Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



20697269_L6zMz.png

 

 Para se dar inicio ao processo negocial de Revisão da Tabela Salarial

e Cláusulas de Expressão Pecuniária, para vigorar entre 01 de Janeiro

de 2018 e 31 de Dezembro de 2018, o parceiro patronal (CN EDP)

"convocou" os vários parceiros sindicais (CNS's), para a próxima quarta

feira, dia 24 de Janeiro de 2018, nas instalações da Sede EDP em Lisboa.

 

Convocatória.png

 

 ----------------------------------

 

SIEAP.pngSIEAP1.png

----------------------------------

SINOVAE.png

 

----------------------------------

 

Sinergia.png

 ----------------------------------

Sindel.4.png

Sindel5.png

 

 ----------------------------------

SIESI.png

SIESI1.png

----------------------------------

 

SIEAP.png

----------------------------------

 

Sinovae.png

 

Reacçoes.png

 

CONTRATAÇÃO COLECTIVA EDP - O PONTAPÉ DE SAÍDA ...
- para a Tabela Salarial de 2018

Fernando Pêgas - 24-01-2018 23:55

(após partilha do comunicado do Sinovae)

 

----------------------------------

----------------------------------

 

SINDEL "ACTIVO" NO FACEBOOK !!
- Vem aí "novidades" e "refrescamentos" pela certa.

(Sindicalismo Online - 25-01-2018 01:29)

SindicalismoOnline1.png

----------------------------------

----------------------------------

 

Hoje, o "ambiente" à Mesa das Negociações refrescou. 


A mudança do porta voz da Frente Sindical UGT

contribuiu para o "refrescamento" do ambiente.

Virá por aí um novo ciclo ?

(EDP iando - 25-01-2018 01:37)

(após partilha do comunicado do Sindel)

 

----------------------------------

----------------------------------

 

0,2 para os trbalhadores

14% de aumento para administracao

enfim mais do mesmo tal como no anos passados

pergunto-me como serão estas negociacoes?

(José Rodrigues - 25-01-2018 10:21)

 

----------------------------------

 

Caro José Rodrigues, pelo que se passou ontem,

e pelos efeitos dessa reunião (hoje no terreno),

prevejo um processo negocial "agitado"

em virtude da Paz Social ter sido posta em causa,

em torno do "Pagamento do Subsidio de Férias"

em Fevereiro ou Maio.

Sou eu a "pensar alto", obviamente.

(José Rodrigues - 25-01-2018 14:56)

 

----------------------------------

----------------------------------

 

SaboaQue.png

ISTO QUER DIZER QUE ...

O número de trabalhadores na geografia de Portugal já é inferior

ao número de trabalhadores no conjunto das várias geografias Fora de Portugal,

tendo como base de referência os 13.000 trabalhadores

espalhados pelo Mundo, anunciados pelo CEO Antonio Mexia,

em entrevista a um orgão de comunicação social.

 (EDP iando - 25-01-2018 23:09)

  

----------------------------------

----------------------------------

VariaçãoPercentual.png

Estes são os valores percentuais

que estão em cima da Mesa das Negociações,

no ambito do ACT/EDP 2014,

no "arranque" do processo negocial de Revisão

da Tabela Salarial e Clausulas de Expressão Pecuniária,

para vigorar no ano de 2018.

 

A percentagem mais alta - 4% - foram as propostas apresentadas

pela Fiequimetal (CGTP) e pelo Sindel (UGT).

 

A grande novidade, deste ano, foi a proposta do Sindel,

que abandonou os seus parceiros satélides filiados na UGT (3,5 %)

para acompanhar o "adversario" de sempre, a Fiequimetal da CGTP (4%).

 

Parece coisa somenos importante, mas é uma enorme surpresa

que "fura" o passado histórico de os sindicatos da CGTP e da UGT,

apresentarem de inicio valores politico-sindicais diferentes.

Aguardemos.

 (Sindicalismo Online - 26-01-2018 00:06)

  

----------------------------------

----------------------------------

 

Mais um tiro nos pés " dado pelos catedráticos"

dos nossos negociadores!.......

Os Colegas no ativo podem receber o subsidio de férias antes,

para isso basta marcar férias,

os Pré-reformados, não tem essa possibilidade,

fica tudo para maio, se existir distribuição de lucros,

se existir reembolso de irs tudo em maio

quer ativos quer pre-reformados!.....,

a EDP queria adiantar o subsidio de férias!....

Adiantar euros!.... Pagar antes do tempo!......

Cumpra-se o ACT!.........

Continua a politica da desacreditação, nos Sindicatos.......

 (Carlos Martins - 26-01-2018 00:36)

 

----------------------------------

 

Carlos Martins, percebo, entendo e

respeito o que acabas de dizer.

Mas, não posso concordar contigo.

Quer se queira, quer não o periodo dos "duodécimos"

foi uma medida legislativa extraordinaria.

Ultrapassado esse periodo de excepção,

há que retomar o que está regulamentado no ACT/EDP 2014.

O que me preocupa é a iniciativa da empresa,

em trazer à Mesa das Negociações um NÃO ASSUNTO.

Com todos os contornos para habilmente

alimentar a "REINAÇÃO" que por lá anda.

E que já provocou no terreno "acesas discussões",

e sendo já conhecidos alguns efeitos dessas discussões.

Razão pela qual, terei de concordar contigo,

quanto ao remate final

"Continua a politica da desacreditação, nos Sindicatos".

Disse.

(Fernando Pêgas - 26-01-2018 00:52)

 

----------------------------------

 

Opiniões!.... O que está regulamentado no ACT,

é o que a EDP está obrigada a cumprir!......

Nesta matéria a lógica é obrigar a Empresa a cumprir o ACT

se esgotado o prazo não pagar o que está estabelecido!.....

E continuo com a opinião!.... que foi uma distração!....

Um colega no ativo, se pretender passar o carnaval no Brasil,

mete férias e recebe o subsidio, um pré- reformado não tem essa possibilidade!.....

Neste caso se a EDP pagava o subsidio de férias em fevereiro,

as comissões sindicais agiram como "pseudo tutores"

do rendimento que os trabalhadores podiam receber mais cedo.

 (Carlos Martins - 26-01-2018 01:14)

 

----------------------------------

 

Pões-me a pensar, apenas, quanto ao assunto

"um pré- reformado não tem essa possibilidade!....."

(Fernando Pêgas - 26-01-2018 01:21)

 

----------------------------------

 

Completando!....

Nem sabia disto, meia duzia de telefonemas desagradados

de colegas é que me chamaram atenção.......

E tem lógica, a EDP queria adiantar um pagamento,

e os Sindicatos na sua maioria não aceitaram!......

(Carlos Martins - 26-01-2018 01:21)

 

----------------------------------

 

Sobre este assunto!.....

Sem querer ofender ninguém, como Pessoas,

acho que como Sindicalistas não é com estes comportamentos,

vão fomentar a sindicalização!.... Pelo contrário.......

(Carlos Martins - 26-01-2018 01:29)

 

----------------------------------

 

Carlos, esta questão, lançada pela EDP

e do modo como foi colocada,

somente teve uma intenção "ver a reacção" dos sindicatos.

E, no meu ponto de vista, os sindicatos desta vez estiveram bem.

(Fernando Pêgas - 26-01-2018 01:30)

 

----------------------------------

 

Tambem acho!...... A EDP lançou o isco!...... Com veneno!....

Mas desta vez o veneno foi não aceitar!......

Porque segundo informações "internas"

o Pessoal não recebe o subsidio de férias em fevereiro

porque os sindicatos não aceitaram,

e criou um ambiente de desagrado contra os Sindicatos.

(Carlos Martins - 26-01-2018 01:37)

 

----------------------------------

 

Quanto à sindicalização, deixa-me dizer o seguinte ...

Como habitualmente, a empresa forneceu a "folhinha de excel"

com o numero de trabalhadores em cada BR e/ou Letra.

Tendo como fonte, esta folhinha de Excel, dir-te-ei que,

na geografia de Portugal, em 01.01.2018, no activo, somos 5.887.

Destes mais de metade, não estão sindicalizados.

Pelo que dá para perceber

qual é a força sindical nos trabalhadores do Activo.

Ora, a grande força dos beneficiários do ACT/EDP 2014,

não está do lado dos trabalhadores do activo,

mas sim do lado dos Reformados e Pensionistas EDP

(na ordem dos 75 % ou mais).

Mas, entre estes,

o índice de sindicalização também é diminuta.

O que quer dizer que, HÁ A NECESSIDADE URGENTE

de repensar o Movimento Sindical da EDP,

de modo a criar-se uma PLATAFORMA

que defenda os interesses dos Reformados e Pensionistas,

designadamente, quanto ao Esquema de Saúde

que, muito brevemente, vai ser abordado no ambito da

Mesa das Negociações..

(Fernando Pêgas - 26-01-2018 01:47)

 

----------------------------------

 

Carlos, o ambiente de desagrado, não está generalizado.

Está "localizado" apenas nos locais de trabalho mais sensíveis,

no que diz respeito aos varios quadrantes politico sindicais.

(Fernando Pêgas - 26-01-2018 01:49)

 

----------------------------------

 

Pois Caro Fernando, eu continuo sindicalizado,

não por pensar que num futuro próximo muito próximo esteja convencido,

que os reais interesses dos trabalhadores e pensionistas estejam a ser

defendidos com competência, tenho é esperança que mais dia menos dia,

desapareçam do mapa os chamados " cabeças de cartazes"

e nova gente competente que está a ser travada por mentes maldosas

acordem e tomem as rédeas, com novas ideias, sem "vícios" com vontade de servir!......

Neste momento ter sindicato ou não ter é igual!.......

(Carlos Martins - 26-01-2018 02:03)

 

----------------------------------

 

Terei de concordar contigo.

Porque há líderes, e gente proxima desses lideres que,

ultrapassaram o seu PRAZO DE VALIDADE

com a assinatura do ACT/EDP 2014.

(Fernando Pêgas - 26-01-2018 02:06)

 

----------------------------------

 

Desculpa que te diga!...... com todo o respeito,

tu também já passaste o prazo,

mas a quem tu te estavas a referir não é

Prazo de validade que está em causa!.....

Prazo de validade é um produto bom que com o passar do tempo

atinge o limite para consumir!....

O que "nasce" estragado não tem prazo de validade!.......

(Carlos Martins - 26-01-2018 02:15)

 

----------------------------------

 

Verdade amigo, eu tambem já passei o Prazo de Validade.

Só ando ainda cá, para travar estragos maiores.

E, indo dando apoio aos mais "fracos",

designadamente a trabalhadores em final de carreira que,

simplesmente foram abandonados e estão sendo muito mal-tratados.

Para tua informação, e no ambito do ultimo PAE,

fui encontrar uma situação de "Bulling" ...

E fico por aqui.

(Fernando Pêgas - 26-01-2018 02:21)

 

----------------------------------

 

Eu tambem fico por aqui!...

com uma certeza,

se os sindicalizados estão a diminuir?

A situação é para agravar!......

(Carlos Martins - 26-01-2018 02:26)

 

----------------------------------

 

Correcto.

E a empresa está a aproveitar-se disso mesmo.

E o melhor exemplo, é a cena do subsidio de férias.

(Fernando Pêgas - 26-01-2018 02:29)

 

----------------------------------

 

Infelizmente neste tipo de organizações Sindicais,

quando o poder é tomado, mais parece um reinado!....

(Carlos Martins - 26-01-2018 02:33)

 

----------------------------------

 

Pois ...

(Fernando Pêgas - 26-01-2018 02:33)

 

----------------------------------

 

A cena do subsidio de férias vai custar mais

alguns Sócios a todos os sindicatos!.......

(Carlos Martins - 26-01-2018 02:34)

 

----------------------------------

 

Sim.

Já tenho conhecimento de demissoes.

(Fernando Pêgas - 26-01-2018 02:35)

 

----------------------------------

 

 Era de esperar!.......

Não sei como está a informação interna,

mas pelo que ouvi, de Colegas!.....

Não estavam agradados com a informação.

(Carlos Martins - 26-01-2018 02:42)

 

----------------------------------

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:38


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D