Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Direito Informação.png

 

Então vejamos ...

mail.09042015.1336.png

 

EXMO. SENHOR

PRESIDENTE DA MESA DO CONSELHO GERAL

 

Na qualidade de associado, comuniquei e solicitei intervenção de Vossa Excelência, devido à ausência de qualquer resposta a varias questões apresentadas ao Secretario Geral, em separado, e por assunto ou tema. Tendo obtido como resposta global, o conteúdo do correio electronico abaixo.

 

Começo por lamentar que, não fosse Vossa Excelência a subscrever o correio electronico de resposta. Uma vez que a decisão foi do órgão estatutário a que preside. Este “pequeno facto” ou episódio, apenas vem consolidar ainda mais a ideia de “SUBORDINAÇÃO” do órgão estatutário Conselho Geral ao Secretariado Executivo.

 

Por outro lado, o conteúdo de “resposta global” às várias questões apresentadas, é por demais “evasiva” e nada “clarificadora”. Pelo que me reserva o direito, de recorrer em ultima instancia, para o PRESIDENTE DO SINDEL em exercício.

 

Por fim, registo com alguma surpresa e apreensão, o cariz de CENSURA do Secretariado Executivo, para com a minha pessoa. Com a “proibição expressa” de utilizar os endereços electronicos dos membros do Secretariado Executivo. Simplesmente LAMENTÁVEL, num estado democrático, como ainda é o caso de Portigal.

 

Com os melhores cumprimentos e saudações sindelistas,

Fernando Pêgas

 

 

 

Vejamos individualmente, as "temáticas" da

CORRESPONDÊNCIA SEM RESPOSTA

 

  

Mail.26032015.1747.png

 

Senhor Presidente da Mesa do Conselho Geral,

Através do meu correio electrónico de 12-03-2015 16:42, coloquei duas perguntas a Rosa Maria Fernandes, na qualidade de Secretária Executiva responsável pelo Planeamento e Acção Sindical:

 

Pergunta I:

No início do actual mandato (2013-2017), foram promovidos os Processos Eleitorais para a Eleição de Delegados Sindicais, nos sectores da Industria e do Ambiente. Para quando a ELEIÇÃO DOS DELEGADOS SINDICAIS, no sector da Energia, e nomeadamente no Grupo EDP ?

 

Pergunta II:

Tendo em consideração a grandeza do Grupo EDP, acha normal o Sindel não ter uma Comissão Sindical em pleno funcionamento ?

Logo, neste quadriénio (2013-2017), onde se verificou a negociação do novo ACT/EDP 2014.

 

 

Senhor Presidente da Mesa do Conselho Geral,

Como até à presente data, ainda não obtive qualquer resposta, e sabendo que, no próximo dia 28 de Março de 2015 está programada uma reunião ordinária do Conselho Geral, solicito as diligências consideradas necessárias no sentido de uma resposta às questões apresentadas.

 

Grato pela atenção dispensada, subscrevo-me com os melhores cumprimentos e

 Saudações Sindelistas,

Fernando Pêgas

(na qualidade de associado)

 

 

Mail.26032015.1808.png

 

Senhor Presidente da Mesa do Conselho Geral,

Através do meu correio electrónico de 12-03-2015 17:06, endereçado a lisboa@sindel.pt, ao cuidado do Secretário Geral, e tendo em consideração a denúncia do “uso pouco claro” de viaturas do Sindel, contida na Carta de Demissão de um Secretário Nacional, questionei o Secretário Geral no sentido de saber quais os secretários executivos que têem viatura do Sindel distribuída.

 

Senhor Presidente da Mesa do Conselho Geral,

Como até à presente data, ainda não obtive qualquer resposta, e sabendo que, no próximo dia 28 de Março de 2015 está programada uma reunião ordinária do Conselho Geral, solicito as diligências consideradas necessárias no sentido de uma resposta à questão apresentada.

 

Grato pela atenção dispensada, subscrevo-me com os melhores cumprimentos e

Saudações Sindelistas,

Fernando Pêgas

(na qualidade de associado)

 

Mail.26032015.1825.png

 Senhor Presidente da Mesa do Conselho Geral,

 Através do meu correio electrónico de 12-03-2015 17:53, endereçado a lisboa@sindel.pt, ao cuidado do Secretário Geral, e considerando a constatação de um grande número de associados, não terem recebido em suporte de papel, o Jornal do Sindel – Especial Acordo Colectivo EDP (de distribuição gratuita e com uma tiragem de 5.000 exemplares), questionei o Secretário Geral no sentido de saber a quem beneficiaria – o Sindel ou a Reviver Editora – a não distribuição daquele Jornal do Sindel.

 

E, face à OMISSÃO na Ficha Técnica, da entidade produtora e da entidade que imprimiu aquela publicação, também questionaria o Secretário Geral no sentido de saber se a referida omissão seria uma “omissão subtil” ou uma “omissão propositada” no sentido de esconder a empresa Reviver Editora.

  

Senhor Presidente da Mesa do Conselho Geral,

Como até à presente data, ainda não obtive qualquer resposta, e sabendo que, no próximo dia 28 de Março de 2015 está programada uma reunião ordinária do Conselho Geral, solicito as diligências consideradas necessárias no sentido de uma resposta às questões apresentadas.

 

Grato pela atenção dispensada, subscrevo-me com os melhores cumprimentos e

Saudações Sindelistas,

Fernando Pêgas

(na qualidade de associado)

 

Mail.26032015.1837.png

 

Senhor Presidente da Mesa do Conselho Geral,

Através do meu correio electrónico de 12-03-2015 17:32, endereçado a lisboa@sindel.pt, ao cuidado do Secretário Geral, e considerando o lançamento de um Inquérito Nacional no início do actual mandato, questionaria o Secretário Geral no sentido de saber o Resultado Final do mesmo.

 

Ainda relativamente ao Inquérito Nacional, e tendo como base o índice do Não ser superior ao índice do Sim, constante numa sondagem inserida no site oficial do Sindel, questionaria o Secretário Geral no sentido de saber se a rede de informação e de comunicação do Sindel estaria a funcionar nas melhores condições.

 

Senhor Presidente da Mesa do Conselho Geral,

Como até à presente data, ainda não obtive qualquer resposta, e sabendo que, no próximo dia 28 de Março de 2015 está programada uma reunião ordinária do Conselho Geral, solicito as diligências consideradas necessárias no sentido de uma resposta às questões apresentadas.

 

Grato pela atenção dispensada, subscrevo-me com os melhores cumprimentos e

Saudações Sindelistas,

Fernando Pêgas

(na qualidade de associado)

 

Mail.26032015.1900.png

Senhor Presidente da Mesa do Conselho Geral,

Através do meu correio electrónico de 05-03-2015 14:51, endereçado a lisboa@sindel.pt, ao cuidado do Secretário Geral, e em jeito de Carta Aberta, manifestei o sentimento de ABANDONO consubstanciado nos “queixumes” de muitos e muitos Representantes do Sindel (onde ainda me incluo) nas mais variadas Comissões e Subcomissões de Segurança do Grupo EDP. Porventura, por efeito de uma constatação, constante na Carta de Demissão de um Secretário Nacional, onde se lê o seguinte: “Considerando a desvalorização, que foi objecto a área da Higiene e Segurança no trabalho ao não ter sido nomeado nenhum secretário para esta área”.

 

Através do meu correio electrónico de 12-03-2015 18:32, endereçado a lisboa@sindel.pt, ao cuidado do Secretário Geral, e em complemento aquela Carta Aberta, manifestei também uma “gravidade”. O de haver representantes do Sindel a “abandonarem” as Comissões e/ou subcomissões de Segurança, e não serem substituídos. A maioria dos “abandonos” é devido ao facto de o respectivo “mandato” já ter terminado há muito tempo. E não se vislumbrar … um novo acto eleitoral.

  

Senhor Presidente da Mesa do Conselho Geral,

Porque estamos perante uma “temática” que deveria ter um acompanhamento sério e honesto, permita-me a recomendação de se promover um debate sobre o assunto.

 

Grato pela atenção dispensada, subscrevo-me com os melhores cumprimentos e

Saudações Sindelistas,

Fernando Pêgas

(na qualidade de associado)

 

 

CensuraNo Sindel.png

18259867_uBU0k.png

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:08



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D