunidade EDP)

NaSaude.png

No ACT/EDP 2014, o Anexo VIII (regula a Saúde de alguns, pela Mútua),

enquanto o Anexo IX (regula a Saúde de alguns, pelo Seguro de Saúde).

A clarificação necessária, é saber ...

SE MÚTUA OU SE SEGURO DE SAÚDE PARA TODOS ???

(Fernando Pêgas - 23-07-2018 03:00)

 

---------------------------------------

 

Essa é uma questão a analizar

(Anibal Pinto - 23-07-2018 08:18)

 

 

Meu caro Anibal Pinto.

Esta questão não é uma questão qualquer.

  

É tão somente a "questão causadora" (ou a "questão-chave")

que está "DIVIDINDO" os beneficios do ACT/EDP 2014,

por dois Universos de Beneficiários "distintos":

o Universo de Beneficiários oriundos do ex-Contrato Colectivo (versão de 2000)

e o Universo de Beneficiários oriundos de ex-Contratos Individual.

 

E, também é a questão causadora de ENORMES "POLÉMICAS"

no interior de vários parceiros sindicais "outorgantes" do ACT/EDP 2014,

e que motivariam as "dissidências" que vieram a originar

a criação de NOVOS PARCEIROS SINDICAIS.

 

Por conseguinte, ESTÁ MESMO NA HORA ...

de se traçar um "novo caminho",

de "mobilizar" todos aqueles que "concordem" com o novo caminho,

e "avançar" ao encontro de UMA SAÚDE UNA (no Grupo EDP).

(Fernando Pêgas - 23-07-2018 17:00)

 

Meu caro colega por isso eu disse que era uma situação a analizar

e a ser,ser á por todos

(Anibal Pinto - 23-07-2018 19:10)

 

---------------------------------------

---------------------------------------

 

A ver, porque não se pode analisar tudo?

a questão de que a EDP não quer,

não cola mas creio ser difícil

e não sei se os visados estarão para aí virados.

(Cristina Afonso - 23-07-2018 14:01)

 

Minha cara Cristina Afonso,

o Grupo EDP está interessado

na continuidade de uma Mutua (para uns)

e de um Seguro de Saúde (para outros).

 

Ora bem,

é legitimo o Grupo EDP (enquanto parceiro patronal)

defender os seus interesses.

Como também é legitimo aostrabalhadores, reformados

e pensionistas do Grupo EDP (através dos parceiros sindicais)

defenderem os seus interesses.

 

O problema que se coloca é que os "parceiros patronais"

estão unidos em torno da Defesa do interesse atrás referido.

Enquanto que os "parceiros sindicais" estão divididos.

  

Ou seja, os parceiros sindicais "outorgantes" do ACT/EDP 2014

estão em "consonância" com os interesses dos parceiros patronais do Grupo EDP.

Enquanto os parceiros sindicais "que subscreveram o ACT/EDP 2014, por adesão"

defendem UMA SAÚDE PARA TODOS.

 

E como se vão resolver estas "discrepâncias" ?

Na minha modesta opinião, só há uma forma.

Que consiste DAR A PALAVRA a todos os reformados,

pensionistas e trabalhadores do Grupo EDP.

(Fernando Pêgas - 23-07-2018 17:16)

  

E o "caminho" que a maioria dos reformados, pensionistas

e trabalhadores do Grupo EDP escolherem, será o "caminho" a seguir.

Obviamente.

(Fernando Pêgas - 23-07-2018 17:20)

 

---------------------------------------

---------------------------------------

 

(copiado da pagina do facebook do grupo fechado EDP)

NaSaude.png

No ACT/EDP 2014, o Anexo VIII (regula a Saúde de alguns, pela Mútua),

enquanto o Anexo IX (regula a Saúde de alguns, pelo Seguro de Saúde).

A clarificação necessária, é saber ...

SE MÚTUA OU SE SEGURO DE SAÚDE PARA TODOS ???

(Fernando Pêgas - 23-07-2018 03:07)

 

---------------------------------------

 

Temos? ou não?

Sindicatos com capacidade para negociar e reivindicar

a manutenção de regalias sociais dos trabalhadores da EDP?


Estou convicto de que os Sindicatos estão condenados a desaparecerem

a curto prazo porque já quase não existem dirigentes "Kamikaze".

(Joaquim Guimarães - 23-07-2018 15:36)

 

Meu caro e bom amigo Joaquim Guimarães, no Grupo EDP,

temos a quantidade de Sindicatos necessários e capazes de

NEGOCIAREM e de REINVIDICAREM

a manutenção de Regalias Sociais.

 

Mas, na minha modesta opinião,

o que não temos é LIDERES SINDICAIS

que saibam ouvir

o que a maioria dos reformados, pensionistas

e trabalhadores do Grupo EDP querem ou pretendem.

 

O que continuamos a ter, são Lideres Sindicais que,

no silencio dos gabinetes das Direcções Sindicais,

decidem por todos nós

(como se todos nós fossemos uns grandes "tótós"),

e posteriormente, vão até aos locais de trabalho

(com um enorme sacrificio)

IMPOREM aos trabalhadores, as decisões que tomaram,

ao seu livre arbítrio,

e em conformidade com os seus proprios interesses.

 

Ao continuarmos assim ...

e sem sabermos e/ou capazes de dizer "Basta" ...

obviamente que, terei de estar de acordo contigo,

que não demorará muito tempo,

que os Sindicatos se tornarão em Projectos Sindicais "Falidos",

da forma mais natural possivel.

(Fernando Pêgas - 23-07-2018 17:49)

 

---------------------------------------

 

Temos é sindicatos fantoches, com lideres

que a unica coisa que fazem é lutar pela sua sobrevivência.

Não conheçem o que é o mundo do trabalho

pois não metem os pés no local de trabalho ha anos.

 

Temos sindicatos que em vez de funcionarem

como uma uma pirãmide invertida em que no topo

estão os sócios do sindicato e que deveriam ser esses a ditar as leis,

é ao contrario, a tomada de posições é feita pela cúpula do sindicato

e depois é vê-los a ir aos plenarios(quando os há) tentarem dar a volta

aos associados daquilo que a direção resolveu.

 

 

Temos também os sócios dos sindicatos completamente amorfos

e sem consciência critica e que esses sim são os principais culpados desta situação,

Militam ou melhor fazem parte de sindicatos só porque sim.

 

Depois da ultima negociação do act não compreendo como é que ha ainda sócios

em certos sindicatos que acordaram clausulas contra os proprios sócios,

este sim o cumulo do masoquismo!

(Fernando Ramos - 23-07-2018 22:23)

 

---------------------------------------

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:09



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D