Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Sindicalismo, um luxo burguês

por efepe, em 28.12.18

fcp.png

Cartas ao Director (Jornal ao Publico)

Por Ezequiel Neves, Lisboa

 

Sindicalismo, um luxo burguês

 

Parece impossível que ainda hoje haja países onde a simples vontade de criar um sindicato seja punida com a prisão. Isto foi o que, em 2018, aconteceu a quatro comunistas (membros do partido) que manifestaram tal intenção; não sendo comunista, defendo o direito de organização sindical a todo e qualquer cidadão do mundo que o pretenda exercer, mas não deixo de estranhar o silêncio dos nossos comunistas... Porquê o silêncio de Jerónimo de Sousa ou Arménio Carlos? Como pactuam com a prisão de quatro camaradas seus presos nestas circunstâncias?

 

Esqueci-me de referir, que estes quatro comunistas foram presos na República Popular da China, governada pelo PC chinês e, não duvido, se quatro comunistas cubanos manifestassem a mesma intenção, iriam imediatamente dentro! O sindicalismo, pelos vistos, é um luxo burguês!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 11:45


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D